Motor On Line
Notícias-

Mineiro Marcelo Henriques vence de ponta a ponta na Fórmula Inter
Reportagem: João Alberto Otazú
Foto: Rodrigo Ruiz
Mastermídia
Carioca Gustavo Coelho mantém liderança do certame.

O mineiro Marcelo Henriques (34 anos) dominou completamente a segunda etapa da Fórmula Inter - a mais nova categoria de monopostos do Brasil -, que foi a grande atração de domingo (29/1) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, encerrando a programação do Campeonato Paulista de Automobilismo. O piloto de Juiz de Fora largou da pole position, estabeleceu a volta mais rápida e venceu de ponta.

"Não estou acreditando, acho que estou sonhando. É inacreditável vencer em Interlagos, um ano atrás achei não ser possível, mas não desisti", comemorou pulando muito. Na segunda posição terminou o estreante Daniel Mageste, de Volta Redonda (RJ), seguido de Pedro Aguiar, de Americana, interior de São Paulo. Completaram o pódio o ralizeiro Marcelo Zebra, em quarto, o líder do campeonato Gustavo Coelho, e o paulista Alexandre Galassi, completando os seis primeiros.

Apesar de mais experiente e empreender um ritmo forte, em nenhum momento Marcelo Henriques conseguiu se desvencilhar de Daniel Mageste, que fazia a sua primeira corrida de carros. Tanto que o mineiro teve que acelerar tudo no penúltimo giro, para estabelecer a passagem mais rápida (1min51s176) e abrir uma pequena folga de 1s797 na bandeirada após 15 voltas. "Estou muito feliz, obrigado a todos. Eu tenho mais a aprender, o carro estava perfeito, mas o Marcelo (Henriques) também estava perfeito", declarou o tricampeão carioca de kart F-400.

Vencedor da histórica primeira prova da Fórmula Inter, mesmo terminando em quinto o carioca Gustavo Coelho manteve a liderança do certame, com 55 pontos, dois de vantagem sobre Henriques, o novo vice-líder. "Foi uma corrida divertida, brigando com vários pilotos. Eu perdi o quarto lugar para o (Marcelo) Zebra na linha de chegada, pois ele pegou o meu vácuo e teve a vantagem de um décimo de segundo. Meu carro perdeu rendimento em reta, mas foi uma corrida legal, bem emocionante. O importante é que a categoria está equilibrada e emocionante", contou o líder.

Em terceiro no campeonato está o regular Marcelo Zebra, com 50 pontos. "A minha maior disputa é comigo mesmo, para evoluir. É um aprendizado a cada treino, a cada corrida. Agora quero manter esta média para ficar ali na frente", disse o irreverente piloto com 28 anos de experiência em rali, que está dando os seus primeiros passos com monoposto. "Foi uma bela briga de zoológico. Mas no fim o Zebra atropelou o Coelho!". A terceira etapa da Fórmula Inter será dia 18 de fevereiro, novamente no Autódromo de Interlagos, dentro da programação do Campeonato Paulista de Automobilismo.

Confira o resultado da segunda etapa da Fórmula Inter:

1) Marcelo Henriques (MG), 15 voltas em 29min56s084;
2) Daniel Mageste (RJ), a 1s797;
3) Pedro Aguiar (SP), a 6s413;
4) Marcelo Zebra, a 13s844;
5) Gustavo Coelho, a 14s020;
6) Alexandre Galassi, a 1 volta;
7) Raphael Figueiredo (RJ), a 2 voltas.

Classificação da Fórmula Inter:

1) Gustavo Coelho (RJ), 55 pontos;
2) Marcelo Henriques (MG), 53;
3) Marcelo Zebra (SP), 50;
4) Raphael Figueiredo (RJ), 46;
5) Alexandre Galassi (SP), 44;
6) Pedro Aguiar (SP), Luiz Menezes Junior (SP) e Daniel Mageste (RJ), 29 pontos.

Fórmula Inter, a novidade

A Fórmula Inter tem excelente relação custo/benefício, já que adota o modelo em que o competidor paga pelo aluguel do equipamento e dos serviços, e ao chegar à pista para competir encontra o carro pronto para sentar e pilotar. Todos os monopostos são propriedades da Formula Inter, e portando, são mantidos pela mesma, garantindo qualidade, segurança e equilíbrio através do sorteio dos carros a cada corrida. O custo da temporada é equivalente a R$ 13.990 por prova. A modalidade oferece a todos os seus participantes acesso à Academia F.Inter, que ministra aulas de mecânica, dados, pilotagem, media training, marketing, entre outras disciplinas complementares para quem deseja se aprimorar na profissão.

O F-Inter MG-15 foi projetado e construído por José Minelli, com a experiência de mais de 45 anos no automobilismo brasileiro, e certificado por engenheiros de universidade nacional, que se valeram das melhores práticas construtivas e dos mesmos softwares utilizados pelos principais fabricantes de veículos de competição em todo o mundo, e dos mais resistentes e avançados materiais, privilegiando a segurança, performance e competitividade. Cerca de 95% dos componentes do carro foram desenvolvidos e produzidos na fábrica da Formula Inter na região do Autódromo de Interlagos, e foram adotadas soluções sustentáveis como combustível etanol e tinta a base de água.

O Fórmula Inter utiliza rodas de fabricação própria em magnésio de aro 13 polegadas, com tala 8" na dianteira e 11" na traseira, que recebem pneus slick Pirelli PZero Slick, 225/40 VR13 dianteiros e 265/540 VR13 traseiros. O Power train é composto por motor 2.0, quatro cilindros, 16 válvulas, injeção direta, que gera 191 hp e torque máximo de 21 kgfm a 6.000 rpm, alimentado por etanol, acoplado a caixa de câmbio nacional com 5 marchas em "h". A velocidade máxima em Interlagos é de 220 km/h.

A Fórmula Inter tem parceria com a Unica - União da Indústria de Cana de Açucar, Bosch do Brasil, Sparco e Pirelli.

Notícias

Página inicial