Motor On Line
Notícias-

Catarinenses campeões no PR formam dupla para 30ª Cascavel de Ouro
Reportagem: Grelak Comunicação
Foto: Divulgação
Davi dal Pizzol e Gustavo Magnabosco mantêm parceria e buscam pela Pein Competições vitória inédita na corrida mais tradicional do estado.

Uma dupla vencedora no automobilismo regional de Curitiba está entre as que já confirmaram participação na 30ª Cascavel de Ouro. Os catarinenses Davi Dal Pizzol, de Tangará, e Gustavo Magnabosco, de Catanduvas, estão inscritos na corrida de 23 de outubro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel (PR), revezando a pilotagem do VW Gol número 133 da Pein Competições, equipe da cidade de Pomerode, também em Santa Catarina.

Dal Pizzol foi três vezes campeão metropolitano de Marcas & Pilotos em Curitiba – em 2012, quando defendia a Stumpf Preparações, em 2014 e 2015, já pela equipe atual, comandada por Sérgio Pein. Magnabosco, depois de dois títulos catarinenses na velocidade na terra, tornou-se bicampeão metropolitano em Curitiba. Passou pela Fórmula Truck, onde subiu duas vezes ao pódio, e no último domingo (4) conquistou seu terceiro título paranaense de Marcas.

“Nós dois corremos em dupla neste ano em Curitiba e no Paranaense. A decisão de correr a Cascavel de Ouro em dupla veio do bom entrosamento que construímos”, comentou Magnabosco. “Temos um carro bom e rápido, agora é pedir a Deus que nos abençoe para fazermos uma boa prova”, acrescentou. “A expectativa para este ano é de estar entre os cinco primeiros. Ficar sempre no grupo dos três primeiros seria o ideal”, vislumbrou Dal Pizzol.

Dal Pizzol disputou a Cascavel de Ouro do ano passado pilotando o GM Classic da Seidel Preparações ao lado de Lúcio Seidel. A dupla teve problemas durante a prova e ficou em 19º lugar, a 36 voltas dos vencedores. Magnabosco formou com Eduardo Berlanda e Fausto de Lucca o trio catarinense da equipe FF Racing. Com quebra, a equipe retirou-se da disputa exatamente na metade da corrida, tendo completado 81 das 162 voltas.

Premiação

A premiação em dinheiro prevê R$ 20 mil para a equipe vencedora da Cascavel de Ouro, R$ 7 mil para a vice-campeã e R$ 3 mil para a terceira. Haverá bônus de R$ 1 mil para a pole position, a volta mais rápida da corrida e o maior número de posições conquistadas nas quatro horas de corrida, que terão transmissão ao vivo pela CATVE, afiliada paranaense da TV Cultura. O portal da emissora na internet reproduzirá a transmissão em tempo real.

Haverá prêmios adicionais. Um piloto da dupla ou do trio que vencer a Cascavel de Ouro terá participação na primeira prova de 2017 do Fara USA, no mês de fevereiro em Homestead, com uma Ginetta G40, com custos de viagem incluídos na premiação. A equipe vencedora também terá isenção de todos os custos técnicos para participação de um de seus pilotos na primeira etapa da série brasileira Sprint Race Brasil na temporada de 2017.

Notícias

Página inicial