Motor On Line
Notícias-

F-Truck: Felipe Giaffone tem sonho impossível na categoria
Reportagem: Milton Alves
Foto: Luciana Flores
Ele diz que o Autódromo de Interlagos, onde no dia 31 de julho será disputada a sexta etapa da temporada, é uma pista onde todos têm bastante conhecimento.

Nascido na cidade de São Paulo, a capital paulista, e praticamente criado dentro do Autódromo de Interlagos, Felipe Giaffone tem plena consciência de que enfrentará grandes dificuldades nos 4.309 metros do templo do automobilismo brasileiro na sexta etapa da Fórmula Truck, marcada para o próximo dia 31 de julho no traçado paulistano. O objetivo do líder do Campeonato Brasileiro seria não usar o restritor de potência, obrigatório para os cinco primeiros na classificação geral. No entanto, por ser o primeiro colocado, ele utilizará justamente o que retira a maior potência do motor, algo em torno de 140 cavalos, e, brincando, revela seu sonho impossível.

``De verdade queria ser o quinto colocado com um ponto de diferença para o primeiro``.

Esse sonho é praticamente impossível, pois os quatro primeiros teriam de estar empatados em pontos e os itens do regulamento definiriam quem ficaria com as posições. Não deu, pois na corrida de Londrina ele terminou em segundo lugar e reassumiu a ponta do campeonato com 198 pontos, seguido por Diogo Pachenki com 179 e por Paulo Salustiano, que tem 164. O primeiro colocado usa o restritor de 70 milímetros que reduz a entrada de ar no motor do seu caminhão Volkswagen Constellation. O segundo tem um de 72mm e perde aproximadamente 120 cavalos, o terceiro um de 74mm e deixa de usar algo em torno de 100 HP. Daí em diante a situação fica menos complicada, pois o quarto (David Muffato) usa um de 76milímetros e perde 50 cavalos e o quinto (André Marques) o de 78mm e não usa 30 HP.

Quase todos os outros caminhões utilizam essa mesma entrada de ar com abertura de 80 milímetros. As exceções ficam para os Iveco, que por terem motor menos potente, ganharam uma abertura de 85mm e 50 cavalos a mais nos motores.

Felipe Giaffone explica os motivos de o autódromo paulistano ser considerado a pior pista para utilizar os restritores.

``Interlagos tem duas retas longas e uma delas, a dos boxes, tem antes uma longa subida, que é a Junção, de onde a gente sai acelerando até o S do Senna. Isso provoca uma grande diferença. Por isso que afirmo que meu maior adversário será mesmo o restritor. Meu objetivo é chegar na frente dos mais diretos adversários. Tenho de correr pensando só em marcar o maior número possível de pontos e no campeonato. Definitivamente não dá para brigar pela vitória``, sentencia Giaffone.

Dono de três títulos da Fórmula Truck (2007, 2009 e 2011), com duas vitórias na temporada e 25 no total, Felipe quer fazer uma prova limpa e livre das quebras, que o levaram a abandonar duas vezes nesta temporada de 2016. Ele também diz que Interlagos é a casa de todos.

``Os pilotos paulistas não têm essa coisa de ter casa, pois Interlagos é a casa de todo mundo, pois não é problema para ninguém, já que todos conhecem muito bem a pista e sabem os acertos``, completa o piloto que ficou em segundo lugar em Londrina, numa das duas vitórias de Paulo Salustiano neste ano.

Seus resultados têm sido importantes para ajudar a MAN Latin America, dona da marca dos seu caminhão Volkswagen Constellation, a ficar em segundo lugar no campeonato das fábricas. A liderança é da Mercedes-Benz, com 422 pontos, seguida pela MAN com 403, pela Volvo com 210, Ford com 160, Iveco 155 e Scania que tem 72 pontos.

Venda de ingressos

Todos os tipos de ingressos (arquibancadas, Camarote Torcedor, Paddock e VIP) para a sexta corrida - dia 31 de julho - do 21º ano da Fórmula Truck podem ser comprados no site da loja da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul: www.lojaformulatruck.com.br/loja e em pontos de venda a serem anunciados em breve. As vendas pelo site se encerram na sexta-feira, dia 29 de julho. Para acompanhar todos os treinos de sexta e sábado e a corrida das arquibancadas o preço é de R$ 35 - com direito a um boné oficial da F-Truck e à visitação aos boxes no sábado em horário determinado pela organização. Quem optar por comprar os tickets de arquibancadas nas bilheterias do autódromo entre os dias 29 e 30 (sexta e sábado) ainda ganha o boné, diferentemente dos que adquirirem somente no domingo (dia 31 de julho), que não receberão.

