Motor On Line
Notícias-

Kart: Goulart / Croce / Peixoto são os 1ºs finalistas da Seletiva Petrobras 2018
Reportagem: F. Gonçalves / B. Paula / C. Scafuro
Foto: Fábio Oliveira
FGCom
Pilotos conquistam vagas na disputa do Brasileiro de Kart na Granja Viana.

Um “veterano” e dois estreantes garantiram suas vagas para a final da 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras, neste sábado (dia 21), no kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP). O gaúcho Pedro Goulart e os paulistas Allan Croce e Guilherme Peixoto já “carimbaram seus passaportes” e voltarão à pista em novembro para brigar pela maior premiação do kartismo brasileiro.

Goulart foi o quarto colocado da categoria Graduados na disputa da 53ª edição do Campeonato Brasileiro de Kart. Croce terminou em sétimo e Peixoto, em oitavo. Pelos critérios da Seletiva de Kart Petrobras (pilotos entre 15 e 20 anos), eles ficaram com as vagas. O paulista Felipe Baptista foi o campeão, mas abdicou de sua vaga, em virtude de conflitos com seu patrocinador.

Com 17 anos, Goulart fará sua terceira final da Seletiva de Kart Petrobras. No ano passado, ele foi o oitavo entre os 12 finalistas e, em 2016, o sétimo. Croce, de 19 anos, e Peixoto, de 15, participarão do torneio pela primeira vez.

“A disputa hoje foi bem acirrada. Larguei em quarto, fiz uma ótima corrida, mas infelizmente meu equipamento estava quebrado e não consegui ir mais pra frente. Mas estou contente em ganhar a vaga da Seletiva mais uma vez e quem sabe levar o título este ano”, comentou Goulart, que acredita ter vantagem por já conhecer o regulamento.

“Já sei o formato da final, como funcionam as tomadas, o esquema de pontuação. E vou treinar a parte da calibragem dos pneus também para chegar bem forte”, completou o piloto do kart #1, que é natural de Porto Alegre.

Croce também comemorou a conquista. Depois de enfrentar problemas na sexta-feira (20), ele conseguiu se recuperar na Final, ganhando 17 posições. “Estava muito rápido a semana toda, mas tive uma quebra de corrente na Pré-Final, faltando três voltas, e tive de largar em 24º. Vim buscando e acabei chegando em sétimo na Final, garantindo a vaga”, destacou o piloto do kart #61.

“A disputa da Seletiva é muito competitiva, com os melhores pilotos, mas vou me preparar bastante”, garantiu Croce, que vem de uma família apaixonada pelo esporte. Ele é neto de Fernando Croce, falecido há quatro anos e que foi um grande kartista.

“Meu avô começou tudo isso e devo tudo o que eu sei a ele. Pra mim, ele sempre será o melhor. A família toda compete e eu acabei pegando paixão pelo esporte”, completou o piloto de Jaú, interior de São Paulo.

Com apenas 15 anos, Peixoto disse que realizou um sonho. “Não imaginava conquistar a vaga na minha primeira tentativa. Achei que ia ser muito difícil e foi, mas achava que só no ano que vem conseguiria. Então é um sonho pra mim estar na final da Seletiva de Kart Petrobras”, destacou o paulista do kart #999.

“Comecei a semana aqui com algumas dificuldades, mas me recuperei e estava bem rápido para a tomada de tempos, conquistando um quarto lugar. Na Final, larguei de nono, mas bem na largada tive uma batida com outro piloto e entortou algumas coisas no kart. Foi bem difícil terminar, mas dei o meu máximo e consegui o oitavo lugar e a vaga”, completou Peixoto.

Binho Carcasci, organizador da Seletiva de Kart Petrobras, ressaltou o alto nível de competitividade e os grids cheios na Granja Viana. “Não tinha maneira melhor de comemorar 20 edições da Seletiva. Começamos a temporada de uma forma fantástica, dentro do Campeonato Brasileiro de Kart, com grids muito cheios e grandes disputas. E fico ainda mais feliz em ver essa mescla de pilotos experientes com novatos nas categorias. Os classificados da Seletiva, inclusive, mostram isso. Vamos ter o Pedro Goulart na final pela terceira vez, mas teremos o Allan Croce estreando e o Guilherme Peixoto com apenas 15 anos, recém-chegado na Gruduados, já chegando lá. A Seletiva é feita pra isso, para promover os pilotos, ajudar o kartismo para que eles alcancem voos mais altos e fico feliz que tenhamos começado a comemorar os 20 anos da Seletiva desta forma aqui em São Paulo”, disse.

