Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Camilo lidera corrida inteira e fica sem combustível última volta
Reportagem: Alexandre Kacelnik
Foto: Carsten Horst

Depois de liderar desde a sexta de 28 voltas a segunda corrida da rodada dupla de Cascavel (PR), sexta etapa da temporada 2016 da Stock Car, Thiago Camilo ficou sem combustível a três curvas da linha de chegada e a vitória que parecia certa escapou. O piloto do Cruze número 21, que em 2015 vencera a segunda corrida em Cascavel, largou em 12º na primeira corrida, vencida por Cacá Bueno, e faz uma estratégia voltada para vencer a segunda. Abasteceu logo na abertura da janela de pit stops, voltou à pista em 26º e recebeu a bandeirada em 16º.

Na segunda prova, largou em 16º, e os pilotos que estavam à sua frente precisavam parar para reabastecer. Assumiu a liderança na sexta volta e controlou a vantagem sobre Allam Khodair, que fizera a mesma estratégia e estava em segundo, durante toda a corrida. No fim, acabou o combustível. Khodair também teve pane seca a metros da linha de chegada e Rubens Barrichello venceu. Thiago Camilo ainda ficou em 11º lugar.

Galid Osman, companheiro de Camilo da Ipiranga RCM, também adotou a estratégia de sacrificar a primeira corrida, em que largou na 19ª posição. Brigaria pelo pódio, mas levou pancadas de todos os lados na largada e, depois de chegar a andar em oitavo e ter a carenagem esfregando no pneu traseiro direito no início da corrida, caiu para 11º. Ganhou cinco posições para cruzar a linha de chegada em 6º. “Foi meu melhor carro em 2016. Estava rápido nos treinos livres. Na classificação não conseguimos atingir a temperatura ideal dos pneus e ficamos atrás. E na largada da segunda corrida levei tantas pancadas que ainda tive sorte de concluir a corrida. Vamos para a próxima”, disse Galid.

A próxima, no caso, é a Corrida do Milhão, que acontece depois de um longo ‘ intervalo olímpico’ no dia 11 de setembro, em Interlagos (SP).

Notícias

Página inicial