Os ingressos de arquibancadas comprados pelo site devem ser retirados na bilheteria a partir das sexta-feira, dia 29 de julho, mesma data para a retirada das credenciais (Camarote Torcedor, Paddock ou VIP), no contêiner de credenciamento. Os ingressos de arquibancada dão direito à visitação aos boxes somente no sábado no horário determinado pela organização.

O bilhete de Paddock, ao preço de R$ 160, dá direito de acompanhar treinos e corrida de um local reservado pela organização próximo à área dos boxes, mas sem alimentação. No entanto, no domingo antes da prova, esse bilhete dá acesso à visitação aos boxes, somente para maiores de 16 anos e ao passeio no Truck Teste. Além de tudo isso, a cada três ingressos de Paddock adquiridos se recebe uma credencial de estacionamento gratuito na parte interna do autódromo.

A credencial Camarote Torcedor custa R$ 350 e dá direito a ver os treinos de sexta e sábado, à visitação aos boxes todos os dias e de acompanhar a corrida de domingo de um local reservado na área de box, com alimentação limitada, além de receber o Kit Torcedor, que inclui uma camiseta silkada personalizada e um boné bordado. O dono da credencial Camarote Torcedor também pode participar do Truck Teste no domingo (31/7) pela manhã, único dia em que serão servidas alimentação e bebidas de acordo com o estabelecido: mesa de snacks à vontade (batata chips, mix de castanha, amendoins, jujuba) 6 vales bebidas (cerveja lata ou refrigerante lata (linha Coca-Cola/água) 5 vales espetinho (carne/frango/linguiça/coração e pãozinho para acompanhar) 2 vales cachorro quente, além de sobremesa, que será servida na mesa de snacks antes do fim do evento. Todas as comidas e bebidas serão servidas dentro do Camarote Torcedor. Cada três credenciais adquiridas darão direito a uma credencial de estacionamento de veículo na área interna do Autódromo.

A credencial VIP, cujo preço é de R$ 600, dá ao portador acesso ao Camarote VIP da Fórmula Truck, com serviço de buffet incluso - bebidas e alimentação ilimitadas - somente no domingo (31/7), além de participar da visitação aos boxes. A cada três ingressos VIP adquiridos o comprador tem direito a uma credencial de estacionamento numa área reservada. As credenciais de Paddock e VIPs podem ser pagas com cartão de crédito ou dinheiro. Tanto em treinos quanto na corrida é obrigatório o uso das credenciais, que devem estar penduradas no pescoço.

Seja nos pontos de venda, situados nos postos Petrobras ou nas bilheterias do autódromo, a única forma de pagamento é em dinheiro. Para ter direito à meia-entrada (RS 17,50), que é vendida sexta, sábado e domingo somente nas bilheterias do autódromo, é preciso apresentar a Carteira de Identificação Estudantil, dentro do prazo de validade, junto com documento de identidade oficial. Terão direito à entrada gratuita na arquibancada, Portadores de Necessidades Especiais (PNE), menores de oito anos, desde que acompanhados dos pais ou responsáveis, portando documentos, e idosos acima dos 60 anos, com Carteira de Identidade. Esses ingressos só podem ser adquiridos na bilheteria do autódromo.

É proibido entrar nas arquibancadas portando garrafas e copos de vidro.

Mais informações podem ser obtidas pelo email: ingressos@formulatruck.com.br Twitter: @Formula_Truck ou pelo telefone: (13) 3299-1144

Calendário de 2016

13 de março - Santa Cruz do Sul (RS)
10 de abril - Curitiba (PR)
15 de maio - Campo Grande (MS)
5 de junho - Goiânia (GO)
3 de julho - Londrina (PR)
31 de julho - Interlagos (SP)
4 de setembro - Tarumã (RS)
9 de outubro - Cascavel (PR)
6 de novembro - Guaporé (RS)
4 de dezembro - Curvelo (MG)

O Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck tem a supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e patrocínio da Petrobras e Pirelli. As fabricantes de caminhões são Iveco, Ford, MAN Latin America, Mercedes-Benz, Scania, Volkswagen e Volvo.

Notícias

Página inicial