O aumento da idade limite para os pilotos conquistarem a vaga (15 a 20 anos e não mais 15 a 18) é uma das novidades deste ano e que agradou os competidores. “Percebemos nos últimos tempos que os pilotos não veem mais o fórmula como única opção de carreira. O turismo é uma opção muito válida e não exige que eles cheguem tão jovens. Fizemos essa mudança em virtude disto e já deu para perceber pelos comentários aqui, que eles gostaram bastante. Além de diminuir a expectativa deles, pois se não der para se classificar este ano, pode dar no próximo”, completou Carcasci.

A segunda etapa classificatória da Seletiva de Kart Petrobras 2018 acontecerá no dia 1º de setembro, com a disputa da Copa Petrobras Norte Brasileiro de Kart, em São Luís (MA).

O campeão da Seletiva 2018 levará o prêmio de 100 mil reais e o vice 10 mil reais. Além disso, os vencedores participarão de um programa de orientação que inclui testes em equipe de Fórmula 4 na Europa, experiência em simulador de Fórmula 1, teste na Stock Light, avaliação física e psicológica, media traning e palestra sobre marketing esportivo.

Quem já garantiu a vaga para a final da 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras:

Pedro Goulart (RS), 17 anos
Allan Martins Croce (SP), 19 anos
Guilherme Peixoto (SP), 15 anos

Resultado da categoria Graduados no Brasileiro de Kart:

1) 121-Felipe Baptista (FASP), 19 voltas em 13min52s821
2) 4-Olin Vieira Galli (FAERJ), a 2.399
3) 212-Alain Sisdeli (FPARN), a 5.184
4) 1-Pedro Goulart (FGA), a 6.234
5) 28-Andre Nicastro (FADF), a 6.121
6) 102-Gaetano Di Mauro (FPRA), a 6.402
7) 61-Allan Martins Croce (FASP), a 7.776
8) 999-Guilherme Peixoto (FASP), a 8.552
9) 818-Arthur Leist (FASP), a 9.610
10) 48-Pedro H. Busato Adami (FPRA), a 9.993
11) 56-Jean B. de Aguiar (FASP), a 10.416
12) 43-João Renato Corbellini (FAERJ), a 11.533
13) 12-Augusto Cezar Fontanella (FGA), a 16.172
14) 228-Vinicius Kwong (FPARN), a 19.710
15) 221-Sérgio Crispim (FAEP), a 9 voltas
16) 8-Pedro Pablo Campuzano (FAUESC), a 10 voltas
17) 29-Victor Backes (FAUESC), a 16 voltas
18) 77-Murilo Coletta (FAEM), a 17 voltas
19) 777-Marcus Borges (FCA), a 17 voltas

Confira o calendário da 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras: *

Fase Classificatória
1ª Etapa – 21 de julho – Cotia (SP) – Campeonato Brasileiro de Kart
2ª Etapa – 1 de setembro – São Luís (MA) – Copa Petrobras Norte Brasileiro de Kart
3ª Etapa – 22 de setembro – Aldeia da Serra (SP) – Copa SP Light de Kart
4ª Etapa – 13 de outubro – Vespasiano (MG) – Copa Brasil de Kart

Final
Novembro – Cotia (SP)

* Sujeito a alterações

Seletiva de Kart Petrobras

Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras, a Seletiva tem, em média, aproximadamente 110 pilotos tentando a vaga na final. Em 19 anos, mais de 200 já estiveram na briga pelo título na grande final.

Considerada uma referência entre os kartistas do Brasil, a Seletiva de Kart Petrobras é reconhecida (desde 2001) como evento oficial da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Comissão Nacional de Kart (CNK).

Além da maior premiação em dinheiro do kartismo nacional, a Seletiva de Kart Petrobras contempla seus vencedores com a participação em um programa de orientação de pilotos, que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, teste com monoposto de base também na Europa, com a orientação de um coaching, acompanhamento físico e psicológico, experiência com carros de turismo no Brasil, palestra sobre marketing e media training.

A premiação total - somando todas as ações - chega a aproximadamente 500 mil reais. O campeão recebe 100 mil reais em dinheiro e o vice-campeão 10 mil.

Notícias

Página inicial