Motor On Line
Notícias-

Equipe Poli Service fez boas provas no Metropolitano no AIC
Reportagem: Bispo Neto
Foto: Rogenes Santana
MRT

A Equipe Poli Service participou no fim de semana (8 e 9/4) com os pilotos Rodrigo Tassi, Luiz Ferreira e Algacir Sermann (Grupo Poli Service / BioTrat / Tassifer) da segunda etapa do Metropolitano de Curitiba e primeira etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2017, nas categorias Turismo 1.6 “C” e Marcas “A”. A etapa foi disputada no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), onde Algacir Sermann e Rodrigo Tassi conquistaram o quinto lugar na Marcas “A” e Tassi / Ferreira, conquistando um décimo lugar na categoria Turismo 1.6 “C”.

As provas da categoria Marcas “A” foram disputadas por Algacir Sermann Filho e Rodrigo Tassi, que no treino classificatório da Marcas “A”, conquistando apenas o 21.º na Geral e 15.º em sua categoria, com o tempo de 1min42s314. Na primeira corrida, disputada no domingo, às 9h50, Rodrigo Tassi fez boa prova de recuperação, ganhando nove posições na categoria e nove na Geral da prova, que foi disputada com pista molhada, conquistando bom resultado no Metropolitano. Na parte da tarde, às13h40, durante a segunda corrida, o piloto Algacir Sermann perdeu duas posições na largada da Marcas “A”, mas foi se recuperando durante a prova, que terminou em 9.º lugar. Na soma dos pontos concluiu a etapa em 5.º lugar no Metropolitano e nono no Paranaense.

Na categoria Turismo 1.6 “C”, no treino classificatório, Tassi e Ferreira pilotando o Gol n.º 18, marcaram o 3.º tempo na categoria, em 1min43s750, sendo o 6.º na Geral. Na primeira prova, Luiz Ferreira perdeu quatro posições na largada e na segunda volta se envolveu em acidente, caindo para a última posição em 34.º lugar. Em prova de recuperação, na quarta volta ganhou três posições e na décima passagem subiu mais duas posições. Recebeu a bandeirada final em 23.º lugar na Geral. Na segunda prova, largando da 23.ª posição na Geral, Rodrigo Tassi conseguiu imprimir bom ritmo de corrida, subindo de posição a cada volta disputada. Na 13.ª volta, assumiu o sexto lugar na categoria e 11.º na Geral, mas o carro quebrou a uma volta do fim. Com isso, concluiu a prova na 11.ª posição na Turismo 1.6 “C” e 24.º lugar na Geral.

Somados os pontos das duas provas da segunda etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017, a classificação final por categoria foi a seguinte:

Marcas “A”:
1.º) Gustavo Magnabosco, 40 pontos;
2.º) Ruslan Filho / Andrei Carta, 30;
3.º) Richard Heidrich, 22;
4.º) Gustavo Dal Pizzol, 18;
5.º) Algacir Sermann Filho / Rodrigo Tassi, 18; e em
6.º) Davi Dal Pizzol / Michel Giusti, 8.

Turismo 1.6 “C”:
1.º) Beto Baú / Rodrigo Kostin, 35 pontos;
2.º) Roberto Bonato / Evandro Maldonado, 28;
3.º) José Pederneiras, 27;
4.º) José Cavassin, 22;
5.º) Geovane Ciesielski, 14;
6.º) Rômulo Molinari, 8;
7.º) Edson Sita, 8;
8.º) Rafael Lupatini / Antonio Carvalho, 6;
9.º) Milton Vieira, 4; e em
10.º) Rodrigo Tassi / Luiz Ferreira, 4.

A terceira etapa do Metropolitano de Curitiba 2017 está marcada para os dias 6 e 7 de maio, no Autódromo Internacional de Curitiba, situado em Pinhais (PR).

Notícias

Página inicial