Motor On Line
Notícias-

Fim de semana foi de muita velocidade no Metropolitano em Cascavel
Reportagem: Bispo Neto
MRT

O fim de semana (3 e 4/9) foi nublado e de muita velocidade em Cascavel (PR), com as corridas da 7.ª etapa do Metropolitano de Curitiba, 3.ª etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2016 e 6.ª etapa do Metropolitano de Cascavel, realizada no Autódromo Zilmar Beux. As etapas foram disputadas nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.6 “A”, “B” e “C”, e Fórmula Premium, com organização do Automóvel Clube de Cascavel e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante os treinos classificatórios que definiram os grids de largada, os seis primeiros por categoria foram:

Marcas “A”:
1.º) Thiago Klein (PR), 1min17s171;
2.º) Gustavo Magnabosco (SC), 1min17s455;
3.º) Marcel Sedano / Ruslan Carta Filho (SC/PR), 1min17s614;
4.°) Richard Heidrich (SC), 1min18s256;
5.º) Davi Dal Pizzol (SC), 1min18s837; e
6.º) Rafael Bastos (SC), sem tempo.

Marcas “B”:
1.º) Odair dos Santos (PR), 1min18s835;
2.º) Gustavo Dal Pizzol (SC), 1min18s901;
3.º) Eduardo Pavelski (PR), 1min19s029; e
4.º) Marcelo Beux (PR), 1min19s300.

Turismo 1.6 “A”:
1.º) Edson Campana / Leonardo Kowalski (PR), 1min21s055;
2.º) Carlos Vaz / Marcelo Cordeiro (PR), 1min22s294; e
3.º) Wilians Peres (PR), 2min39s217.

Turismo 1.6 “B”:
1.º) Rafael Barranco (PR), 1min20s145;
2.º) Marcelo Pauvels (PR), 1min22s035; e
3.º) José Bueno / João Godoy (PR), 1min25s035.

Fórmula Premium:
1.º) Airton dos Santos (PR), 1min20s293;
2.º) Marco Dias (PR), 1min23s610;
3.º) Luís Zimermann (PR), 1min25s546.

Turismo 1.6

A primeira corrida da Turismo 1.6, foi realizada no sábado às 14h45, em 30 minutos mais duas voltas, reunindo 11 participantes e dividida em duas categorias (A e B). Na largada, o pole position Rafael Barranco manteve a liderança, seguido de perto de Juliano da Silva, Felipe Carvalho / Juliano Basto, Eduardo Campana/Leonardo Kowalski, Marcelo Pauvels e Carlos Vaz. Aos poucos os carros foram se espalhando na pista e Bueno e Godoy abandonaram por quebra com três voltas completadas. Rafael Barranco foi abrindo vantagem na liderança, deixando a “briga” pelo segundo lugar entre Juliano da Silva e Carlos Vaz. Boa corrida de recuperação de Wilians Peres, que largou da última posição e concluiu a prova em quarto na Geral. Ao fim de 25 voltas a vitória na Geral e na Turismo 1.6 “B” foi de Rafael Barranco, no Metropolitano de Curitiba, com tempo total de 33min44s217, seguido de Marcelo Pauvels, a 55s279, e, José Bueno, a 22 voltas. E na Turismo 1.6 “A”, venceu Carlos Vaz com tempo de 34min01s508, com Wilians Peres em segundo, a 5s521, e, Edson Campana, a 28s895.

O Autódromo Zilmar Beux amanheceu coberto por cerração e atrasou um pouco a programação de domingo. A segunda corrida da Turismo 1.6 “A” e “B” aconteceu às 12h10, com Rafael Barranco largando mais uma vez na pole position, seguido de Juliano da Silva, Marcelo Cordeiro, Wilians Peres, Juliano Bastos e Leonardo Kowalski. Com cinco voltas de prova, Wilians Peres fez duas ultrapassagens e assumiu a segunda colocação, mas quatro voltas depois, rodou e perdeu a segunda e terceira posições, voltando ao quarto lugar. Com Rafael Barranco disparando na liderança, a “briga” ficou entre Leonardo Kowalski, Juliano da Silva e Wilians Peres até a bandeirada final pela segunda, terceira e quarta posições. Depois de 25 voltas, vitória de Rafael Barranco na Geral e Turismo 1.6 “B”, com tempo total de 33min33s600, vindo a seguir Marcelo Pavels em segundo, a 57s735, e João Godoy em terceiro, a duas voltas. E na Turismo 1.6 “A” venceu Leonardo Kowalski, com tempo de 33min46s481, seguido de Wilians Peres, a 0s440, e, Marcelo Cordeiro, a 1min01s570. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Rafael Barranco, na 23.ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1min20s077, à média de 137,478 km/h.

Resultado final: Turismo 1.6 “B”:

1.º) Rafael Barranco (PR), 40 pontos;
2.º) Marcelo Pauvels (PR), 30; e
3.º) José Bueno / João Godoy (PR), 12. Turismo 1.6 “A”:
1.º) Edson Campana / Leonardo Kowalski (PR), 32 pontos;
2.º) Carlos Vaz / Marcelo Cordeiro (PR), 32; e
3.º) Wilians Peres (PR), 30.

Marcas

Os 27 participantes das categorias Marcas foram para a pista às 16h35 de sábado para a primeira corrida divididos nas categorias “A” e “B”, que realizaram uma prova muito disputada, com bons “pegas” em vários pontos da pista. Na primeira volta, a liderança na Geral era de Leandro Zandoná, seguido de Thiago Klein, Bragantini Jr, Gustavo Magnabosco e Ruslan Carta Filho. Durante a prova, Caio Carvalho, Ruslan Carta Filho, Bragantini Jr, Rafael Bastos, Gustavo Myasava, Márcio Silva, Caus Jr e Felipe Carvalho abandonaram a corrida por quebra. Nas últimas voltas todas as atenções se voltaram para os três primeiros Leandro Zandoná, Gustavo Magnabosco e Thiago Klein, que travaram bom “pega” pela liderança da prova. Zandoná perdeu a primeira posição para Klein e Magnabosco, mas se recuperou e terminou a prova em segundo lugar. Após de 25 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” do Metropolitano de Curitiba foi de Thiago Klein, com tempo total de 32min38s839, seguido de Gustavo Magnabosco, a 2s047, Richard Heidrich, a 31s503, e, Davi Dal Pizzol, a 1min14s078. E na Marcas “B” a vitória foi de Edson Bueno, com tempo de 33min13s402, tendo em segundo Odair do Santos, a 1s102, em terceiroo Gustavo Dal Pizzol, a 5s803, em quarto Marcelo Beux, a 7s985, e, em quinto Eduardo Pavelski, a 18s602.

Sendo a primeira a ir para a pista no domingo, a segunda corrida das categorias Marcas “A” e “B” aconteceu às 11h15, com Thiago Klein largando na frente, seguido de perto por Leandro Zandona, Gustavo Magnabosco, Paulo Bento, Richard Heidrich e Edson Bueno. Um acidente no início da prova fez o safety car entrar para a retirada do carro na reta principal, onde ficou rodando à frente por duas voltas. Na relargada as primeiras posições permaneceram inalteradas, mas aos pouco os carros foram se espalhando na pista e os mais rápidos indo para frente. Ao fim de 21 voltas, nova vitória de Thiago Klein na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 33min01s141, tendo Gustavo Magnabosco em segundo, a 9s876, Richard Heidrich em terceiro, a 22s874, Rafael Bastos em quarto, a 34s342, e, Davi Dal Pizzol em quinto, a 50s884. E na Marcas “B”, vitória de Edson Bueno, com tempo de 33min02s284, vindo a seguir Odair dos Santos, a 21966, Marcelo Beux, a 33s685, Eduardo Pavelski, a 33s971, e, Gustavo Dal Pizzol, a 35s081. Thiago Klein marcou a volta mais rápida das provas disputadas, na 9.ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1min17s582, à média de 141,899 km/h.

Resultado final: Marcas “A”:

1.º) Thiago Klein (PR), 40 pontos;
2.º) Gustavo Magnabosco (SC), 30;
3.º) Richard Heidrich (SC), 24;
4.º) Davi Dal Pizzol (SC), 18; e
5.º) Rafael Bastos (SC), 10.

Marcas “B”:

1.º) Edson Bueno (PR), 40 pontos;
2.º) Odair dos Santos (PR), 30;
3.º) Marcelo Beux (PR), 22;
4.º) Gustavo Dal Pizzol (SC), 20; e
5.º) Eduardo Pavelski (PR), 18.

Fórmula Premium

As duas corridas da Fórmula Premium foram disputadas no domingo (4/9), sendo uma de manhã e outra na parte da tarde, reunindo apenas quatro carros. Às 9h55 largou a primeira corrida, com o pole position Airton dos Santos mantendo a liderança, mas seguido de perto por Marco Dias e Luís Zimermann. Com problemas no carro, Edson da Silva não conseguia acompanhar os primeiros e abandonou a corrida com cinco voltas completadas. Outro que abandonou a corrida foi Luís Zimermann, que completou apenas nove voltas. Depois de 12 voltas, a vitória foi de Airton dos Santos na Fórmula Premium, com tempo total de 16min29s761, com Marco Dias em segundo, a 5s604, e, Luís Zimermann em terceiro à três voltas.

Na segunda corrida da categoria Fórmula Premium, que largou às 14h30, mais uma vez com Airton dos Santos largando na frente e mantendo a liderança até a bandeirada final. Luís Zimermann que largou em terceiro lugar, ultrapassou Marco Dias na terceira volta e assumiu o segundo lugar e as posições permaneceram inalteradas até a bandeirada final. Após 13 voltas, nova vitória de Airton dos Santos na Fórmula Premium, com tempo de 17min30s854, seguido de Luís Zimermann, à 30s835, Marco Dias, a uma volta e Edson da Silva, a uma volta. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Airton dos Santos, na 7.ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1min18s387, à média de 140,442 km/h.

Resultado Final:

1.º) Airton dos Santos (PR), 40 pontos;
2.º) Luís Zimermann (PR), 27;
3.º) Marco Dias (PR), 27; e
4.º) Edson da Silva (PR), 10.

A oitava e última etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2016, está marcada para os dias 19 e 20 de novembro, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), situado em Pinhais (PR).

Notícias

Página inicial