Motor On Line
Notícias-

Gaetano di Mauro pronto para buscar a pole no CBTurismo em Goiânia
Reportagem: Luis Ferrari / Rafael Valesi
Foto: José Mário Dias
Piloto da Academia Shell Racing encerra treinos livres na terceira posição em Goiânia, com bastante margem para evolução.

A temporada 2017 do Brasileiro de Turismo começará para valer neste sábado para Gaetano di Mauro, com a realização do treino classificatório e a primeira corrida da rodada dupla no Autódromo Internacional de Goiânia (GO). E, com base no que o piloto da Academia Shell Racing vem fazendo no circuito nos últimos dias, a expectativa é que o jovem competidor de 19 anos possa alcançar bons resultados. Até mesmo uma pole position e a vitória.

Nesta sexta-feira, Di Mauro finalizou a segunda sessão dos treinos livres na terceira posição, com o tempo de 1m31s795. O resultado por si só já empolga a equipe W2 Racing, mas ainda há margem para evolução. O piloto foi o melhor estreante da atividade (feito repetido na primeira sessão de treinos, pela manhã), e o mais rápido entre aqueles que não utilizaram pneus novos, recurso adotado por alguns adversários.

Baseando-se na performance desta semana, Di Mauro consolida-se no pelotão da frente e torna-se um dos candidatos para subir no lugar mais alto do pódio. Nos testes coletivos realizados na quinta-feira, o piloto da Academia Shell Racing foi o mais rápido do dia.

Neste sábado, porém, não haverá mais tempo para testes. A programação em Goiânia começará às 9h45, com o treino classificatório. Em seguida, às 11h55, será dada a largada para a primeira corrida da temporada 2017 do Brasileiro de Turismo. A segunda prova, no domingo, começará às 8h35. As corridas terão transmissão ao vivo do canal Sportv.

O Brasileiro de Turismo terá oito etapas, sendo sete delas em rodadas duplas. O encerramento do campeonato será em Interlagos (SP), em 10 de dezembro.

O que eles disseram:

"Vamos trabalhar pela pole position. O time está se dedicando bastante, evoluindo a cada saída. Vamos buscar essa pole. A alta temperatura pode complicar na corrida. Então será preciso entrar no carro bem hidratado para aguentar o tranco."

Gaetano di Mauro, piloto da Academia Shell Racing

"Estamos otimistas. Tivemos um problema no balanço dos freios, vamos dar uma averiguada. Ficamos em terceiro no treino, e em primeiro entre aqueles que não botaram pneus novos. Estamos satisfeitos, pois andamos com pneus do ano passado. Vamos trabalhar mais um pouco para diminuir a diferença para os pilotos da frente. De qualquer forma, a terceira colocação mostra que o trabalho está muito consistente."

Serafim Jr., chefe da equipe W2 Racing

Treino livre 2 - Goiânia

1º. G. Robe - 1min31s065
2º. E. Coelho - 1min31s714
3º. Gaetano di Mauro - 1min31s795
4º. R. Reis - 1min31s820
5º. G. Frigotto - 1min31s830

Sobre a plataforma da Raízen em motorsport:

A Raízen, por meio da marca Shell, promove a maior plataforma de patrocínio em esporte a motor no Brasil, a Academia de Pilotos Shell Racing. A marca apoia oito pilotos entre as modalidades do kart, Brasileiro de Turismo, Stock Car e Porsche Império GT3 Cup. O projeto está em linha com a estratégia global da marca, que, além do mais longevo patrocínio do automobilismo mundial com a Scuderia Ferrari na F1, está presente na Nascar, Indycar, V8 Australiana e Campeonato Mundial de Endurance. Em 2017, os representantes brasileiros da Shell Racing já disputaram nove corridas no Brasil, obtendo quatro vitórias, três poles e levando a marca cinco vezes ao pódio

Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,1 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 63 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25,2 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 5.900 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial