Motor On Line
Notícias-

Kart: estreantes otimistas para a temporada do Pé de Chumbo
Reportagem: Carlos Zaramelo Jr.
Foto: Carlos Zaramelo Jr.

O grid da Copa Sópneus Goodyear de Kart Pé de Chumbo terá três caras novas a partir do dia 3 de março, quando haverá a largada da temporada de 2018: Alberth Janjon, na Pro, e André Moraes e Netto Meneghel, na Light. Todos estão felizes por terem sido integrados ao campeonato que reúne empresários e profissionais liberais, e otimistas quanto ao desempenho em pista.v

"Quem me convidou para o Pé de Chumbo foi o Rafa (Rafael Contatto, atual campeão do PDC), que conheço há muitos anos. Como sempre admirei o campeonato, aceitei na hora", contou Alberth. "O grupo do Pé de Chumbo sempre me chamou a atenção pela organização que tem", acrescentou.

"Além da organização e estrutura, o Pé de Chumbo também atrai atenção pela qualidade e competitividade dos pilotos. Isso aguçou ainda mais a minha vontade em participar", salientou Alberth.

O novo integrante da categoria Pro disse que vem treinando praticamente todos os finais de semana. "Pretendo chegar e não fazer feio. Para isso, tenho que estar bem treinado", afirmou Alberth, que participa com frequência de corridas de kart.

"Acompanho o Pé de Chumbo há muitos anos e sempre tive convivência muito próxima dos que estão e dos que já estiveram no campeonato. Quando o Marcel (Torina, piloto), que é um dos melhores amigos que tenho, começou a correr, ele passou a insistir para que eu entrasse também. Fui maturando a ideia e, no final do ano passado, passei a acompanhar ainda mais de perto. Ai, o Marusso (Marcelo, piloto e presidente) sinalizou de maneira positiva e decide participar", contou Netto Meneghel.

"O Pé de Chumbo vem num crescimento sensacional, desde a transição do indoor para o chassi de competição. O nome do campeonato é muito forte e o grupo de pilotos é formado, acima de tudo, por amigos que levam a sério", frisou Netto. "Desde que entrei no grupo só foi reforçado aquilo que eu via de fora, principalmente o comprometimento de todos", falou.

Netto Meneghel disse que, embora esteja afastado das pistas há cinco anos, tem relativa experiência com kart e espera se adaptar o mais rápido possível ao equipamento do Pé de Chumbo. "O nível dos pilotos é alto. Todos se capacitaram e andam bem. Talvez eu sofra um pouco no início, mas pretendo usar esse ano como aprendizado", concluiu.

André Moraes, apaixonado por velocidade, disse que manifestou interesse em participar do Pé de Chumbo ao amigo e piloto Ricardo Travaglia. "Estávamos num churrasco e disse para o Ricardo que gostaria de correr com esse pessoal. No dia seguinte, o Marusso me ligou e acertamos tudo", explicou.

"À distância, achava que o Pé de Chumbo era apenas mais uma equipe de competição, mas agora, me inteirando de todos os detalhes, vejo que vai muito além disso. Além de uma estrutura acima da média, o grupo é de amigos. Estou muito feliz em fazer parte desta família", comentou André.

Quanto a performance em pista, André Moraes avaliou que "vejo com bons olhos, mas sei que vai ser bem difícil, complicado. O Pé de Chumbo só tem feras", finalizou.

Torneio dos patrocinadores

Em assembleia geral da noite de quarta-feira (7), os pilotos / sócios do Pé de Chumbo oficializaram a criação do torneio entre os patrocinadores do campeonato. Serão quatro etapas e cada empresa terá um representante por corrida. No final do ano, somando-se os pontos de todas as rodadas, as três melhores serão premiadas com troféus.

Marcelo Marusso, piloto e presidente do Pé de Chumbo, confirmou que duas etapas do torneio já estão definidas para a abertura da Copa Sópneus Goodyear, no dia 4 de março, em Paulínia, e para o encerramento, no dia 8 de dezembro, provavelmente em Nova Odessa. "As outras duas vamos acertar as datas nas próximas semanas, mas serão no meio da temporada, uma no primeiro semestre e outra no segundo", salientou Marusso.

"Cada patrocinador e cada parceiro do Pé de Chumbo terão direito a um piloto por etapa. Não precisa ser o mesmo piloto sempre. A única condição estabelecida é que o representante não seja um piloto com experiência, pois tira um pouco a essência do torneio, que é a confraternização", explicou o presidente.

Os patrocinadores do PD'Chumbo são Sópneus, Goodyear, Sanfarma, Help Móvel, Tatu Shopping Frutas, Fast One, Colégio Objetivo Americana, Newcoates e Aqualux Hidráulica e Elétrica. O campeonato também tem parceria com Audaz +, RKM Transportes, Grupo Liberal, RB3 Preparação e Jornal O Jogo.

Notícias

Página inicial