Motor On Line
Notícias-

Rally: Ramon Sacilotti assume segundo lugar das motos no Sertões
Reportagem: Mundo Press
Foto: Vinícius Branca
Piloto do Team Rinaldi avança duas posições no ranking após a terceira etapa, marcada por quebras e muitos desafios entre Cavalcante e Posse, Goiás.

Ramon Sacilotti assumiu nesta terça-feira (6) a vice-liderança das motocicletas no Rally dos Sertões, de acordo com os resultados extra-oficiais. O piloto do Team Rinaldi foi o segundo mais rápido na terceira etapa, realizada com 643,48 quilômetros entre Cavalcante e Posse, em Goiás, incluindo 376,41 km de trechos cronometrados (especiais). O dia representou o percurso mais longo da edição 2016 e foi marcado por quebras e inúmeras dificuldades.

“Foi uma etapa muito cansativa. A especial começou bastante rápida e consegui um ritmo forte, mas perdi de dois a três minutos para prender uma peça que soltou na lateral da moto. O dia exigiu muita atenção na navegação. Passamos por vários tipos de desafios, como pedras, cascalho e até trechos de areia”, contou Sacilotti. Ele utiliza os pneus Rinaldi HE 42, especialmente desenvolvidos para rally. “Os pneus estão 100%, conforme o esperado”, acrescentou.

Ricardo Martins, que largou como terceiro colocado no ranking das motos, foi uma das vítimas do Rally dos Sertões. A motocicleta do catarinense pegou fogo no caminho, mas felizmente ele saiu ileso. Sacilotti testemunhou o fato. “Quando passei pelo Ricardo, as chamas já estavam com uns três metros de altura. Fiquei abalado com o que aconteceu com ele e até demorei para conseguir me concentrar na prova de novo”, lamentou.

O Team Rinaldi ainda completou a terceira etapa com Guilherme Cascaes (em oitavo lugar das motos), Daniel Crema (14º) e Moara Sacilotti (30º). Na quarta etapa da prova, nesta quarta-feira (7), a caravana do Rally dos Sertões entra na Bahia e tem destino a Luís Eduardo Magalhães. O percurso será formado por 560,15 km, sendo 361,94 de especiais.

O roteiro do 24º Rally dos Sertões inclui 3.212,17 quilômetros no total, sendo 2.357,17 km de trechos cronometrados. A chegada está marcada para o dia 10 de setembro em Palmas (TO). As disputas incluem ainda categorias para quadriciclos, carros e UTVs. Rally dos Sertões 2016

Resultado da 3ª etapa (Categoria Motos - Extra-oficial)

1 - GREGÓRIO AZEVEDO - 04:44:26
2 - RAMON SACILOTTI - 04:47:07 - Team Rinaldi
3 - JOSÉ HÉLIO FILHO - 04:56:20
4 - EDUARDO SHIGA - 04:58:03
5 - RAMI SFREDO - 05:05:51
8 - GUILHERME CASCAES - 05:19:55 - Team Rinaldi
14 - DANIEL CREMA - 05:36:35 - Team Rinaldi
30 - MOARA SACILOTTI - 06:32:52 - Team Rinaldi

Resultado acumulado após três etapas (Categoria Motos - Extra-oficial)

1 - GREGÓRIO AZEVEDO - 11:32:42
2 - RAMON SACILOTTI - 11:43:59 - Team Rinaldi
3 - EDUARDO SHIGA - 12:05:42
4 - JOSÉ HÉLIO FILHO - 12:18:12
5 - JÚLIO BISSINHO - 12:47:37
13 - GUILHERME CASCAES - 14:07:19 - Team Rinaldi
28 - MOARA SACILOTTI - 16:12:07 - Team Rinaldi
35 - DANIEL CREMA - 18:02:13 - Team Rinaldi

Programação*

7/9 – Posse (GO) / Luís Eduardo Magalhães (BA) – 4ª Etapa
Deslocamento inicial: 14,62 km
Trecho especial: 361,94 km
Deslocamento final: 183,59 km
Total do dia: 560,15 km

8/9 – Luís Eduardo Magalhães (BA) / Mateiros (TO) – 5ª Etapa
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 425,67 km
Deslocamento final: 00 km
Total do dia: 461,14 km

9/9 – Mateiros (TO) / Ponte Alta (TO) – 6ª Etapa
Deslocamento inicial: 00 km
Trecho especial: 514,98 km
Deslocamento final: 5,97 km
Total do dia: 520,95 km

10/9 – Ponte Alta (TO) / Palmas (TO) – 7ª Etapa
Deslocamento inicial: 4,61 km
Trecho especial: 191,54 km
Deslocamento final: 47,46 km
Total do dia: 243,61 km

Total da Prova: 3.212,17 km
Total de Trechos Especiais: 2.357,17 km (ou 74% do roteiro, porcentagem recorde do evento)

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Sobre a Rinaldi

A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2008 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.

Notícias

Página inicial