Motor On Line
Notícias-

Kart: Gabriel Paturle chega ao Skusa em busca do título
Reportagem: Flávio Quick / Fabíola Cadar
Foto: Flávio Quick
Quick Comunicação
Com 16 anos piloto é uma das esperanças brasileiras na conquista internacional.

Começa nesta quarta-feira (16) e vai até domingo (20), na pista montada no estacionamento do Las Vegas Convention Center, em Las Vegas, nos Estados Unidos, a 20ª edição da maior competição de kart do planeta, o SKUSA - Supernationals. Assim como nos anos anteriores a edição 2016 do evento deverá reunir mais de 500 pilotos das cinco regiões do Globo e terá a maciça presença de pilotos brasileiros.

Em sua terceira participação consecutiva o piloto mineiro Gabriel Paturle (Micronic) chega como um dos fortes candidatos à disputa do cobiçado título. Vencedor de provas classificatórias em 2015 o seu nome já é bastante conhecido na terra do tio Sam. Não apenas no SKUSA o piloto de Belo Horizonte deu trabalho, mas, também, nas provas do começo deste ano, no Florida Winter Tour, quando ele disputou o título até a última bateria.

Em 2016, no Brasil, Gabriel tem competido com equipe própria pela categoria Graduado. Com suporte técnico do mecânico Anderson Silva ele conseguiu grande destaque no Campeonato Brasileiro, quando registrou a pole-position e o recorde oficial do kartódromo Paladino Internacional. No mês de setembro ele conquistou o título de campeão paranaense de kart, ao vencer uma disputa eletrizante por apenas nove milésimos de vantagem. Ainda em setembro ele foi o primeiro piloto da temporada a garantir vaga na disputa da Seletiva de Kart Petrobras.

Os desafios do SKUSA 2016, porém, serão um pouco diferentes. Pela primeira vez o piloto irá participar das disputas norte-americanas na categoria X30 Senior. Esta classe, que seria equivalente a Graduado, no Brasil, é a principal e mais competitiva do evento. Nela participam os principais nomes do kartismo mundial e Paturle terá grande trabalho para conseguir se destacar.

"Estou muito feliz em, mais uma vez, poder representar o meu país aqui em Las Vegas. Fui convidado pela equipe RPG para compor um esquadrão de feras, de várias nacionalidades, que tem como objetivo único trazer os títulos. Quero usar da minha experiência tanto aqui no SKUSA, como nas provas do Brasil, para conseguir um acerto perfeito para o kart e, com isso, garantir inicialmente um excelente lugar na tomada de tempos. O principal momento da disputa do título é um bom resultado na tomada. Isso te deixa largando bem nas classificatórias, longe das batidas, e com chances de seguir com pontuação boa para as finais. Esta será a minha estratégia e quero muito que isso dê certo para, finalmente, conseguir levar este título para BH", comentou o piloto de 16 anos.

Notícias

Página inicial