Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Serra desgarra no fim e Campos mantém ritmo em GO
Reportagem: Márcio Fonseca
Foto: Vanderley Soares
MF2
Equilíbrio dos treinos é rompido nos momentos finais pelo mais rápido da sexta-feira.

O paulista Daniel Serra, de casa nova na Equipe RC, manteve o domínio dos treinos extras de ontem e liderou também a sessão única de ensaios desta sexta-feira em Goiânia, que está recebendo a etapa de abertura da temporada 2017 da Stock Car. Serrinha entrou no segundo grupo de 15 pilotos, assumiu a ponta no meio da prática e melhorou ainda mais nos instantes finais, abrindo vantagem de quatro décimos sobre o adversário mais próximo, o atual campeão Felipe Fraga (Cimed Racing). A tomada classificatória para a formação do grid da primeira das duas provas de domingo está marcada para amanhã às 13 horas, com duas eliminatórias e a briga pela pole reunindo apenas os seis mais rápidos.

Apesar do domínio de Serra, a Stock Car pode estar às vésperas do campeonato mais equilibrado dos últimos anos. Com uma dança das cadeiras movimentada, que levou vários dos principais protagonistas da categoria a mudar de equipe, a expectativa é de uma disputa acirrada entre os nomes que vêm dominando a Stock Car e os novos desafiantes. Entre estes encontram-se o paranaense Júlio Campos e o amazonense Antonio Pizzonia, que a Equipe Prati-Donaduzzi - agora dentro da estrutura técnica da RMattheis Motorsport - foi buscar em sua volta à modalidade.

Campos voltou a ser um dos destaques da jornada, a exemplo da véspera, quando terminou com o 4º tempo no geral. Hoje, novamente debaixo de forte calor, ele foi o terceiro de seu grupo e 5º na classificação final. De volta aos boxes, a satisfação com o saldo do dia era evidente. "Ainda temos bastante o que melhorar até o qualifying, mas é um bom começo. O carro está sempre entre os cinco primeiros. Estamos próximos dos mais rápidos e vamos ver agora como podemos para evoluir ainda mais no último treino de amanhã e na classificação."

Pizzonia continua às voltas com o processo de readaptação à Stock Car depois de uma temporada passada em que disputou apenas duas provas. Ele terminou em 18º, a um segundo de Serra, mas reconheceu que dois erros na mesma volta boa do melhor jogo de pneus cobraram um preço caro. "Perdi quatro décimos em relação à minha melhor volta até então. Acho normal, porque esse tempo de inatividade demanda mesmo um pouco mais de tempo de pista. Mas, à exceção do Serrinha no finzinho, os outros estiveram bastante perto um do outro. A Stock Car sempre foi muito nivelada e continuará assim."

Os melhores tempos da sexta-feira em Goiânia:

1 - Daniel Serra (RC), 1min23s961
2 - Felipe Fraga (Comed), 1min24s376
3 - Ricardo Maurício (RC), 1min24s421
4 - Thiago Camilo (Ipiranga), 1min24s427
5 - Julio Campos (Prati-Donaduzzi), 1min24s546
6 - Max Wilson (RC), 1min24s586
7 - Átila Abreu (Shell), 1min24s667
8 - Galid Osman (Ipiranga), 1min24s727
9 - Ricardo Zonta (Shell), 1min24s773
10 - Marcos Gomes (Cimed), 1min24s801
18 - Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi), 1min25s011

Notícias

Página inicial