Motor On Line
Notícias-

F-Truck: Felipe Giaffone pronto para a corrida em Cascavel
Reportagem: Milton Alves
Foto: Luciana Flores
Oitava etapa será disputada no próximo dia 9 de outubro no Zilmar Beux, a pista que tem a mais elevada média de velocidade do Brasil.

Líder do Campeonato Brasileiro desde a primeira rodada da 21ª temporada da Fórmula Truck, Felipe Giaffone não acredita que a corrida de Cascavel, marcada para o próximo dia 9 de outubro no Autódromo Zilmar Beux, possa definir o título. Para ele, a disputa está tão intensa entre os três primeiros colocados na classificação geral que tudo deve mesmo ficar para a última prova do ano, dia 4 de dezembro no recém-inaugurado Autódromo de Curvelo, em Minas Gerais, quando os cinco primeiros colocados deixam de usar os restritores de potência previstos no regulamento.

``Existem muitos pontos em disputa (159) ainda e eu tenho de correr de olho nos dois que vêm logo a seguir. Se eu chegar na frente do Paulo Salustiano (vice-líder) e do Diogo Pachenki (terceiro colocado), não importa a posição, já estará bom para mim. Meu objetivo é não ter problemas no caminhão. Nas duas vezes em que tive dificuldades dei sorte de marcar pontos na primeira fase``, diz Giaffone.

Assim como a maior parte dos pilotos, Felipe gosta muito do veloz e desafiador traçado da cidade do Oeste paranaense. Para ele, depois da reforma feita há alguns anos a pista ficou bem mais segura.

``Sem dúvida que é a mais rápida do Brasil, com curvas velozes e desafiadoras, como o famoso Bacião, que teve a segurança aumentada com asfalto na área de escape. Hoje a gente consegue correr sem perder a emoção, algo que não acontecia antes e levou a Fórmula Truck e outras categorias a deixarem de correr em Cascavel durante algum tempo``.

O ponto mais preocupante para Giaffone é, como sempre tem acontecido, o uso do restritor de potência, obrigatório para os cinco primeiros colocados na classificação geral do Campeonato Brasileiro. O líder usa o restritor de 70 milímetros, e perde algo em torno de 140 cavalos. O segundo colocado Paulo Salustiano vai com o de 72mm e deixa de usar cerca de 120 HP. Diogo Pachenki, o terceiro, e vencedor da última corrida disputada em Tarumã, levará o de 74mm, com 100 cavalos de perda. David Muffato, o quarto colocado, vai com o de 76 milímetros e perde 50 HP e o quinto na tabela da classificação geral, André Marques, usará o de 78mm e não utiliza 30 cavalos. Quase todos os outros pilotos usam restritores de 80 mm com exceção dos três caminhões Iveco, que andam com uma entrada de ar de 85 milímetros.

``Os restritores do primeiro e do segundo colocados são os piores mesmo. São muito ruins, mas fazem parte do regulamento e sabíamos disso. Dos dois para o do terceiro a diferença é muito grande e o Diogo vai andar bem, pois seu caminhão está muito equilibrado. No entanto, é difícil falar que ele é favorito por ser de Cascavel e ter esse restritor que tira menos cavalos do motor. Ele andou bem lá no ano passado, está empolgado pela primeira vitória e tem o caminhão muito bem acertado``, completou o tricampeão da Fórmula Truck (2007, 2009 e 2011).

Dados de média de velocidade

As duas pistas com média de velocidade mais alta no Brasil são Cascavel e Tarumã, a próxima e a etapa anterior da Fórmula Truck. Enquanto os caminhões atingiram a média de 142,1 km/h na temporada passada, quando o restritor do líder era de 74 mm (neste ano é de 70mm), em Tarumã nesta temporada (já com os novos restritores) o pole position fez média de 117,1 km/h.

Venda de ingressos

Todos os tipos de ingressos (arquibancadas, Camarote Torcedor, Paddock e VIP) para a oitava corrida - dia 9 de outubro - do 21º ano da Fórmula Truck podem ser comprados no site da loja da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul: www.lojaformulatruck.com.br/loja e em pontos de venda a serem anunciados em breve. As vendas pelo site se encerram na sexta-feira, dia 7 de outubro. Para acompanhar todos os treinos de sexta e sábado e a corrida das arquibancadas o preço é de R$ 35 - com direito a um boné oficial da F-Truck e à visitação aos boxes no sábado em horário determinado pela organização. Quem optar por comprar os tickets de arquibancadas nas bilheterias do autódromo entre os dias 7 e 8 (sexta e sábado) ainda ganha o boné, diferentemente dos que adquirirem somente no domingo (dia 9 de outubro), que não receberão.

Os ingressos de arquibancadas comprados pelo site devem ser retirados na bilheteria a partir das sexta-feira, dia 7 de outubro, mesma data para a retirada das credenciais (Camarote Torcedor, Paddock ou VIP), no contêiner de credenciamento. Os ingressos de arquibancada dão direito à visitação aos boxes somente no sábado no horário determinado pela organização.

O bilhete de Paddock, ao preço de R$ 160, dá direito de acompanhar treinos e corrida de um local reservado pela organização próximo à área dos boxes, mas sem alimentação. No entanto, no domingo antes da prova, esse bilhete dá acesso à visitação aos boxes, somente para maiores de 16 anos e ao passeio no Truck Teste. Além de tudo isso, a cada três ingressos de Paddock adquiridos se recebe uma credencial de estacionamento gratuito na parte interna do autódromo.

A credencial Camarote Torcedor custa R$ 350 e dá direito a ver os treinos de sexta e sábado, à visitação aos boxes todos os dias e de acompanhar a corrida de domingo de um local reservado na área de box, com alimentação limitada, além de receber o Kit Torcedor, que inclui uma camiseta silkada personalizada e um boné bordado. O dono da credencial Camarote Torcedor também pode participar do Truck Teste no domingo (9/10) pela manhã, único dia em que serão servidas alimentação e bebidas de acordo com o estabelecido: mesa de snacks à vontade (batata chips, mix de castanha, amendoins, jujuba) 6 vales bebidas (cerveja lata ou refrigerante lata (linha Coca-Cola/água) 5 vales espetinho (carne/frango/linguiça/coração e pãozinho para acompanhar) 2 vales cachorro quente, além de sobremesa, que será servida na mesa de snacks antes do fim do evento. Todas as comidas e bebidas serão servidas dentro do Camarote Torcedor. Cada três credenciais adquiridas darão direito a uma credencial de estacionamento de veículo na área interna do Autódromo.

A credencial VIP, cujo preço é de R$ 520, dá ao portador acesso ao Camarote VIP da Fórmula Truck, com serviço de buffet incluso - bebidas e alimentação ilimitadas - somente no domingo (9/10), além de participar da visitação aos boxes. A cada três ingressos VIP adquiridos o comprador tem direito a uma credencial de estacionamento numa área reservada. As credenciais de Paddock e VIPs podem ser pagas com cartão de crédito ou dinheiro. Tanto em treinos quanto na corrida é obrigatório o uso das credenciais, que devem estar penduradas no pescoço.

Seja nos pontos de venda, situados nos postos Petrobras, nas revendas Pirelli ou nas bilheterias do autódromo, a única forma de pagamento é em dinheiro. Para ter direito à meia-entrada (RS 17,50), que é vendida sexta, sábado e domingo somente nas bilheterias do autódromo, é preciso apresentar a Carteira de Identificação Estudantil, dentro do prazo de validade, junto com documento de identidade oficial. Terão direito à entrada gratuita na arquibancada, Portadores de Necessidades Especiais (PNE), menores de oito anos, desde que acompanhados dos pais ou responsáveis, portando documentos, e idosos acima dos 60 anos, com Carteira de Identidade. Esses ingressos só podem ser adquiridos na bilheteria do autódromo.

Calendário de 2016

13 de março - Santa Cruz do Sul (RS)
10 de abril - Curitiba (PR)
15 de maio - Campo Grande (MS)
5 de junho - Goiânia (GO)
3 de julho - Londrina (PR)
31 de julho - Interlagos (SP)
4 de setembro - Tarumã (RS)
9 de outubro - Cascavel (PR)
6 de novembro - Guaporé (RS)
4 de dezembro - Curvelo (MG)

O Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck tem a supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e patrocínio da Petrobras e Pirelli. As fabricantes de caminhões são Iveco, Ford, MAN Latin America, Mercedes-Benz, Scania, Volkswagen e Volvo.

Notícias

Página inicial