Motor On Line
Notícias-

Emocionante etapa de Cascavel esquenta disputa no MBChallenge
Reportagem: Rodolpho Siqueira / Rafael Durante
Foto: Fábio Davini
BestPR Comunicação
Resultado da prova foi alterado por punições quatro horas após o fim da corrida.

A quarta etapa do Mercedes-Benz Challenge apresentou grandes disputas neste domingo (17), no Autódromo Internacional Zilmar Beux, no Oeste do Paraná. Em uma prova movimentada por ultrapassagens e até mesmo por acidentes, que provocaram duas paralisações por safety car, a primeira posição na divisão CLA AMG Cup ficou com o paulista Marcelo Hahn. Na categoria C 250 Cup, o piloto mais bem colocado foi Peter Michel Gottschalk, o Tubarão.

A prova terminou com o cearense Adriano Rabelo na primeira posição, com Hahn em segundo e com Arnaldo Diniz em terceiro, mas o resultado final sofreu alterações quatro horas após a bandeirada. Por "queima" da faixa de entrada dos boxes, o primeiro e o terceiro colocados foram punidos e perderam o pódio. Rabelo caiu para o décimo lugar e Diniz, para o 11o.

"Foi bom voltar ao campeonato com vitória", disse Hahn, que não disputou as etapas de Tarumã e Goiânia deste ano. "Gostei do ritmo do carro, e além disso gosto muito de Cascavel. É uma pista rápida, apesar de um pouco perigosa pela ausência de áreas de escape, e normalmente tenho melhores performances em pistas de alta velocidade como esta", acrescentou Marcelo Hahn.

Campeão venceu

A disputa pela vitória na C 250 Cup também foi intensa entre os pilotos Peter Michel Gottschalk e o novato Fabio Escorpioni, que segue surpreendendo por sua rápida adaptação à categoria. Peter liderou toda a prova, mas a disputa entre os dois primeiros colocados já indicava uma chegada apertada independentemente da entrada do safety car nos cinco minutos finais - em razão da batida do carro da dupla Carlos Kray e Henrique Assunção no fim da reta dos boxes.

"Foi uma corrida muito difícil, estávamos no mesmo ritmo nas duas primeiras posições, e embora estivesse com uma liderança segura, após o último safety car dois retardatários me atrapalharam um pouco e cheguei a achar que perderia a liderança. Estou muito feliz com este resultado e por voltar a somar pontos importantes para o campeonato", declarou Tubarão.

Escorpioni era só alegria no pódio. Terceiro colocado em Tarumã, ele vem em uma crescente de resultados e, por isso, comemorou bastante a chegado ao segundo lugar. "Desta vez estivemos mais próximos ainda de vencer. Cheguei a ameaçar a ultrapassagem, mas não deu e, quem sabe, não damos um passo além na próxima etapa. Seria maravilhoso. Meu carro está ótimo e esta vem sendo uma evolução esperada, já que este é meu primeiro ano no automobilismo e sabíamos que, antes de sonhar com a primeira vitória, seria preciso se acostumar com o pódio", acrescentou Escorpioni.

Drama em família

A terceira posição na C 250 Cup ficou com o catarinense Vinícius Simão, que viveu um drama em Cascavel. Ele ocupava a terceira posição quando viu, pelo retrovisor, seu pai, Claudio, bater na mureta de proteção no trecho que antecede a reta de chegada. O piloto não sofreu nenhum ferimento, mas a batida provocou a entrada do safety car. "Perguntei no rádio para a equipe se estava tudo bem, mas mesmo obtendo uma resposta positiva fiquei preocupado porque vi que o choque foi forte. São coisas de corrida, felizmente nosso carro é muito seguro, e vamos para a próxima. Falando agora da disputa pelo pódio, tentei acompanhar o ritmo dos dois primeiros, mas não tive como ir além do terceiro lugar", comentou Simão.

Veja como terminou a prova deste domingo em Cascavel:

1) Marcelo Hahn (Blau Motorsport - CLA M), 33 voltas em 46min35s243
2) Luiz Ribeiro (Ourocar Racing - CLA), a 2s695
3) Betão Fonseca (Center Bus Sambaiba - CLA M), a 3s134
4) Pierre Ventura (CKR Racing - CLA), a 8s356
5) Renato Braga (RSports Racing - CLA), 8s979
6) Lorenzo/Paulo Varassin (Cordova Motorsports - CLA), a 14s246
7) Fernando Fortes (Mottin Racing - CLA), a 14s423
8) Peter Michel Gottschalk (Paioli Racing - C250), a 17s093
9) Fabio Escorpioni (Ensite Racing Team - C250), a 18s153
10) Adriano Rabelo (Cordova Motorsports - CLA), 19s487
11) Arnaldo Diniz Filho (Comark Racing - CLA), 20s610
12) Roger Sandoval (Mottin Racing - CLA), a 1 volta
13) Cristian Mohr (WCR - CLA), a 1 volta
14) Fernando Poeta (Sul Racing - CLA M), a 1 volta
15) Vinicius Simão (Center Bus Sambaiba - C250), a 1 volta
16) Flavio Andrade (Hot Car Competições - C250 M), a 1 volta
17) Beto Rossi (RSports Racing - C250 M), a 1 volta
18) Marcos Paioli/Peter Gottschalk (Paioli Racing C250 M), a 2 voltas
19) Paulo Totaro (Mottin Racing - CLA M), a 3 voltas
20) Carlos Guilherme/Sérgio Kuba (Center Bus Sambaiba - C250 M), a 4 voltas
21) João Lemos (Ensite Racing Team - C250 M), a 6 voltas
22) Carlos Kray/Henrique Assunção (CKR Racing - CLA M), a 6 voltas
Não Completaram
Claudio Simão
Fernando Junior
Neto De Nigris
Max Mohr

CLA AMG Cup
1) Arnaldo Diniz Filho, 49 pontos
2) Fernando Fortes, 48
3) Betão Fonseca, 47
4) Luiz Carlos Ribeiro, 37
5) Roger Sandoval, 35
6) Adriano Rabelo, 33
7) Claudio Dahruj, 29
8) Pierre Ventura, 29
9) Lorenzo/Paulo Varassin, 29
10) Marcelo Hahn, 25
11) Renato Braga, 25
12) José Vitte, 22
13) Fernando Junior, 20
14) Cristian Mohr, 19
15) Neto De Nigris, 16
16) Fernando Amorim, 15
17) Carlos Kray, 14
18) José Henrique Assunção, 14
19) Fernando Poeta, 14
20) Cesar Fonseca, 6
21) Paulo Totaro, 5

C 250 Cup
1) Marcos Paioli/Peter Gottschalk, 65
2) Peter Michel Gottschalk, 61
3) Flavio Andrade, 50
4) Claudio Simão, 48
5) Fabio Escorpioni, 42
6) Carlos Guilherme, 27
7) Beto Rossi, 26
8) Max Mohr, 24
9) João Lemos, 23
10) Sergio Kuba, 20
11) Sérgio Maggi, 17
12) Romualdo Magro Jr., 17
13) Ydenis Souza, 16
14) Vinícius Simão, 15
15) Bruno Alvarenga, 9
14) Betinho Sartório, 9
14) Mateus Biriba, 9
18) André Paulo Varasin, 6

Notícias

Página inicial