Motor On Line
Notícias-

Kart: em busca de patrocínio Magioni disputou final da Copa SP Light
Reportagem: Flávio Quick / Fabíola Cadar
Foto: Flávio Quick
Quick Comunicação
Piloto de Belo Horizonte participou da rodada tripla que definiu o título da temporada 2016.

Após uma temporada de muitas disputas e crescimento no último sábado (10) o piloto mineiro Henrique Magioni (Instituto Nascer | Center Kart | Happy News | GC Cardio e Fitness), da categoria Cadete, disputou a sua última competição oficial na temporada. O palco escolhido foi o Kartódromo Aldeia da Serra que recebeu a décima e última etapa da Copa São Paulo Light de Kart, em evento de rodada tripla.

Encerrando a sua segunda temporada no kartismo o garoto de Belo Horizonte, que compete com suporte técnico da equipe Center Kart Competições, vive um difícil momento em sua carreira. Diante de um esporte que demanda alto grau de investimento, além da dedicação pessoal, Magioni está neste momento sem patrocínio para prosseguir no esporte no próximo ano. Mesmo com seu grande potencial e a demonstração de resultados nas últimas etapas como, por exemplo, o título da Taça Minas de Kart, o piloto necessitará de apoio para prosseguir nas pistas.

Neste fim de semana, em São Paulo, mais uma vez Henrique mostrou que tem grande potencial para se tornar uma das principais apostas do kartismo em 2017. O garoto participou de quatro treinos livres antes da tomada de tempos e, no último deles, conseguiu uma volta quase perfeita estabelecendo a quarta volta mais rápida da pista.

A tomada de tempos foi disputada logo em seguida. Infelizmente, atrapalhado em seu posicionamento de pista, o piloto não conseguiu extrair o melhor de seu kart neste decisivo momento e, com isso, seu tempo lhe permitiu apenas o 15º lugar no grid de largada da primeira prova.

Em situações distintas Henrique mostrou muita garra e poder de recuperação ao se apresentar para corridas extremamente disputadas e num grid com um total de 25 pilotos na pista. Na primeira prova, após um problema na largada, ele caiu para a 20ª posição, mas, se recuperou bem e terminou na 13ª posição. Na segunda corrida, após um toque ainda na primeira curva, Henrique caiu para a última posição. Com um kart muito bem ajustado ele impôs um ritmo muito veloz, superou 11 adversários e recebeu a bandeirada na 14ª posição. Finalmente, na terceira e última bateria, Magioni seguiu sua grande recuperação ganhando mais sete posições e recebendo a última bandeirada do ano no sétimo lugar.

"Meu ano foi de muito aprendizado. Competi em Minas, São Paulo, Santa Catarina e até na Paraíba. Os resultados apareceram e agora, em 2017, estarei pronto para buscar os principais títulos. Preciso de ajuda para continuar nas pistas e espero, sinceramente, poder contar com a ajuda e apoio de alguma empresa que queira acreditar em meu talento", comentou o piloto de 11 anos.

Notícias

Página inicial