Motor On Line
Notícias-

Rally: faltam três semanas para a Bull Sertões Team acelerar no Sertões
Reportagem: Mércia Suzuki
Foto: Sanderson Pereira
MSuzuki Comunicação
A equipe dos irmãos Michel Terpins e Rodrigo Terpins se prepara para a 24ª edição, que promete um roteiro desafiante de 3.143 quilômetros pelos estados de Goiás, Bahia e Tocantins.

Três estados, 3.143 quilômetros de percurso, dos quais 2.341 de trechos cronometrados (Especiais), um roteiro que volta a passar pelo Deserto do Jalapão (Tocantins) e aproximadamente 145 veículos inscritos, esse é o cenário que a equipe paulista Bull Sertões Rally Team vai desbravar na 24ª edição do Rally dos Sertões. A equipe dos irmãos Michel Terpins e Rodrigo Terpins competirá pelo terceiro ano consecutivo pela categoria Protótipos T1 e a bordo do T-Rex, desenvolvido pela equipe MEM. Neste ano a prova acontecerá de 3 a 10 de setembro, com largada em Goiânia (GO) e chegada em Palmas (TO).

Para encarar o roteiro desafiante, a equipe tem focado nos treinos e preparativos finais para a disputa. Nesta edição Michel contará, pela primeira vez, com a navegação de Maykel Justo. E para afinar alguns detalhes e fazer ajustes finais, a dupla realizou um treino na semana passada, em Itatinga, no interior de São Paulo.

"Foi um treino produtivo, mas nossa adaptação será mesmo durante a prova. Maykel é um navegador experiente e certamente vamos nos dar muito bem", ressalta o piloto, que segue para sua sétima participação no Rally dos Sertões. "Estamos ansiosos para acelerar, ainda mais que nossa categoria está bem competitiva com 14 duplas de um total de 50 carros", completa Michel que segue na vice-liderança do Brasileiro de Rally Cross Country na Protótipos T1. Vale destacar, que os dois primeiros dias da competição somam pontos para as oitava e nona etapas do campeonato.

Natural de Taubaté (SP) Justo, já disputou 10 edições da competição, sendo sete de caminhão e três de carro e já conquistou quatro títulos como navegador. "O Rally dos Sertões é sempre um desafio e superação. Serão sete dias praticamente confinado dentro de um veículo, com a adrenalina sempre elevada e concentração ao máximo, onde todos desejamos fazer o melhor para conquistar o pódio", explica.

Nesta edição houve 27% de aumento no número de inscritos, em relação ao ano passado. São aproximadamente 145 veículos, das categorias motos, quadriciclos, UTV´s e carro, contra 114 do ano passado. As etapas contarão com paradas nas cidades de Goiânia, Padre Bernardo, Cavalcante e Posse, no estado de Goiás; Luís Eduardo Magalhães, na Bahia; Mateiros, Ponte Alta e Palmas, no Tocantins.

Equipe com selo "Carbon Free"

Além da vontade de acelerar e brigar pelo pódio durante a maior prova off-road do país, a equipe dos irmãos Michel Terpins e Rodrigo Terpins não deixa de lado o engajamento com ações sociais e o meio ambiente. Novamente os carros receberam o selo "Carbon Free" da Iniciativa Verde. Isto quer dizer que o CO2 emitido pelos veículos durante as sete etapas serão compensados por meio de plantio de árvores na Mata Atlântica. A organização que é especializada no trabalho de compensação ambiental e realiza o cálculo, seguindo o Protocolo Carbon Free. Este é o segundo ano consecutivo que o time adota a iniciativa.

A equipe Bull Sertões Rally Team conta com patrocínio da 100% Eventos, Xarla, Bull Sertões e apoio da equipe MEM, Motul e Ohlins.

Notícias

Página inicial