Motor On Line
Notícias-

Mercedes-Benz Challenge decide dois títulos em Interlagos SP
Reportagem: Rodolpho Siqueira / Rafael Durante
Foto: Fábio Davini
BestPR Comunicação
Com pontuação dobrada, valendo 40 pontos ao vencedor, corrida final conta com quatro candidatos a campeão em cada categoria.

Como aconteceu em 2015, o Mercedes-Benz Challenge promete levar a decisão do campeonato até as últimas voltas da oitava corrida da temporada. No próximo domingo (11), a última etapa acontece no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo. E para esquentar ainda mais o clima de decisão, o regulamento determina que a prova terá pontuação dobrada, aumentando a lista dos candidatos ao título. É uma fórmula que tem garantido emoção até as últimas curvas da categoria.

Valendo 40 pontos ao vencedor, a etapa paulista verá nada menos que quatro fortes candidatos ao título da CLA AMG Cup entrarem na pista com. O líder Arnaldo Diniz Filho viu sua vantagem cair de 19 para apenas sete pontos na etapa anterior, realizada em Goiânia. Foi justamente naquela corrida que o gaúcho Luiz Carlos Ribeiro conquistou sua primeira vitória na temporada e encostou decisivamente no líder.

Diniz agora soma 86 pontos, contra 79 de Ribeiro e 70 do paulista Fernando Fortes - outro que chega a Interlagos decidido a ser campeão. Um nome que surpreendeu ao entrar na briga pelo título é do novato Renato Braga (60 pontos), goiano que faz seu ano de estreia na categoria e se posiciona como um dos pilotos de ponta do torneio.

Na categoria C 250 Cup, o campeão de 2015 e é também o atual líder. Peter Michel Gottschalk, o "Tubarão" tem situação mais tranquila, somando 113 pontos na liderança. Ele tem 25 pontos de vantagem para os segundos colocados, a dupla Marcos Paioli / Peter Gottschalk e o veloz estreante Fabio Escorpioni. Em quarto, com chances matemáticas para o título, vem o catarinense Claudio Simão - que chegou a liderar o campeonato nas etapas iniciais.

Para ser campeão, Peter Michel precisa de um oitavo lugar, mas sabe que qualquer deslize pode ser fatal para suas pretensões. Em 2015, por exemplo, ele foi campeão por pouco, depois que uma forte chuva causou confusão nas voltas finais. Além disso, Interlagos é uma das pistas favoritas dos seus três rivais: a dupla formada por Paioli e o pai do líder, Peter Gottschalk; o novato Escorpioni e o experiente Simão, vencedor da primeira prova realizada em São Paulo este ano, no mês de setembro. Confira a pontuação:

Classificação após sete etapas:

CLA AMG CUP:
1) Arnaldo Diniz Filho, 86 pontos
2) Luiz Carlos Ribeiro, 79
3) Fernando Fortes, 70
4) Renato Braga, 60
5) Roger Sandoval, 56
6) Maracelo Hahn, 54
7) Cristian Mohr, 54
8) Pierre Ventura, 52
9) Adriano Rabelo, 50
10) Betão Fonseca, 47
11) José Vitte, 46
12) Lorenzo Varassin, 42
13) Paulo Varassin, 42
14) Claudio Dahruj, 39
15) Fernando Amorim, 34
16) Carlos Kray, 33
17) José Henrique Assunção, 33
18) Fernando Poeta, 28
19) Fernando Júnior, 20
20) Neto De Nigris, 16
21) Beto Giorgi, 13
22) Danilo Pinto, 11
23) C. Vinícius, 8
24) Paulo Torato, 8
25) Cesar Fonseca, 6
26) Daniel Paludo, 5
27) Victor Guerrin, 5

C 250 Cup:
1) Peter Michel Gottschalk, 113
2) Marcos Paioli / Peter Gottschalk, 88
3) Fabio Scorpioni, 88
4) Claudio Simão, 78
5) Flavio Andrade, 71
6) João Lemos, 68
7) Carlos Guilherme, 44
8) Mateus Biriba, 40
9) Beto Rossi, 36
10) Sérgio Kuba, 28
11) Bruno Alvarenga, 26
12) Max Mhor, 24
13) Romualdo Magro Júnior, 24
14) Raphael Teixeira, 22
15) Rodrigo Crunivel, 22
16) Sérgio Maggi, 17
17) Ydenis de Souza, 16
18) Vinícius Simão, 15
19) Rodrigo Carvalho, 10
20) Betinho Sartório, 9
21) André Varassin, 6

Notícias

Página inicial