Motor On Line
Notícias-

F-Indy: susto a 350 km/h / carro de Matheus Leist pega fogo mas piloto sai ileso
Reportagem: Rodrigo França
Foto: Chris Owens
RF1
Incêndio consumiu rapidamente a parte traseira do carro durante a nona etapa da Indy, disputada na noite deste sábado no Texas Motor Speedway.

Mais jovem piloto do grid, com apenas 19 anos, o brasileiro Matheus Leist passou por um grande susto hoje na nona etapa da Indy, disputada na noite deste sábado no Texas Motor Speedway, onde a velocidade média dos carros é de 350 km/h. Ainda no começo da prova, na oitava volta, o carro do gaúcho da equipe AJ Foyt começou a pegar fogo, obrigado Leist a parar o quanto antes e pular fora de seu Indy imediatamente. Graças à rápida saída, o brasileiro nada sofreu – mas o fogo consumiu toda parte traseira de seu carro, obrigando o jovem novato a abandonar a corrida.

“Vinha sendo uma boa corrida para a nossa equipe até então, com boas ultrapassagens e ritmo de prova forte. Mas, de repente, senti a perda de potência na saída da curva 1. Percebi que alguma coisa quebrou e logo depois vi pelo retrovisor que o carro estava pegando fogo. Fiz de tudo para parar o carro o mais rápido possível, evitando acidente com os pilotos que vinham atrás. Assim que parei, consegui soltar o cinto de segurança e desplugar todos os itens para sair imediatamente do carro”, diz Leist.

Em 2018, o brasileiro faz sua primeira temporada na Indy depois de se destacar na categoria de acesso (Lights), na qual conquistou três vitórias, incluindo em sua estreia em ovais, na preliminar da Indy-500, em Indianápolis. No ano anterior, em 2016, Leist conquistou o título da F-3 Inglesa, igualando os campeões mundiais Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna.

“Foi uma pena que a gente não pode completar a corrida, porque havia uma grande expectativa para esta corrida em um super speedway depois do bom desempenho em Indianápolis. Mas no automobilismo é assim mesmo, agora é focar na próxima etapa, em Road America, onde esperamos também estar competitivos”, diz Leist, que foi o melhor novato no grid da Indy-500 neste ano e concluiu a prova em 13o entre os 33 participantes.

A décima etapa da Indy será no dia 24 de junho.

Notícias

Página inicial