Motor On Line
Notícias-

Dennis Dirani uma volta ao mundo... acelerando em Interlagos
Reportagem: RF1
Foto: Carsten Horst
Piloto da Academia Shell Racing corre neste final de semana na preliminar da Corrida do Milhão em Interlagos.

Em Interlagos, principal palco do automobilismo brasileiro, praticamente todos os pilotos acumulam bastante quilometragem, mas um piloto em especial certamente se credencia como um dos recordistas: Dennis Dirani. Afinal, o piloto da Academia Shell Racing no Brasileiro de Turismo (divisão de acesso da Stock Car) exerce a função de instrutor do curso de pilotagem Beto Manzini, realizado no autódromo paulistano, desde 2008.

"Se consideramos uma média de duas aulas por mês e que cada sessão são 40 voltas, são quase mil voltas todo ano. Nestes nove anos, somando também os treinos de competição, passamos das 9.000", estima Dirani. Neste caso, como a extensão do circuito paulista é de 4.309 metros, é possível estimar que Dennis já percorreu em Interlagos o suficiente para uma volta completa no globo terrestre - cerca de 40 mil quilômetros.

"É realmente uma grande jornada. Se incluirmos as voltas no Kartódromo de Interlagos, então, já dá mais umas duas voltas ao mundo", brinca Dennis. Ironicamente, em competições oficiais, o paulista fará apenas sua segunda participação neste final de semana na preliminar da Corrida do Milhão.

"Fui formado como piloto em Interlagos, é praticamente a minha segunda casa, mas só tive minha primeira chance no automobilismo no ano passado, graças ao apoio da Academia Shell Racing. Fiz minha estreia oficial na pista no Brasileiro de Turismo com um pódio e espero sair com uma vitória na rodada dupla", diz Dennis, citando a iniciativa inédita no Brasil patrocinada pela Raízen para garantir apoio aos jovens talentos do automobilismo e auxiliar seus passos futuros no esporte a motor.

Na decisão da temporada anterior, Dennis conquistou o último dos seus sete pódios no ano justamente em Interlagos e ficou apenas quatro pontos de ser campeão na rodada final de 2015. Agora, ele espera que o seu retrospecto favorável da estreia possa entrar na pista com o carro 128 da Shell Racing.

"Estou bem motivado para essa etapa aqui em São Paulo. Consegui treinar na pista uma vez antes dos treinos oficiais e o carro está bem rápido. Alguns resultados não encaixaram como a gente queria, mas espero que a partir dessa segunda metade da temporada nós tenhamos mais sucesso para conquistar o máximo de pontos possível", diz Dennis, que na última etapa em Cascavel foi o segundo piloto que mais pontuou com 24 pontos conquistados.

Os pilotos do Brasileiro de Turismo entram na pista a partir de 10h55 desta sexta-feira para os treinos livres. O classificatório acontece no sábado às 11h05 e no mesmo dia ainda ocorre a prova 1, às 16h05. A corrida 2 será no domingo às 8h15 e será a preliminar da Corrida do Milhão, da Stock Car.

Programação completa:

Sexta-feira, 9 de setembro
10h55 - 11h40 - 1o Treino Brasileiro de Turismo

Sábado, 10 de setembro
07h30 - 08h15 - 2o Treino Brasileiro de Turismo
11h05 - 11h25 - Classificação Brasileiro de Turismo
16h05 - Largada (Corrida 1) Brasileiro de Turismo

Domingo, 11 de setembro
08h15 - Largada (Corrida 2) Brasileiro de Turismo

Sobre a Academia de Pilotos Shell Racing:

Inspirada em programas europeus que levaram jovens kartistas para categorias top, como a F-1, a Academia de Pilotos Shell Racing é uma iniciativa inédita no Brasil patrocinada pela Raízen para garantir apoio a revelações do automobilismo e auxiliar seus passos futuros no esporte a motor. Suas ações são viabilizadas por meio dos projetos "Academia de Pilotos de Kart" (promovido pelo Kart Clube Granja Viana) e "Talento Automobilístico Formula 3" (promovido pela Federação de Automobilismo do DF) incentivados pela Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e que visam desenvolver e formar a nova geração de brasileiros campeões no esporte automotor.

Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 64 aeroportos, possui 63 terminais de distribuição e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 5.800 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial