Motor On Line
Notícias-

Rally: Bulldog Racing já encara as pelejas do Sertões
Reportagem: Isis Moretti
Foto: Doni Castilho
Liberdade de Ideias
A primeira etapa da competição foi complicada para a dupla Flávio Lunardi e Fred Budtikevits.

Eles já iniciaram o Rally dos Sertões acreditando na palavra superação! O piloto Flávio Lunardi e o navegador Fred Budtikevits, da Bulldog Racing, registraram os primeiros momentos de dificuldades desta 24ª edição do Rally dos Sertões, que largou no domingo, 04, de Goiânia, GO, rumo a Padre Bernardo, situada ao leste de Goiás. A primeira etapa, que teve 112 quilômetros de trechos navegados, já impôs um teste para a dupla.

No km 40 da especial, o coxim do motor da Chevrolet S10 quebrou e caiu em cima do sensor da bomba de combustível, danificando a peça; com isso, o carro perdeu desempenho. Ainda que com essa limitação, os competidores tentaram seguir, mesmo que a 40 km/h, até quando a picape parou e entrou em modo emergência. "Nossa única opção foi acionar o resgate e torcer para que os mecânicos conseguissem consertar o veículo a tempo da próxima largada", disse Lunardi.

Porém, apesar de todos os esforços desprendidos durante a madrugada desta segunda-feira, 05, o veículo mantinha-se no modo emergência, algo que só poderia ser eliminado em uma concessionária Chevrolet, através de um scanner do motor original.

Sendo assim, Lunardi e Budtikevits efetuaram a largada da segunda etapa (a fim de evitar a desclassificação), e logo saíram do trecho cronometrado que teve fim na cidade de Cavalcante, GO, após 375 quilômetros de especial. Então, eles rumaram para Brasília, DF, onde tiveram os recursos necessários para deixar a S10 em perfeito estado. "Sofremos a penalização por não completar o trecho. Mas, já que estamos aqui, queremos continuar e vamos fazer o impossível para não voltar mais cedo para casa. O Rally dos Sertões é um sonho, e sempre soubemos que não seria fácil estar nele... Vivemos nossa prova particular, e a partir da terceira etapa, iniciaremos enfim, o nosso Sertões", salientou o piloto.

O evento montou acampamento nesta segunda-feira na cidade de Cavalcante, GO, após um duro (mas muito duro) percurso de 375 quilômetros e quase cinco horas de rali. Agora, a Bulldog Racing se prepara para alinhar a S10 no grid que terá rumo ao município de Posse, GO, localizado na divisa com a Bahia. Serão 376 quilômetros, que não aliviarão a vida dos off-roaders. O início do percurso terá estradas sinuosas, com muitas erosões e depressões. O trajeto continua adentrando por regiões de serra, com subidas e descidas fortes e trial pesado, em traçado sinuoso. Pelo caminho, predominará pedras, cascalhos e piçarras.

Programação - 24º Rally dos Sertões

06 de setembro - Etapa 3
Cavalcante (GO) - Posse (GO)
Deslocamento inicial: 22,95 km
Trecho especial: 376,41 km
Deslocamento final: 244,12 km
Total do dia: 643,48 km

07 de setembro - Etapa 4
Posse (GO) - Luís Eduardo Magalhães (BA)
Deslocamento inicial: 14,62 km
Trecho especial: 361,94 km
Deslocamento final: 183,59 km
Total do dia: 560,15 km

08 de setembro - Etapa 5
Luís Eduardo Magalhães (BA) - Mateiros (TO)
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 425,67 km
Deslocamento final: 0
Total do dia: 461,14 km

09 de setembro - Etapa 6
Mateiros (TO) - Ponte Alta (TO)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 514,98 km
Deslocamento final: 5,97 km
Total do dia: 520,95 km

10 de setembro - Etapa 7
Ponte Alta (TO) - Palmas (TO)
Deslocamento inicial: 4,61 km
Trecho especial: 191,54 km
Deslocamento final: 47,46 km
Total do dia: 243,61 km

A equipe Bulldog Racing tem patrocínio de Luna Incorporadora. E apoio de Henz Engenharia

Notícias

Página inicial