Motor On Line
Notícias-

Kart: do inferno à glória de Fred Capraro no Brasileiro
Reportagem: João Alberto Otazú
Foto: Pedro Bragança
MasterMidia
Jovem de 16 anos foi terceiro na Final da Novatos, com volta mais rápida, mas aclamado como grande piloto e herói.

É na dificuldade que se descobre um grande homem. O grande piloto nem sempre aparece pela sua vitória, mas pela sua luta durante a jornada. Isto pode resumir um pouco o que se passou com o paulista Fred Capraro (Fredy Kart/CPKA), terceiro no pódio da categoria Novato do 53º Campeonato Brasileiro de Kart, disputado no Kartódromo Internacional Granja Viana, em Cotia (SP), mas aplaudido e ovacionado como se fosse o grande Campeão, que realmente é.

Piloto mais rápido do último treino livre, e cotado para brigar pela pole position, Fred teve problema de alimentação de combustível durante a tomada de tempos, por causa da quebra de uma palheta da pirâmide de entrada do carburador. Com este imprevisto, acabou largando apenas da quarta fila, com a oitava marca. Depois de ter terminado a primeira bateria classificatória na quinta posição, e a segunda no terceiro posto, após estabelecer a volta mais rápida, o jovem Capraro alinhou na prova Pré-Final na quinta posição.

Quando ocupava o terceiro lugar, ainda no início da competição, Fred levou uma forte batida por trás e acabou fora da pista. “Tudo estava indo muito bem, até eu tomar a batida atrás, e o outro kart subir e ficar preso no meu”, contou. “Apesar de ter perdido muito tempo, não desisti, consegui fazer o kart pegar, voltei lá atrás e ainda consegui fazer algumas importantes ultrapassagens”. Nesta prova de recuperação Fred Capraro ainda fez a segunda volta mais rápida da Pré Final, a apenas oito milésimos do melhor tempo, que foi do vencedor. Recebeu a bandeirada na 11ª posição, mesma posição de onde deveria largar na corrida Final.

As dificuldades de Fred Capraro ainda não tinham terminado. Na volta de aquecimento o motor afogou e o piloto se atrasou e não consegui largar da 11ª posição. “Quando fui alinhar só consegui encaixar na 17ª colocação. Com isso acabei perdendo mais tempo, e tive que passar mais pilotos”, relatou, disposto a não desistir de seu objetivo de ser campeão a qualquer custo. O que aconteceu a partir daí em apenas 17 voltas entrou para a história do KGV e do Brasileiro de Kart. Fred foi passando um a um os concorrentes, estabelecendo a volta mais rápida (44s801) seguidamente, para receber a bandeirada final em terceiro, a apenas 0s190 do segundo colocado, e a cinco segundos do vencedor, João Pocay.

“Talvez se eu tivesse largado mais à frente teria mais chances. Foi uma experiência inexplicável”, tentou explicar. “Foi uma enorme motivação passar pela reta e ver dezenas de pessoas torcendo por mim. Isso foi me dando mais força pra ir para cima. Obrigado a todos que ali torceram por mim”, completou Fred Capraro, decepcionado por não atingir o seu objetivo, mas orgulhoso de sua garra e persistência, reconhecida pelo público no pódio.

Os seis primeiros no Brasileiro da Novato foram:

1) João Pocay (FPRA), 17 voltas em 12:48.196.
2) Dante Perissinotto Fibra, a 4.818
3) Frederico Capraro Neto, a 5.008
4) Richard Annunziata, a 6.999
5) Gustavo Moura, a 12.634
6) Pedro Felipe Perdoncini, a 12.674.

Notícias

Página inicial