Motor On Line
Notícias-

Kart: Petecof no palco onde fez história com a Shell Racing na Europa
Reportagem: RF1
Foto: Divulgação
Piloto da Tony Kart competirá na pista de La Conca, na Itália, onde se tornou o mais jovem piloto brasileiro a disputar o Mundial de Kart.

A terceira etapa do WSK Super Master Series será disputa neste final de semana em La Conca, na Itália, e o circuito traz uma ótima recordação para Gianluca Petecof, integrante da Academia Shell Racing e que compete pela equipe Tony Kart. Foi nesta pista, há quase dois anos, onde Gianluca entrou para a história como o mais jovem piloto brasileiro a competir em um Mundial de Kart, quando tinha apenas 12 anos.

"A pista de La Conca é bastante especial para mim. Foi nela em que fiz minha primeira competição oficial na Europa e logo de cara foi o Mundial de Kart em 2015. De lá para cá, eu aprendi muita coisa com a Academia Shell Racing e espero poder entrar nessa pista de novo para conseguir um bom resultado", diz Gianluca, que em 2016 foi quinto colocado no Mundial de Kart, realizado no Bahrein.

A etapa de La Conca será a penúltima etapa do Super Master Series e tem 52 pilotos confirmados na disputa da categoria OK, da qual Gianluca faz parte. "Nosso objetivo é novamente estar entre os dez melhores nos treinos e baterias classificatórias do WSK para tentar brigar pelas primeiras colocações também na final. Foi assim que consegui o quinto lugar no Winter Cup em Lonato e somente ficamos de fora do top-10 na última etapa do WSK por causa de um toque na última corrida em Castelletto", diz Gianluca.

O piloto paulista integra desde 2015 a Academia Shell Racing, um programa com patrocínio da Raízen para ajudar o desenvolvimento de talentos no automobilismo e auxiliar seus passos futuros no esporte.

Os treinos oficiais em La Conca começam nesta quinta-feira (16) e as primeiras baterias classificatórias acontecem na sexta-feira (17). A Pré-Final e Final serão realizadas no domingo (19).

Sobre a Academia de Pilotos Shell Racing:

Inspirada em programas europeus que levaram jovens kartistas para categorias top, como a F-1, a Academia de Pilotos Shell Racing é uma iniciativa inédita no Brasil patrocinada pela Raízen para garantir apoio a revelações do automobilismo e auxiliar seus passos futuros no esporte a motor. Suas ações são viabilizadas por meio dos projetos "Formando um verdadeiro campeão" (promovido pelo Kart Clube Granja Viana) e "Nova geração do automobilismo Brasileiro" (promovido pela Associação Paulista de Esporte Cultura e Educação) incentivados pela Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e que visam desenvolver e formar a nova geração de brasileiros campeões no esporte automotor.

Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,1 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 63 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25,2 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 5.900 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial