Motor On Line
Notícias-

FIAT aposenta os modelos Weekend e Doblò depois de já ter aposentado o Palio
Reportagem: Gazeta do Povo

Em novembro, a FIAT pôs um ponto final à produção do Palio . Mas o enxugamento no portfólio da marca neste fim de ano não para por aí. Agora é a vez de mais dois modelos darem adeus ao mercado de novos: a perua Weekend e a van multiuso Doblò.

A Weekend deixou de ser fabricada na planta de Betim (MG), apesar de continuar no configurador do site da marca. No mercado desde 1997, é a station wagon mais antiga em produção no Brasil e ícone da resistência do agonizante segmento, que sobrevive ainda com Golf Variant e SpaceFox, ambos da Volkswagen, além de algumas opções de marcas premium, como Audi A4 Avant , Mercedes C180 Touring e Volvo V60.

O espaço, um dos atributos da Weekend, deixou de seduzir clientes, que encontraram nas minivans e SUVs a mesma ou até mais capacidade, além de serem produtos mais modernos. Foram apenas 3278 unidades emplacadas em 2017 (até novembro), o que dá pouco menos de 300 veículos por mês.

A perua da FIAT continuará nas lojas até o fim do estoque da linha 2018. São duas versões: a Attractive, com preço inicial de R$ 60.390, e a Adventure, tabelada com valor a partir de R$ 75.990.

A Palio Weekend chegou a ser a líder de vendas no segmento, superando a VW Parati. Em 1999 lançava a versão Adventure 1.6 8V, que trazia um apelo fora de estrada incomum para os carros urbanos. Exibia molduras plásticas e quebra-matos e teve a suspensão elevada e reforçada.

Ainda em 1999, ganhou uma versão de entrada com motorização 1.0 8V, de 61 cv, associada a um câmbio de 6 marchas. As vendas, porém, foram tímidas.

As reestilizações recebidas pela perua acompanharam as mudanças no hatch, somando quatro atualizações (2001, 2004, 2007 e 2012). Em 2015, abandona o nome Palio e passa a chamar apenas Weekend.

O Doblò, lançado em 2002, o multiuso não teve mudanças profundas, apenas a troca da tampa do porta-malas em 2003 e uma atualização de conteúdo e detalhes na aparência em 2010. Na gama de motores, o modelo foi equipado com 1.3 8V, 1.3 16 V, 1.6 16 V e 1.8 8V.

Atualmente é encontrado nas concessionárias nas versões Essence (5 e 7 lugares) e Adventure. A linha 2017 passou a oferecer rodas de liga leve e estepe aro 16 com pintura exclusiva para a versão de topo, além de um novo acabamento na moldura do para-choques dianteiro.

Os preços começam em R$ 82 mil e chegam R$ 90,9 mil na Adventure - há ainda o opcional da pintura metálica (R$ 1.744) e do bloqueio do diferencial (R$ 2.148).

Com o fim da produção de Weekend e Doblò, a planta de Betim produzirá a partir de somente seis modelos: Mobi, Novo Uno, Grand Siena, Argo, Strada e Fiorino.

Notícias

Página inicial