Motor On Line
Notícias-

Kart: Seletiva Petrobras define últimos finalistas em Teresina
Reportagem: Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula
Foto: Fábio Oliveira
FGCom
Disputa em Teresina foi marcada por forte calor e a classificação de Victor Schoma, Luiz Matheus e João Victor Zanetti.

Com temperatura acima de 40º C, a Seletiva de Kart Petrobras conheceu no final de outubro (dias 29 e 30), em Teresina (PI), os últimos três finalistas da 18ª edição do evento, uma das principais iniciativas de apoio ao kartismo nacional. Os paulistas Victor Schoma e Luiz Filipe Matheus e o brasiliense João Victor Zanetti foram os classificados dentro da Copa Norte de Kart.

Os três se juntam agora aos mineiros Gabriel Paturle, Matheus Tonussi e Gustavo Zwetkoff, aos gaúchos Pedro Goulart, Arthur Leist e Bruno Bertoncello, aos paulistas Marcel Coletta e Gabriel Sereia e ao brasiliense Lucas Okada para disputar nos dias 29 e 30 de novembro a grande final da Seletiva de Kart Petrobras, no kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP).

Com 15 anos recém-completados, Schoma foi o primeiro a garantir sua vaga em Teresina. Ele foi o quarto na bateria de sábado, após largar em sétimo, e pelos critérios da Seletiva (ter entre 15 e 18 anos e nunca ter sido campeão do evento) carimbou seu passaporte para a final.

A segunda vaga ficou com Zanetti, que largou na pole e venceu a primeira bateria do domingo. O piloto de 16 anos vai disputar a final da Seletiva pela primeira vez.

Entre os três classificados, Luiz Matheus será o único "veterano", já que no ano passado ele foi finalista da Seletiva e terminou na nona posição. O piloto de 17 anos, natural de Monte Mor, no interior de São Paulo, conquistou a vaga pelo número de pontos somados nas baterias.

Binho Carcasci, idealizar e organizador da Seletiva de Kart Petrobras nestas 18 edições do evento, ressaltou a satisfação de poder realizar o evento numa nova pista. Teresina foi a 34ª cidade a receber a Seletiva desde o início das disputas em 1999.

Os finalistas concorrerão a maior premiação da modalidade no país. Além do prêmio de 70 mil reais para o campeão e 6 mil para o vice-campeão, três vencedores participarão de um programa de orientação que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, um teste com uma equipe do automobilismo de base europeu, com a orientação de um coaching, acompanhamento físico e psicológico, palestra sobre marketing e media training.

Os resultados em Teresina da categoria Sprinter (Top-10):

1ª Bateria
1. #13 Luiz Keiji, 13 voltas
2. #92 Roberto Filho
3. #450 Marcos Regatas
4. #107 Victor Schoma
5. #47 Bruno Martins
6. #69 Gilberto Martins
7. #447 João Victor Zanetti
8. #7 Luiz Filipe Matheus
9. #98 João Victor
10. #18 Filipe Marinho

2ª Bateria
1. #447 João Victor Zanetti, 14 voltas
2. #69 Gilberto Martins
3. #47 Bruno Martins
4. #13 Luiz Keiji
5. #6 Flavio Carminat
6. #18 Filipe Marinho
7. #98 João Victor
8. #4 Marcelo Mota
9. #11 Francisco Carlos
10. #5 Sipauba

Os pilotos classificados:

Gabriel Paturle (MG), 16 anos
Matheus Tonussi (MG), 15 anos
Gustavo Zwetkoff (MG), 16 anos
Pedro Goulart (RS), 16 anos
Marcel Coletta (SP), 15 anos
Arthur Leist (RS), 15 anos
Gabriel Sereia (SP), 17 anos *
Bruno Bertoncello (RS), 18 anos *
Lucas Okada (DF), 16 anos
Victor Schoma (SP), 15 anos
João Victor Zanetti (DF), 16 anos
Luiz Filipe Matheus (SP), 17 anos *

* Já foram finalistas da Seletiva em outras edições. Os demais são estreantes

Seletiva de Kart Petrobras

Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras, a Seletiva tem, em média, aproximadamente 110 pilotos tentando a vaga na final. Em 17 anos, mais de 200 já estiveram na briga pelo título.

Considerada uma referência entre os kartistas do Brasil, a Seletiva de Kart Petrobras é reconhecida (desde 2001) como evento oficial da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Comissão Nacional de Kart (CNK).

Além da maior premiação em dinheiro do kartismo nacional, a Seletiva de Kart Petrobras contempla três competidores com a participação em um programa de orientação de pilotos, que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, um teste com uma equipe do automobilismo de base europeu, com a orientação de um coaching, acompanhamento físico e psicológico, palestra sobre marketing e media training. A premiação total - somando todas as ações - chega a aproximadamente 300 mil reais. O campeão recebe 70 mil reais em dinheiro e o vice-campeão 6 mil.

Os finalistas disputam o título com chassis fornecidos pela fabricante Bravar.

Notícias

Página inicial