Motor On Line
Notícias-

F-4 Italiana: Gianluca Petecof consegue mais um quarto lugar em Misano
Reportagem: Luis Ferrari
Brasileiro da Academia Shell Racing volta a marcar pontos importantes e segue na briga pelo título da F4 Italiana entre os estreantes.

O brasileiro Gianluca Petecof conseguiu mais um quarto lugar no Italiano de Fórmula 4, na terceira prova da rodada de Misano, neste domingo. Com isso, ele se manteve na disputa pelo título da temporada entre os pilotos estreantes e em oitavo no geral.

Na primeira prova deste domingo, Petecof largou em terceiro e passou em quarto no fim da primeira volta. No quinto giro, Gianluca teve um contato com Leonardo Lorandi na briga pela terceira posição e teve de ir aos boxes para trocar a asa dianteira, voltando com uma volta de atraso. No fim, o brasileiro acabou em 24º.

Já na segunda bateria, o brasileiro largou bem e manteve o terceiro lugar. Ainda na primeira volta, Gianluca passou o guatemalteco Ian Rodriguez para ficar em segundo. Depois, na segunda volta, o safety car entrou na pista. Na relargada, Petecof foi atacado por Rodriguez e acabou dando uma escapada.

Gianluca caiu para quinto e começou a pressionar o argentino Giorgio Carrara. Faltando menos de cinco minutos para o fim, o brasileiro recuperou a quarta posição e fez a melhor volta da corrida, mas não havia mais tempo para tentar o pódio.

Petecof agora terá um intervalo longo até voltar a correr, o que vai acontecer apenas nos dias 21 e 22 de julho, pelo Alemão de Fórmula 4, em Hockenheim. Pelo Italiano, o brasileiro volta a competir no fim de semana seguinte, em Imola.

O que disse Gianluca Petecof:

"Fim de semana forte de novo. Boa classificação, boa primeira corrida. Na segunda corrida, um toque nos deixou fora da disputa. Na segunda, quando estava em segundo, uma saída de pista me fez cair para sexto, mas fiz a melhor volta e recuperei em quarto, o que mostra o potencial que tínhamos. Nas próximas corridas é colocar tudo junto para transformar isso em pontos e pódios. Nesta etapa tivemos um ex-engenheiro da Toro Rosso, o Marco Matazza, muitos anos engenheiro de corrida. Ele entrou recentemente na Academia da Ferrari para nos ajudar em simulador e desenvolvimento, e também nas corridas. Uma pessoa com tantos anos de Fórmula 1 nos ajuda a ter uma evolução ainda maior"

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial