Motor On Line
Notícias-

Campeões paulistas de Marcas na Cascavel de Ouro pela Alpie Competições
Reportagem: Grelak Comunicação
Foto: Claudio Kolodziej
Alexandre Peppe e Giovani Almeida serão parceiros no GM Celta número 137 na corrida de novembro, que terá premiação inédita de R$ 150 mil.

O interesse cada vez maior que a Cascavel de Ouro tem despertado nos pilotos de diversos estados aumenta a representatividade do automobilismo de São Paulo. Uma das duplas confirmadas na 32ª edição, que será disputada em 18 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, é formada por campeões paulistas de Marcas & Pilotos, a categoria que forma o grid da corrida mais tradicional do Sul do Brasil.

Alexandre Peppe e Giovani Almeida vão atuar em dupla na disputa pela inédita premiação de R$ 150 mil oferecida na Cascavel de Ouro de 2018. Eles são os titulares do GM Celta número 137 da Alpie Competições, equipe com sede a poucos metros do autódromo paulistano de Interlagos que figura na lista das mais vitoriosas do automobilismo paulista e que, tal qual seus dois pilotos, fará sua primeira participação na Cascavel de Ouro.

Peppe iniciou sua trajetória nas pistas participando esporadicamente de corridas do automobilismo paulista em 2015. Em 2016, conquistou o título do Paulista de Marcas na classe Novatos. No ano passado, tornou-se campeão da classe Light. Almeida também tem trajetória recente. Estreou nas competições em 2017 e, na atual temporada, conquistou por antecipação o título da Novatos no Paulista. Eles também disputam a categoria Classic Cup.

“Eu ouço falarem muito bem da Cascavel de Ouro desde que comecei a correr, o que falam é que essa prova e essa pista, a de Cascavel, separam os homens dos meninos”, manifesta Peppe. “Tentei participar já no ano passado e acabou não sendo possível. Agora deu tudo certo e, o que é melhor, estou indo a Cascavel para dividir o carro com um amigo, o Giovani, meu companheiro de equipe no Paulista. Estar na Cascavel de Ouro é um sonho”, define.

Aprimorar o aprendizado é a meta da dupla da Alpie Competições. “Não vamos pelo prêmio, que é um diferencial interessante. Vamos para participar e aprender. A gente sabe que a chance de ganhar a corrida é remota, a meta é ganhar experiência. É disso que nós precisamos, de quilometragem em novas pistas. Queremos começar e terminar bem a Cascavel de ouro”, afirma o piloto, que também conquistou dois títulos no KEA, sigla para Kart Entre Amigos.

Garantir a classificação entre os 55 carros que vão largar para a corrida é a primeira meta da dupla. “Não vai ser fácil. Vamos trabalhar para conseguir a classificação e, a partir daí buscar terminar a corrida. Chegar ao fim já será uma grande vitória para nós”, diz Almeida. “Meu primeiro título veio em um ano e meio, isso é muito legal. Mesmo na Novatos eu tenho conseguido andar junto com os pilotos da Light e da Super, às vezes na frente”, ele destaca.

A ambientação foi decisiva para a inscrição na Cascavel de Ouro. “Esse tem sido um ano bem positivo no automobilismo, por isso a decisão de estar na Cascavel de Ouro. É uma corrida que todo mundo ama, que equivale hoje ao que na época do meu pai seriam as Mil Milhas em Interlagos, e acompanhei meu pai em 10 ou 12 edições, maioria delas em dupla com o Ney Faustini”, lembra. “Estar nesse grid é uma honra, vai ser uma experiência fantástica”.

Inscrições

Pilotos e equipes podem solicitar a ficha de inscrição da 32ª Cascavel de Ouro por e-mail, com mensagem para cascaveldeouro2018@gmail.com, ou pelo número celular (45) 9 9937-1052. A disputa é aberta a pilotos inscritos carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6, configurados pelo regulamento técnico do Campeonato Paranaense. A corrida terá duração de três horas e será transmitida ao vivo para todo o Brasil pelo canal BandSports.

O regulamento desportivo da Cascavel de Ouro estipula em R$ 5 mil a taxa de inscrição por carro. Os vencedores da corrida receberão R$ 100 mil. Há prêmios de R$ 20 mil ao segundo lugar, de R$ 12 mil para o terceiro, de R$ 8 mil para o quarto e de R$ 5 mil para o quinto, além de R$ 5 mil pela pole. A programação de novembro em Cascavel incluirá ainda a sétima etapa da Sprint Race Brasil e a primeira edição da #GoldClassic, com 72 carros já inscritos.

Notícias

Página inicial