Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Sperafico fica perto dos pontos e Suzuki força ritmo mas não pontua
Reportagem: Fernanda Gonçalves
Foto: Vanderley Soares
Comunicação Promax Bardahl

Duas corridas bastante movimentadas marcaram neste domingo (dia 23) a disputa da nona etapa da Stock Car no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP). Com forte calor, Felipe Fraga garantiu a vitória na corrida 1 e Átila Abreu venceu a prova 2. Com dois segundos lugares, Daniel Serra manteve a liderança do campeonato, agora com 234 pontos.

Na equipe Bardahl Hot Car Competições, os resultados não foram os esperados e Rafael Suzuki e Ricardo Sperafico ficaram fora da zona de pontos. Na corrida 1, Suzuki saiu em 18º e conseguiu ganhar posições na largada, até receber um toque, que prejudicou o desempenho do Stock #8. Sem pontuar, a equipe priorizou a corrida 2, mas na tentativa de chegar mais à frente, na última volta, o piloto – que estava em 12º lugar - acabou saindo da pista e ficou em 21º na última disputa do dia.

Ricardo Sperafico, que voltou à principal categoria do automobilismo nacional, ficou perto da zona de pontos na corrida 1, finalizando em 16º, depois de largar em 28º. Na corrida 2, o piloto completou em 19º.

Foi a primeira vez que o experiente piloto correu neste formato de rodada dupla da Stock Car, já que o paranaense não disputa uma temporada completa desde 2013. Também foi sua estreia no traçado de 3.438 metros do Velo Città.

“Deu pra sentir como o pessoal está andando, o ritmo, entender todo o sistema das duas baterias. Não conseguimos pontos, mas deu pra brigar e não ficar distante. E estou feliz por ter escapado de acidentes e terminar as duas corridas”, comentou o piloto do Stock #20.

“Agora, vamos trabalhar para melhorar para as próximas etapas. Estou confiante para Londrina”, completou Sperafico, que já havia corrido duas provas no time de Amadeu Rodrigues em 2010.

Para Suzuki, que vinha de um pódio na etapa passada, os resultados ficaram longe do esperado. “Foi uma etapa movimentada. Na primeira corrida, eu larguei bem, ganhei umas duas posições. Mas, quando o Cesar Ramos rodou no miolo da pista, ele estava bem na minha frente e eu tive de frear. Alguém bateu em mim e meu carro deu uma ‘entortada’, porque foi um toque na minha roda”, contou.

“O carro não era tão rápido, mas tentamos arriscar na estratégia. Também acabei deixando o carro morrer no pit, então a equipe priorizou a corrida 2. Infelizmente, não deu para recuperar bem, principalmente da posição em que a gente estava largando. Era possível fazer alguns pontinhos, mas acho que abusei, estava difícil manter um ritmo forte. Passou longe do que nós almejávamos, principalmente depois de Cascavel, mas temos mais um mês para analisar e trabalhar para voltar melhor na próxima”, completou Suzuki.

Além de um pódio, o paulista tem mais quatro Top-10 e cinco Top-15 na temporada 2018. Ele está em 15º lugar no campeonato.

A próxima etapa da Stock Car acontecerá no dia 21 de outubro em Londrina (PR).

Resultado da Corrida 1*:

1. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) - 27 voltas em 41min53s283
2. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) - a 2.478
3. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) - a 7.258
4. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) - a 13.434
5. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) - a 14.819
6. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) - a 15.072
7. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) - a 16.623
8. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) - a 17.803
9. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) - a 18.960
10. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) - a 23.079
11. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 23.603
12. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) - a 24.859
13. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) - a 25.200
14. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) - a 34.875
15. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) - a 43.348
16. 20 Ricardo Sperafico (Bardahl Hot Car) - a 59.984
17. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) - a 1:47.431
18. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - a 1 volta
19. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) - a 1 volta
20. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) - a 1 volta
21. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - a 3 voltas
22. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) - a 6 voltas
Não completaram:
23. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) - a 8 voltas
24. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) - a 9 voltas
25. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) - a 9 voltas
26. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) - a 17 voltas
27. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) - a 19 voltas
28. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) - a 24 voltas
29. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) - a 25 voltas
Melhor volta: Marcos Gomes, 1min30s396 (136,9 km/h)

*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Resultado da Corrida 2*:

1. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) - 26 voltas em 42min46s284
2. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) - a 2.280
3. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 2.656
4. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) - a 3.723
5. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) - a 6.300
6. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) - a 9.381
7. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) - a 11.692
8. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) - a 13.540
9. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) - a 13.891
10. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) - a 15.091
11. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) - a 16.314
12. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) - a 18.401
13. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) - a 25.848

14. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) - a 26.255
15. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) - a 27.016
16. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) - a 27.688
17. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - a 28.700
18. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) - a 29.022
19. 20 Ricardo Sperafico (Bardahl Hot Car) - a 37.675
20. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) - a 49.500
21. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) - a 1 volta
22. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) - a 2 voltas
23. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - a 4 voltas
24. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) - a 4 voltas
Não completaram:
25. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) - a 12 voltas
26. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) - a 19 voltas
27. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) - a 19 voltas
28. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) - a 24 voltas
29. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) - a 25 voltas
Melhor volta: Marcos Gomes, 1min30s142 (137,3 km/h)

*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Classificação do campeonato até o momento (Top-10):

1º Daniel Serra - 234 pontos
2º Felipe Fraga - 217
3º Cacá Bueno - 163
4º Rubens Barrichello - 161
5º Marcos Gomes - 160
6º Max Wilson - 159
7º Julio Campos - 157
8º Átila Abreu - 141
9º Ricardo Zonta - 122
10º Lucas di Grassi – 115
15º Rafael Suzuki – 52

Notícias

Página inicial