Motor On Line
Notícias-

Pontuação dobrada tira tranquilidade líderes na C 250 Cup MBChallenge
Reportagem: Rodolpho Siqueira / Rafael Durante
Foto: Fábio Davini
BestPR Comunicação
Líder da classificação geral, Peter Michel Gottschalk diz que vai correr evitando riscos.

A categoria C 250 Cup do Mercedes-Benz Challenge verá no domingo (11), em Interlagos, a decisão do título de sua sexta temporada. Se não fosse o regulamento determinar que a oitava e última etapa do ano tenha pontuação dobrada, o campeonato já estaria nas mãos do paulista Peter Michel Gottschalk, o "Tubarão", piloto que soma 25 pontos de vantagem na liderança. Mas com 40 pontos em jogo (em etapas normais o vencedor é premiado com 20 pontos), todo cuidado é pouco para Peter Michel, que busca o bicampeonato.

O atual líder soma 118 pontos. Em seu encalço ele tem a dupla Marcos Paioli / Peter Gottschalk (pai do primeiro colocado) e o estreante Fabio Escorpioni, que somam 88 pontos. Um pouco mais atrás, com chances matemáticas, está o catarinense Claudio Simão, 78 pontos, um dos pilotos que chegou a liderar o campeonato. Para ser campeão, Peter Michel precisa chegar em oitavo para não depender do resultado dos rivais.

"A C 250 Cup este ano tem pilotos muito bons. O Scorpioni, por exemplo, vem apresentando um desempenho impressionante. Além dele, o quarto colocado, Claudio Simão é outro que está andando muito forte. E, claro, conheço bem o potencial da dupla Paioli / Gottschalk - não é à toa que têm uma longa tradição de vitórias na categoria", diz ele. "De meu lado, o principal é evitar riscos desnecessários. Algo como pilotar fazendo contas. Não é meu estilo, mas é o que preciso fazer agora", completa.

"Tudo ou nada"

O experiente Marcos Paioli diz que a estratégia de sua dupla será justamente fazer o oposto: "Nós temos que ir para o tudo ou nada, por que só assim temos chance de conquistar o título da C 250 na classificação geral", resume ele. "É uma briga interna da equipe que vem se desenhando ao longo de toda a temporada", detalha, lembrando que a dupla e o atual líder competem pelo mesmo time, a Paioli Racing.

Fabio Escorpioni parte para a decisão com o mesmo espírito. Completando em São Paulo sua temporada de estreia no automobilismo, Fabio é considerado a grande revelação do ano e garante que fará o que estiver ao seu alcance para ficar com o título. "Para mim, chegar ao final da temporada com chances de ser campeão é mais do que uma surpresa. Supera todas as minhas expectativas. Por isso vou lutar até o fim e chego para a este último desafio em Interlagos com o objetivo de vencer a corrida. Não dependo somente de meus resultados para ficar com o título, mas vou fazer a minha parte", garante o estreante.

Também na Master

Interlagos será a etapa decisiva para o título da categoria Master. Aqui, a situação dos primeiros colocados é mais apertada. A dupla Paioli / Gottschalk lidera, com 101 pontos, tendo oito pontos de vantagem sobre Flavio Andrade, que totaliza 93. Os demais pilotos com chances de título são Claudio Simão (87) e João Lemos (85). Para serem campeões sem depender do resultado dos rivais, os líderes precisam chegar em segundo lugar. "É uma vantagem que nos dá alguma segurança, mas não nos deixa 100% tranquilos por que o título ainda está em aberto. Não podemos vacilar nesta reta final", diz Paioli.

Confira a pontuação após a realização de sete etapas:

C 250 Cup:
1) Peter Michel Gottschalk, 113
2) Marcos Paioli / Peter Gottschalk, 88
3) Fabio Scorpioni, 88
4) Claudio Simão, 78
5) Flavio Andrade, 71
6) João Lemos, 68
7) Carlos Guilherme, 44
8) Mateus Biriba, 40
9) Beto Rossi, 36
10) Sérgio Kuba, 28
11) Bruno Alvarenga, 26
12) Max Mohr, 24
13) Romualdo Magro Júnior, 24
14) Raphael Teixeira, 22
15) Rodrigo Crunivel, 22
16) Sérgio Maggi, 17
17) Ydenis de Souza, 16
18) Vinícius Simão, 15
19) Rodrigo Carvalho, 10
20) Betinho Sartório, 9
21) André Varassin, 6

C 250 Cup Master
1) Marcos Paioli / Peter Gottschalk, 101
2) Flavio Andrade, 93
3) Claudio Simão, 87
4) João Lemos, 85
5) Carlos Guilherme, 65
6) Sergio Kuba, 41
7) Beto Rossi, 37
8) Max Mohr, 26
9) Ydenis Souza, 20
10) Sérgio Maggi, 17
11) Betinho Sartório, 11
12) Romualdo Magro Júnior, 10

Notícias

Página inicial