Motor On Line
Notícias-

Kart: Leist e irmãos Coletta na Petrobras Sorriso Campeão em Interlagos
Reportagem: Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula
Foto: Flávio Quick
FGCom
Três primeiros colocados na Copa São Paulo Light de Kart buscam vaga na final da Seletiva de Kart Petrobras neste sábado.

Três dos favoritos na disputa por um lugar na final da 18ª edição da Seletiva de Kart Petrobras, neste sábado (dia 24), no kartódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), são prova de que velocidade é sim coisa de família.

Arthur Leist, líder da Copa São Paulo Light de Kart, é irmão de Matheus Leist que conquistou recentemente o título da Fórmula 3 Inglesa e tem uma história vitoriosa na Seletiva: foi vice-campeão em 2013 e terceiro colocado em 2014.

Murillo e Marcel Coletta, segundo e terceiro colocados na Copa São Paulo Light, somam vários títulos e conquistas, que já colocaram o sobrenome da família na história do kartismo brasileiro.

"Minha expectativa para disputar a vaga é muito boa. Quero brigar por este título, porque o prêmio da Seletiva pode ajudar bastante a minha carreira. É um prêmio cobiçado por todos, pela importância e pelo valor", comentou Leist, que já foi campeão sul-brasileiro, vice-campeão brasileiro, além de outras conquistas.

"Além disso, no ano que vem, pretendo correr de turismo ou fórmula e já ter essa experiência como vencedor da Seletiva vai me ajudar bastante", continuou o gaúcho de 16 anos, que - caso seja selecionado - pode pegar algumas dicas sobre a disputa com o irmão.

Em 2014, Matheus participou do programa de orientação da Seletiva de Kart Petrobras e se destacou tanto nos treinos com carros de turismo durante o Mitsubishi Racing Experince, quanto no teste na Europa com a equipe Koiranen GP de monoposto. As experiências ajudaram o piloto na tomada de decisão do futuro de sua carreira, que se mostrou acertada com a conquista do título na Inglaterra este ano.

Entre os irmãos Coletta, Murillo também pode levar vantagem, já que no ano passado já foi finalista da Seletiva. O piloto de 16 anos já venceu o Brasileiro de Kart, Copa do Brasil, Sul-americano, Paulista, entre outros. "Acredito que ter corrido no ano passado pode me ajudar na hora da calibragem dos pneus e acertos para o kart, caso eu chegue novamente à final", disse.

"Minha expectativa para conquistar a vaga é muito grande. Ao longo do ano, nós tivemos boas colocações no Light, então acho que isso é um bom sinal. Com certeza o prêmio da Seletiva seria muito importante para a minha carreira e ainda mais para o meu currículo no automobilismo", completou.

Apesar de mais jovem que o irmão, Marcel também já coleciona muitos títulos. Também foi campeão Brasileiro, da Copa do Brasil, Sul-Brasileiro e é hexacampeão do Super Kart Brasil. O piloto está com 14 anos, mas completa 15 ainda este ano.

"Estou em busca da vaga, mas sei que não é fácil. Se eu conquista-la, irei concorrer pela primeira vez então estou um pouco ansioso. O campeonato é diferente e tem um sistema de pontuação muito interessante. O prêmio é mais um incentivo para os pilotos darem um passo do kart para o fórmula", declarou.

Os treinos para a segunda etapa classificatória da Seletiva de Kart Petrobras acontecerão na quinta e sexta-feira (22 e 23). A etapa será disputada dentro da Copa São Paulo Light de Kart, para pilotos da categoria Graduados. No sábado, serão realizadas duas corridas. Ficarão com as vagas, o vencedor de cada prova e o que somar mais pontos nas duas baterias.

Projeto Sorriso Campeão

A etapa na pista paulista também marca a realização da 14ª edição do projeto Sorriso Campeão. Por meio da ação social, cada piloto participante poderá indicar dois mecânicos da sua equipe para receber por um ano tratamento odontológico gratuito. Os mecânicos ainda terão direito a inscrever suas mulheres e filhos (até 12 anos) no projeto. A ação, uma iniciativa dos organizadores da Seletiva de Kart Petrobras, é apoiada pela Petrobras, MG Pneus e pela dentista Ligia Martins Xavier e realiza, em média, 120 atendimentos a cada ano. Já são mais de 1600 atendimentos nestes 14 anos.

Em sua 18ª edição, a Seletiva de Kart Petrobras já tem três dos 12 finalistas classificados: os mineiros Gabriel Paturle, Matheus Tonussi e Gustavo Zwetkoff, que foram selecionados em Vespasiano (MG), dentro da 1ª edição da Taça Minas Gerais.

Após a disputa em Interlagos, a Seletiva segue para Cascavel, no Paraná, palco da Copa do Brasil de Kart no dia 15 de outubro, e Teresina, no Piauí, que receberá a etapa final no dia 29 de outubro dentro da Copa Norte de Kart. A decisão está programada para o início de novembro, com local ainda a ser definido.

A programação em Interlagos:

Quinta-feira, dia 22
10h50 às 11h25 - Treinos Livres
15h00 às 15h30 - Treinos Livres

Sexta-feira, dia 23
10h20 às 10h55 - Treinos Livres
15h00 às 15h30 - Treinos Livres

Sábado, dia 24
12h00 - Tomada de Tempos
13h20 - Largada Corrida 1 (a segunda bateria será na sequência do evento, durante a tarde)

Os pilotos já classificados:

Gabriel Paturle (MG), 16 anos
Matheus Tonussi (MG), 15 anos
Gustavo Zwetkoff (MG), 16 anos

Confira o calendário da 18ª edição da Seletiva de Kart Petrobras: *

Fase Classificatória
10 de setembro - 1ª etapa (Taça Minas Gerais de Kart) - Vespasiano (MG)
24 de setembro - 2ª etapa - Copa Petrobras Sorriso Campeão (Copa São Paulo Light de Kart) - Interlagos (SP)
15 de outubro - 3ª etapa (Copa Brasil de Kart) - Cascavel (PR)
29 de outubro - 4ª etapa (Copa Norte de Kart) - Teresina (PI)

Final
Novembro - data e local a serem confirmados

* Sujeito a alterações

Seletiva de Kart Petrobras

Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras, a Seletiva tem, em média, aproximadamente 110 pilotos tentando a vaga na final. Em 17 anos, mais de 200 já estiveram na briga pelo título.

Considerada uma referência entre os kartistas do Brasil, a Seletiva de Kart Petrobras é reconhecida (desde 2001) como evento oficial da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Comissão Nacional de Kart (CNK).

Além da maior premiação em dinheiro do kartismo nacional, a Seletiva de Kart Petrobras contempla três competidores com a participação em um programa de orientação de pilotos, que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, um teste com uma equipe do automobilismo de base europeu, com a orientação de um coaching, acompanhamento físico e psicológico, experiência com carros de turismo no Brasil, palestra sobre marketing e media training. A premiação total - somando todas as ações - chega a aproximadamente 300 mil reais. O campeão recebe 70 mil reais em dinheiro e o vice-campeão 6 mil.

Os finalistas disputam o título com chassis fornecidos pela fabricante Bravar.

Notícias

Página inicial