Motor On Line
Notícias-

Rally: equipe Alagoana X-Race recuperação incrível e vence o 19º RN 1500
Reportagem: Deco Muniz
Foto: Doni Castilho
Depois de enfrentar problemas mecânicos e perder mais de onze minutos no prólogo, a X-Race Polaris tem uma recuperação impressionante e vence o Rally RN 1500.

O Rally RN 1500 começou de forma péssima para Tatá Xavier e Deco Muniz, a dupla da equipe X-Race Polaris. Durante o prólogo na quinta-feira, foram quase dez minutos limpando o CVT do carro tentando retirar os restos de uma correia quebrada. Tanto tempo perdido numa especial tão curta com apenas 22 km, parecia pôr a perder os planos da dupla que buscava o bicampeonato da prova.

Sem se abater, mas carregando no tempo acumulado este prejuízo, a equipe largou apenas na 23ª colocação na sexta-feira entre os 29 inscritos na categoria UTVs, mas os bons resultados começaram enfim a aparecer. Mesmo adotando um ritmo cauteloso, a dupla cravou o terceiro melhor tempo do dia e foi uma das poucas que não teve nenhum penal por conta de erro de roteiro no trajeto muito complicado pelas dunas potiguares, entre São Miguel do Gostoso e Macau. Com o resultado do dia, a equipe X-Race recuperou 14 posições, passando a ocupar a 9ª colocação no resultado acumulado.

No sábado a maior especial da prova, com 176 km levou os competidores até Currais Novos, no caminho, muitas pedras e erosões por estradas muito sinuosas com subidas e descidas de serra. Adotando um ritmo um pouco mais forte, no km 80 da especial, Xavier / Muniz já estavam abrindo a prova e foram o primeiro UTV a chegar a cidade de Bodó no final o trecho cronometrado. O terceiro lugar na classificação geral do dia, levou a dupla para a sexta colocação geral dos UTVs e quarto na categoria UTV Pró Turbo.

O último dia do Rally RN 1500, reservava aos competidores a menor especial da prova, com apenas 111 km de trechos cronometrados entre a Serra Verde e Bom Jesus. Na teoria pouca coisa deveria mudar num trajeto tão curto, mas a dupla a X-Race imprimiu um ritmo muito forte logo no início, na descida da serra em direção a cidade de São Tomé e já no km 45 encostou nos dois UTVs que largaram a sua frente.

Foram 14 km na poeira sem conseguir ultrapassagem por conta de problemas nos rádios das duplas que abriram a especial e a dupla ultrapassagem só aconteceu no km 59. De cara para o vento, a dupla da X-Race só fez aumentar o ritmo e dominou de forma impressionante o dia, chegando ao final de especial 10 minutos antes do segundo UTV cruzar a linha de chegada.

Resultado da performance arrojada, o segundo melhor tempo do dia, que valeu o segundo lugar na classificação geral acumulada dos UTVs e o título de campeão entre os UTVs Pró Turbo. De quebra a dupla ainda sai do Rio Grande do Norte líder do campeonato brasileiro, tanto na classificação geral, quanto na UTV Pró Turbo.

“O RN 1500 é sempre a prova mais técnica do Campeonato Brasileiro, diariamente existe muita variação de piso e dificuldades, é uma prova muito completa. Não tínhamos muita expectativa de bons resultados por conta de ainda estarmos com o carro modelo 2016, mas ser campeão em condições tão adversas, saindo da 23ª colocação só nos motiva mais para seguir no campeonato, com a certeza de que com o nosso novo UTV RZR XP 1000 Turbo 2017 poderemos ir ainda melhor e com um ritmo mais constante de corrida”, declarou o navegador Deco Muniz.

A X-Race Polaris conta com o patrocínio da Polaris, Kanoa Beach Bar, La Charlote, Oakley, Sparco.

Notícias

Página inicial