Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Átila Abreu vê margem para estratégias variadas em Londrina
Reportagem: Luís Ferrari
Foto: Fábio Davini
Piloto do Chevrolet #51 destaca melhora no equilíbrio do carro e se diz animado por competir na cidade onde conquistou seu primeiro título nacional, no kart em 1999.

Depois de enormes dificuldades no quali da Corrida do Milhão há duas semanas, Átila Abreu destacou a evolução do Chevrolet #51 preparado pela equipe Shell Racing na tomada de tempo para a rodada dupla de Londrina. Largando em 16o na travada pista paranaense, o sorocabano aponta que pode recorrer a mais de uma estratégia para as corridas deste domingo.

A meta do vice-campeão de 2014 é somar o maior número possível de pontos, para saltar da atual 12a posição na tabela rumo ao top10.

“São duas corridas, então dá margem para estratégia, ainda mais em nossa condição largando no meio do grid”, comentou o piloto. Ele lembra que o regulamento da Stock Car determina inversão das 10 primeiras posições do grid para a corrida que encerra a jornada neste domingo.

Nesse sentido, a tática de parada de box pode ser essencial –ainda mais considerando o fato de o pitlane do Autódromo Ayrton Senna ser um dos mais apertados da temporada.

“Londrina é uma pista de ultrapassagens muito difíceis. Ainda bem que temos o push-to-pass para ajudar. Mas largar aqui mais à frente é fundamental. Já tive corridas aqui em que era quase um segundo mais veloz que o carro da frente e não conseguia passar de jeito nenhum. Então a posição de largada é fundamental. Não tem sido nosso forte durante o ano, mas a equipe tem batalhado bastante para tentar melhorar e acho que estamos mais competitivos nesta corrida, longe ainda do que a gente gostaria, mas não adianta querer descobrir o mundo de uma etapa para outra. Precisamos continuar evoluindo passo a passo. Estou em 12o no campeonato e vamos batalhar para sair daqui novamente entre os dez”, frisou Átila, que fez sua melhor volta em 1min12s287 (ele ficou a 0s678 da pole).

A cidade do norte do Paraná é especial para o piloto, pois foi no kartódromo local que ele conquistou seu primeiro título nacional: o Campeonato Brasileiro de Kart em 1999.

“Gosto bastante de Londrina, palco do meu primeiro Brasileiro de kart em 1999. Então tem um sabor especial competir nesta cidade. É gostoso voltar para um lugar onde o piloto já teve boas energias. Mas um ano não escreve o outro... Agora, saímos do kartódromo, da pista pequena para a pista grande na Stock Car e vamos continuar trabalhando forte até o final do campeonato. Não pontuamos nas duas últimas, mas ainda estamos em condição de brigar por alguma coisa até o fim do ano”, completou o competidor do Chevrolet #51.

A primeira largada deste domingo está marcada para 13h,com a prova complementar prevista para 14h10. As duas corridas têm transmissão ao vivo pelos canais Sportv.

Notícias

Página inicial