Motor On Line
Notícias-

Kart: Shell Racing dia iluminado com vitórias no CBTurismo e na categoria
Reportagem: Luis Ferrari / Rafael Valesi
Foto: José Mário Dias
Gaetano di Mauro triunfa logo em sua estreia na categoria de acesso à Stock Car, e dupla formada por Felipe Baptista e Diego Nunes brilha na Copa São Paulo Light.

Os jovens pilotos da Academia Shell Racing mostraram neste sábado que o futuro deles na pista pode ser bem promissor. Em poucas horas de diferença, Gaetano di Mauro faturou a vitória logo em sua estreia no Brasileiro de Turismo em Goiânia (GO), e Felipe Baptista triunfou na Copa São Paulo Light de Kart, no Kartódromo Internacional da Aldeia da Serra (SP). Neste segundo campeonato, Diego Nunes, outro membro da academia, também conseguiu um lugar no pódio.

Ao mesmo tempo em que Gaetano mostrava seu cartão de visitas com uma vitória épica em Goiânia, a cerca de 900 quilômetros da capital goiana Felipe Baptista e Diego Nunes mostravam seu talento na terceira etapa da Copa São Paulo Light de Kart. A dupla também fez bonito e subiu no pódio na primeira das duas baterias da categoria júnior. Felipe chegou em primeiro, e Diego terminou em terceiro.

Desta forma, a jovem parceria repetiu a boa performance das corridas anteriores. Na etapa de abertura, no Kartódromo de Interlagos (SP), em fevereiro, Diego Nunes venceu as duas corridas. Na segunda parada da Copa São Paulo Light de Kart, em março também na Aldeia da Serra, foi a vez de Felipe ter um dia dominante com dois triunfos. Diego e Felipe voltam a correr na competição em maio, novamente no Kartódromo da Aldeia da Serra.

Gaetano, por sua vez, buscará neste domingo mais um triunfo na categoria de acesso à Stock Car, na segunda bateria do fim de semana em Goiânia. A largada será às 8h35, e Gaetano iniciará a prova em sexto lugar, devido à regra do grid invertido - os seis melhores da primeira corrida invertem suas posições para a disputa seguinte.

O que eles disseram:

"É sempre importante conseguir essas vitórias para ficar em primeiro ou segundo lugar no campeonato. Venci a primeira corrida após largar na pole position, faltando cinco voltas consegui abrir e ganhei. Na segunda prova larguei em quinto, mas durante a prova outros pilotos se enroscaram, acabei rodando e fiquei para trás"

Felipe Baptista, piloto de kart da Academia Shell Racing

"O fim de semana não foi o que eu esperava. Tentei dar o meu melhor, mas as corridas foram muito difíceis. Na segunda prova dava para ter ido mais para a frente. Com esse resultado devo me manter entre os melhores do campeonato. Não gostei dos resultados, mas agora é bola pra frente e tentar ser campeão"

Diego Ramos, piloto de kart da Academia Shell Racing

Sobre a plataforma da Raízen em motorsport:

A Raízen, por meio da marca Shell, promove a maior plataforma de patrocínio em esporte a motor no Brasil, a Academia de Pilotos Shell Racing. A marca apoia oito pilotos entre as modalidades do kart, Brasileiro de Turismo, Stock Car e Porsche Império GT3 Cup. O projeto está em linha com a estratégia global da marca, que, além do mais longevo patrocínio do automobilismo mundial com a Scuderia Ferrari na F1, está presente na Nascar, Indycar, V8 Australiana e Campeonato Mundial de Endurance. Em 2017, os representantes brasileiros da Shell Racing já disputaram nove corridas no Brasil, obtendo seis vitórias, quatro poles e levando a marca seis vezes ao pódio

Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,1 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 63 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25,2 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 5.900 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial