Motor On Line
Notícias-

F-3 Euro: Sérgio Sette Câmara encerrou com 117 pontos
Reportagem: Flávio Quick / Fabíola Cadar
Foto: Divulgação
Quick Comunicação
Hockenheim, na Alemanha, recebeu a 10ª e última rodada da competição continental.

O tradicional autódromo de Hockenheim, na Alemanha, recebeu no último fim de semana a rodada de encerramento do Campeonato Europeu de F3. A principal competição da modalidade no planeta reuniu 24 pilotos no grid das corridas válidas pelas etapas 28, 29 e 30 desta temporada.

O piloto brasileiro Sérgio Sette Câmara (Red Bull | Petrobras | Cemig | Mercantil do Brasil), integrante do Red Bull Junior Team, chegou à Alemanha disposto a finalizar o ano de forma bastante positiva, com resultados significativos nas três provas da rodada.

Acontece, porém, que seus planos foram colocados em prática de forma um pouco diferente. A programação começou na sexta-feira, com os treinos livres. A equipe Motopark estava com um acerto do carro longe do ideal e isto acabou por deixar Serginho longe dos primeiros lugares nos treinos. A equipe continuou um pouco perdida no acerto e todos os seus carros foram bastante mal na primeira tomada de tempos quando Sette Câmara, com 1m32s444, assegurou apenas a 14ª posição diante de um grid de 22 pilotos. Horas depois foi realizada a segunda sessão classificatória, valendo para a formação do grid de largada as corridas dois e três e, desta vez, com base nas precisas informações de Serginho, o time conseguiu melhorar muito o desempenho do carro #9. Com isso, ao estabelecer a marca de 1m32s041, o piloto brasileiro se assegurou com o quarto lugar do grid de largada da segunda corrida e, 1m32s181, dando-lhe o sexto lugar para a partida da corrida três.

Na primeira prova, após excelente largada, Serginho conseguiu impor um ritmo muito bom. Com manobras precisas e muita determinação ele literalmente escalou o pelotão. Diante de uma pista com poucos pontos de ultrapassagem o piloto de Belo Horizonte abusou do arrojo, pilotou como nos tempos do kart e ganhou nada menos que nove posições para, ao final das 23 voltas, receber a bandeirada de chegada no quinto lugar.

Animado, ainda no sábado, sele seguiu para a segunda prova da rodada. Partindo da segunda fila ele fez uma largada sensacional, pulou para a terceira posição e, com quatro voltas já era o segundo colocado, girando mais veloz que o líder. Acontece, porém, que a direção de provas detectou uma queima de largada de Serginho, obrigando-o a fazer uma passagem pela área de boxes como punição. Sem entender o motivo o brasileiro cumpriu o determinado, voltou para a corrida, mas, longe do pelotão principal, recebeu a bandeirada apenas no 14º lugar.

A última e decisiva corrida aconteceu na manhã deste domingo. Serginho, partindo da sexta posição, já não tinha o mesmo acerto do carro. Com os pneus traseiros muito desgastados o piloto fez o que pôde para se manter competitivo. Em uma corrida defensiva ele foi atacado durante todo o tempo, ganhou algumas posições nas primeiras voltas, indo ao quarto posto, mas, nas voltas seguintes acabou sendo superado e "no braço", finalizou a prova na sexta posição.

"Foi um fim de semana bastante atípico aqui em Hockenheim. Nossa carro começou, realmente, muito ruim. Mas, junto com os engenheiros, viemos a cada entrada na pista melhorando bastante o rendimento. Consegui um carro muito próximo do ideal para a segunda tomada de tempos. Na primeira corrida foi tudo perfeito. O carro era realmente muito bom e eu consegui ação suficiente para vir passando uma galera. Foi bem legal. Na segunda prova, eu não consegui entender a punição. Eu e minha equipe olhamos várias vezes o vídeo, reclamamos com a direção de prova, mas, infelizmente os sensores eletrônicos detectaram que o carro se moveu. Foi uma pena. Eu tinha chances de lutar pela vitória. Na última corrida meu carro estava com os pneus traseiros muito desgastados já e, com isso, me defendi e ter terminado em sexto foi, realmente, muito bom diante das condições", analisou o piloto de 18 anos.

Esta foi a última rodada do Campeonato Europeu de F3. Após 30 etapas Sérgio Sette Câmara encerrou a temporada com 117 pontos marcados e a 11ª posição geral.

Notícias

Página inicial