Motor On Line
Notícias-

Vitória na 30ª Cascavel de Ouro vale participação na Sprint Race Brasil
Reportagem: Grelak Comunicação
Foto: Luciano Santos
Corrida de longa duração mais tradicional do Paraná anuncia vaga no grid da categoria fundada por Thiago Marques como prêmio adicional.

A parceria da Sprint Race Brasil com o Automóvel Clube de Cascavel na 30ª edição da prova Cascavel de Ouro vai além da junção dos dois eventos na programação de 23 de outubro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel (PR). Além de cumprir etapa na preliminar da corrida mais tradicional do automobilismo paranaense, a categoria criada em 2012 também premiará os participantes da prova longa disputada desde 1967.

Além dos troféus tradicionais e da premiação em dinheiro já anunciada quando da divulgação dos regulamentos técnico e desportivo da 30ª Cascavel de Ouro, um dos pilotos inscritos será contemplado com a participação em uma corrida da Sprint Race Brasil. O prêmio caberá a um dos integrantes da dupla ou do trio vencedor da 30ª Cascavel de Ouro, que terá duração de quatro horas e grid formado por carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6.

“Ter nossa penúltima etapa acompanhando um evento de tanta projeção quanto a Cascavel de Ouro é algo muito especial para nós”, reconhece o piloto de automobilismo Thiago Marques, organizador da Sprint Race. “É uma prova cogitada em todo o Brasil, que atrai pilotos de campeonatos importantes. Poder premiar um dos vencedores é uma oportunidade positiva para nós”, acrescenta Marques, que disputa a Copa Petrobras de Marcas pela RZ-Toyota.

O prêmio oferecido pela Sprint Race Brasil contempla isenção de todos os custos técnicos para um dos pilotos vencedores da 30ª Cascavel de Ouro disputar a primeira etapa do campeonato de 2017, cujo calendário de eventos está em fase final de elaboração. “O prêmio viabilizado pelo Thiago Marques é um incentivo que vai motivar os pilotos e elevar ainda mais o nível da Cascavel de Ouro”, considera o presidente do ACC, Juraci Massoni.

Uma das características que mais têm chamado atenção dos pilotos de automobilismo para a Sprint Race Brasil é a relação custo-benefício, apontada por Marques como “a mais convidativa do automobilismo brasileiro”. Os carros têm chassi tubular, pneus slick aro 18”, posição central de pilotagem e motor V8 de 260 cavalos, que desenvolvem velocidades finais de até 250 km/h. As etapas são exibidas na televisão pelos canais Bandsports e PlayTV.

Além da vaga no grid da Sprint Race e dos R$ 33 mil em dinheiro que estarão em disputa pelos pilotos, a 30ª Cascavel de Ouro vai premiar um de seus vencedores com participação na primeira corrida de 2017 da liga norte-americana Fara USA. Viagem à Flórida e participação com um Ginetta G40 na corrida de longa duração em Homestead, no mês de fevereiro, são oferecidas pela parceria do Automóvel Clube de Cascavel com o Team Ginetta.

A equipe campeã da Cascavel de Ouro receberá R$ 20 mil em dinheiro e o troféu que destaca a serpente confeccionada em ouro maciço. O segundo lugar valerá o troféu com a serpente de prata e R$ 7 mil. O troféu do terceiro colocado, que receberá R$ 3 mil, terá uma serpente de bronze. Haverá troféus entre quarto e décimo lugar e três bônus de R$ 1 mil para pole position, melhor volta e maior número de posições conquistadas ao longo da corrida.

Notícias

Página inicial