Motor On Line
Notícias-

Kart: Shell Racing conquista pódio com Petecof e segue na briga pelo título
Foto: Bruno Gorski
Pista molhada marcou etapa deste final de semana disputada no Kartódromo Aldeia da Serra, na Grande São Paulo.

As maiores promessas do kartismo brasileiro voltaram a competir neste final de semana no Kartódromo Aldeia da Serra, na Grande São Paulo, onde foi disputada a sexta etapa do Paulista Light. Gianluca Petecof e Felipe Baptista, ambos da categoria Junior (12 a 13 anos), foram os representantes da Academia Shell Racing, iniciativa inédita no Brasil patrocinada pela Raízen para garantir apoio aos jovens talentos do automobilismo e auxiliar seus passos futuros no esporte a motor.

Após uma corrida 1 em que teve que fazer uma prova de recuperação, Gianluca conseguiu fechar a bateria final em terceiro, conquistando mais um pódio na temporada e sendo o sexto colocado no geral, o que lhe mantém na briga pelo título do campeonato (é o atual vice-líder).

"Nos treinos livres, tivemos um rendimento muito bom, mas no sábado veio a chuva e todos os ajustes tiveram que começar novamente do zero. Felizmente consegui chegar em terceiro lugar na corrida 2, após largar de nono. O campeonato está bem disputado com o Vinícius Ponce, meu principal adversário nas competições nacionais desde o ano passado. Acredito que tenho boas chances de recuperar essa liderança, já que ainda faltam quatro etapas e temos andado bem em todas as provas até aqui", diz Gianluca, que foi o mais jovem brasileiro a representar o País no Mundial de Kart, em 2015.

Felipe Baptista, que fez várias dobradinhas com Gianluca no primeiro semestre, começou o sábado com o quarto lugar na tomada de tempos, apenas uma posição atrás do companheiro. Nas baterias, acabou ficando na oitava posição em ambas as provas.

"Na primeira corrida, larguei em quarto e cheguei a ser segundo, mas a pista estava molhada e com pouca aderência. Acabei perdendo algumas posições e depois ficou um pouco tarde para recuperar na primeira corrida, onde eu ainda tive uma boa disputa com o Gianluca e consegui terminar na frente dele. Na segunda corrida, eu fui mais cauteloso na largada, consegui desviar de um acidente e estava no top-5 quando acabei me envolvendo em um toque e isso prejudicou o restante da prova. Agora é pensar na próxima etapa, que será em Interlagos, onde tive bons resultados neste ano", avalia Baptista, que assim como Gianluca tem 13 anos.

Chefe da equipe Shell Racing no kart, Onassis de Souza destacou o aprendizado dos jovens pilotos na sexta etapa do Paulista Light realizada no Kartódromo Aldeia da Serra.

"Nós tivemos ótimos treinos com o Gianluca e o Felipe. Eles estavam bastante rápidos no seco, mas o tempo mudou nesse sábado e tivermos que mudar totalmente o setup dos karts. Nós guardamos os pneus novos para usar nas corridas, mas com a pista molhada isso não fez diferença e os usados dos nossos rivais tiveram boa performance. Essa etapa foi de bastante aprendizado para os meninos e também serviu para eles aprimorarem a pilotagem com chuva", afirma Onassis.

A sétima etapa do Paulista Light de Kart será realizada no dia 24 de setembro no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos.

Junior - 2ª Prova
1) 13-Diego Ramos (Junior), (17 voltas) 15:24,711
2) 70-Vinicius Ponce (Junior), à 7,226
3) 101-Gianluca Petecof (Junior), à 10,590
4) 73-Enzo Elias (Junior), à 11,046
5) 118-Christian Fliter (Junior), à 14,518
6) 117-Nicolas Fliter (Junior), à 23,210
7) 8-Derek Ryan (Junior), à 29,190
8) 121-Felipe Baptista (Junior), à 40,958
9) 107-Victor Schoma (Junior), à 47,756
10) 18-Pedro Lopes (Junior), à 48,386
11) 48-Pedro Adami (Junior), à 49,638
12) 408-José Victor Adami (Junior), à 50,086

Junior - 1ª Prova
1) 70-Vinicius Ponce (Junior), (17 voltas) 15:41,051
2) 118-Christian Fliter (Junior), à 6,129
3) 117-Nicolas Fliter (Junior), à 8,083
4) 18-Pedro Lopes (Junior), à 11,143
5) 73-Enzo Elias (Junior), à 25,253
6) 13-Diego Ramos (Junior), à 33,852
7) 107-Victor Schoma (Junior), à 37,738
8) 121-Felipe Baptista (Junior), à 43,682
9) 101-Gianluca Petecof (Junior), à 1 volta
10) 48-Pedro Adami (Junior), à 1 volta
11) 8-Derek Ryan (Junior), à 2 voltas
12) 408-José Victor Adami (Junior), à 9 voltas

Sobre a Academia de Pilotos Shell Racing:

Inspirada em programas europeus que levaram jovens kartistas para categorias top, como a F-1, a Academia de Pilotos Shell Racing é uma iniciativa inédita no Brasil patrocinada pela Raízen para garantir apoio a revelações do automobilismo e auxiliar seus passos futuros no esporte a motor. Suas ações são viabilizadas por meio dos projetos "Academia de Pilotos de Kart" (promovido pelo Kart Clube Granja Viana) e "Talento Automobilístico Formula 3" (promovido pela Federação de Automobilismo do DF) incentivados pela Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e que visam desenvolver e formar a nova geração de brasileiros campeões no esporte automotor.

Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 64 aeroportos, possui 63 terminais de distribuição e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 5.800 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial