Motor On Line
Notícias-

CBTurismo estreia regras iguais Stock Car para preparar novos campeões
Reportagem: Rodrigo França
Foto: Duda Bairros
RF1
Em 2016, Felipe Fraga se tornou o mais jovem campeão da Stock Car e o primeiro piloto campeão do Brasileiro de Turismo a conquistar o título da principal.

O Brasileiro de Turismo, divisão de acesso à Stock Car, começará sua temporada no próximo final de semana em Goiânia e terá como meta a aproximação de suas regras com a categoria principal. Entre as novidades, está o aumento do uso do botão de ultrapassagem e a implantação das paradas para reabastecimento nas corridas.

A informação agradou os pilotos como Giulio Borlenghi, que participou das últimas três etapas de 2016 e fará sua primeira temporada completa em 2017 na Full Times Sports com apoio da Cesari. O paulista de 20 anos corre no Brasileiro de Turismo mirando-se na história de pilotos que também tiveram sucesso no kart e hoje fazem sucesso na Stock Car, que tem como atual campeão Felipe Fraga, campeão da divisão de acesso em 2013.

"Quanto mais parecido com a divisão principal, melhor para quem sonha em conseguir uma vaga na categoria acima já como próximo passo adiante na carreira, pois isso ajuda a chegar mais preparado na Stock", diz o piloto de Santos, no litoral paulista.

Borlenghi acredita que o formato da rodada dupla do Brasileiro de Turismo será mais dinâmico. "Nessa temporada, serão sete etapas com rodadas duplas e sempre teremos reabastecimento na corrida 2, o que abre uma dinâmica diferente para as corridas. Na etapa final, com corrida única, também será realizado o pit-stop obrigatório, então a estratégia das provas poderá ser bem diferente de 2016", diz Borlenghi, que chamou a atenção no Turismo com um 4º lugar em sua segunda participação na categoria, após largar em 12º em Curvelo (MG).

Outra novidade será a chegada do sistema de lastro nos carros. A partir da segunda etapa e até a penúltima corrida do ano, o líder do campeonato carregará 80 kg, o segundo colocado 70 kg, o terceiro 60 kg e o quarto 50 kg de lastro. A tabela de pontos será sempre avaliada pela organização para a distribuição dos pesos. A corrida final, que terá pontuação dobrada e será realizada em Interlagos, não terá o sistema de lastro.

"Esse sistema nunca foi usado no Brasileiro de Turismo, mas acredito que pode ser um bom caminho para a categoria ficar ainda mais equilibrada. O aumento do número de pushes para 12 em cada etapa também vai deixar as corridas ainda mais emocionantes para o público e para os pilotos", diz Borlenghi.

Os pilotos e equipes do Brasileiro de Turismo entram na pista no próximo dia 30 para o treino coletivo da pré-temporada 2017 em Goiânia, onde será disputada a primeira rodada dupla do campeonato deste ano nos dias 1 e 2 de abril.

Notícias

Página inicial