Motor On Line
Notícias-

Metropolitano e Paranaense de Velocidade decidem seus campeġes em Londrina
Reportagem: Bispo Neto
MRT

O Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, recebe neste fim de semana (28 a 30/9) a quinta etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto, penúltima etapa da temporada, válida também pela terceira e última etapa do Paranaense de Velocidade 2018. O evento será disputado em duas provas das categorias Turismo 1.6 “I”, Marcas “A” e “B”, Turismo 5000 "A" e "B", Terra Marcas “A”, Terra Turismo “B” e Terra Turismo “C”, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e o apoio da Bana Pneus, Pirelli e London Hotel.

A Turismo 1.6 “I”, nas oito corridas das quatro etapas da temporada 2018 do Metropolitano de Curitiba, teve três vencedores diferentes, mas a dupla Rômulo Molinari/Felipe Lobo venceu cinco provas e lidera com 148 pontos. José Pederneiras venceu duas e vem em segundo, com 126 pontos e Geison Tureck é o terceiro, com 101. No Paranaense de Velocidade, as disputas estão mais apertadas. Rômulo Molinari lidera com 75 pontos, seguido de Geison Tureck/Carlos Ehrat Jr (56), e, Antonio Carvalho (54). Nas categorias Marcas “A” e “B”, é esperado grid superior a 30 carros, onde o catarinense Gustavo Magnabosco lidera o Metropolitano na “A”, com 148 pontos, vencendo seis das oito corridas, tendo seu conterrâneo Richard Heidrich em segundo, com 87 e os irmãos curitibanos Ruslan Carta Filho e Andrei Carta estão em terceiro com 78. No Paranaense, Magnabosco venceu três das quatro provas realizadas e lidera com 72 pontos, tendo Wanderlei Berlanda Jr em segundo, com 58 e Edson Bueno em terceiro, com 34 pontos. E na Marcas “B”, a dupla João Paulo Naumes/Alisson Nurnberg lidera no Matropolitano, com 125 pontos, vencendo três provas, Marcelo Andrade está em segundo, com 80 e Wilians Peres é o terceiro colocado, com 74 pontos e duas vitórias. No Paranaense, a liderança é da dupla Allan de Alencar/Anderson Portes, com 82 pontos, João Paulo Naumes/Alisson Nurnberg em segundo com 54 e Wilians Peres em terceiro com 35. Na Turismo 5000 "A", com os antigos Omega de Stock Car, o domínio no Metropolitano é de Armin Kliewer, que venceu seis corridas e lidera com 134 pontos, tendo Marco Antonio Garcia em segundo, com 84 e Richard Heidrich em terceiro com 80. No Paranaense, Armin Kliewer lidera com 44 pontos, seguido de Anderson Andrade (30), Maurício Gaudêncio (23), José Adir (21), Márcio Reuter (19) e Marco Garcia (18). Na categoria "B", para Omegas e Opalas da Velocidade na Terra, Maurício Gaudêncio domina o Metropolitano, liderando com 161 pontos, cinco vitórias e três segundos lugares, Gilberto Carlassara está em segundo, com 59 pontos e Luiz Fernando Busato está na terceira colocação, com 54 pontos.

As categorias Terra contam com o maior grid do Metropolitano de Curitiba, reunindo 42 carros em média, nas quatro etapas realizadas. A Terra Marcas “A” está muito disputada, com Leonardo Kovalski na liderança com 146 pontos, seguido de perto pela dupla Amauri Lisboa Jr/Stive Tokarski, que tem 135, e Roberto Bonato é o terceiro colocado com 94. No Paranaense, a liderança está empatada entre Juca Lisboa/Stive Tokarski e Leonardo Kovalski, com 77 pontos, Thiago Brandt é o segundo com 30 e Bernard Chyla/Luiz Cláudio Chyle em terceiro, com 28. Na Terra Turismo “B”, quem domina o Metropolitano é Guilherme Ragnini, que venceu seis corridas e lidera com 153, pontos, seguido de Luiz Otávio Brambila, que tem 91 e Carlos Eduardo Schilipack ganhou uma e soma 66 pontos. No Paranaense, Guilherme Ragnini lidera com 88 pontos, Luiz Brambila é o segundo colocado com 66 e Aleksander Pereira o terceiro com 40. E na Terra Turismo “C”, Evandro Maldonado lidera o Metropolitano com 132 pontos, com James Schwerdtner em segundo e 111 e José Luís Cavassin em terceiro, com 105 pontos. No Paranaense, que lidera é Nilton Silva Filho, com 67 pontos, seguido de Peterson de Andrade, com 46 e a dupla Evandro Maldonado/Bruno Muhlstedt em terceiro lugar com 44 pontos ganhos. O fim de semana promete boas corridas no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, onde conheceremos os primeiros campeões da temporada 2018, do Metropolitano e do Paranaense de Velocidade.

Programação

A programação da quinta etapa do Metropolitano de Curitiba e Paranaense de Velocidade no Asfalto 2018 começa na sexta-feira (28/9), com a realização do primeiro treino livre da Speed Fusca, das 8 às 8h30. Das 9h30 às 11 horas, Carreata pelas ruas de Londrina. E mais três treinos livres para todas as categorias. Às 17h50 será realizado o briefing com os pilotos de todas as categorias. No sábado (29/9), haverá mais um treino livre e os treinos classificatórios do Metropolitano de Curitiba e Paranaense de Velocidade, nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.6 “I” (das 11h05 às 11h20), categorias Terra Marcas “A”, Marcas “B” e Tuirsmo “C” (11h25 às 11h40) e Turismo 5000 (das 11h45 às 12 horas). A primeira prova das categorias Marcas e Turismo larga às 14 horas, para 30 minutos, mais duas voltas. A primeira prova da categoria Turismo 5000 larga às 15 horas, para 20 minutos, mais duas voltas. Das 15h35 às 15h50, tomada de tempos da Speed Fusca. Das 16 às 16h15, tomada de tempos da Fórmula Academy. E a primeira prova das categorias Terra larga às 16h45 para 25 minutos, mais duas voltas. E no domingo (30/9), o evento acontece das 8 às 16h30, iniciando com os warm-ups, das 8 às 9h02, seguindo com a primeira prova da Fórmula Academy, às 9h30, para 20 minutos, mais duas voltas. A primeira prova da Speed Fusca acontece às 10h20, para 30 minutos, mais duas voltas. As segundas provas do Metropolitano de Curitiba e Paranaense de Velocidade nas categorias Marcas e Turismo 1.6, às 11h20, para 30 minutos mais duas voltas, da Turismo 5000, às 12h15, para 20 minutos mais duas voltas. Das 12h40 às 13h10, pódio das categorias Marcas, Turismo 1.6 e Turismo 5000, seguido de almoço. E a segunda prova das categorias Terra, acontece às 13h35, para 25 minutos mais duas voltas seguida de pódio. Às 15 horas, larga a segunda prova da Fórmula Academy, para 20 minutos, mais duas voltas, seguida de pódio. E, encerrando as atividades de pista, às 15h50 larga a segunda prova da categoria Speed Fusca, para 30 minutos, mais duas voltas, seguida de pódio.

Com quatro etapas realizadas e oito provas disputadas, os cinco primeiros do Metropolitano de Velocidade no Asfalto 2018, por categoria são:

Marcas “A”:
1.º) Gustavo Magnabosco (SC), 148 pontos;
2.º) Richard Reidrich (SC), 87;
3.º) Ruslan Carta Filho / Andrei Carta (PR), 78;
4.º) Fausto de Lucca (SC), 74;
5.º) Wanderlei Berlanda Jr (SC), 66.

Marcas “B”:
1.º) João Paulo Naumes / Alysson Nurnberg (PR), 125;
2.º) Marcelo Andrade (PR) 80;
3.º) Wilians Peres (PR), 74;
4.º) Samir Guimarães (SC), 73;
5.º) Guto Baldo (PR), 55.

Turismo 1.6 “I”:
1.º) Romulo Molinari / Felipe Lobo (PR/SC), 148;
2.º) José Pederneiras (PR), 126;
3.º) Geison Tureck (PR), 101;
4.º) Antonio Carvalho (PR), 88;
5.º) Carlos Ehrat Júnior (PR), 78.

Turismo 5000 “A”:
1.º) Armin Kliewer (SC), 134;
2.º) Marco Antonio Garcia (PR), 84;
3.º) Richard Heidrich (SC), 80;
4.º) José Adir dos Santos (PR), 49;
5.º) Márcio Reuter (SC), 46.

Turismo 5000 “B”:
1.º) Maurício Gaudêncio (PR), 161;
2.º) Gilberto Carlassara (PR), 59;
3.º) Luiz Fernando Buratto (PR), 54;
4.º) Mário Broering / Rubens Kliewer (SC), 43;
5.º) Ivo Ribeiro Neto / Ivan Ribeiro (PR), 34.

Terra Marcas “A”:
1.º) Leonardo Kovalski (PR), 146;
2.º) Amauri Lisboa Jr / Stive Tokarski (PR), 135;
3.º) Roberto Bonato (PR), 94;
4.º) Marcelo Cordeiro / Júlio Bueno (PR), 58;
5.º) Naor Petry (PR), 50.

Terra Marcas “B”:
1.º) Guilherme Ragnini (PR), 153;
2.º) Luiz Otávio Brambila (PR), 91;
3.º) Carlos Eduardo Schilipack (PR), 66;
4.º) Emerson Szwed (PR), 61;
5.º) Aleksander Pereira (PR) e Rodrigo Vieira (PR), 53.

E na Terra Turismo “C”:
1.º) Evandro Maldonado (PR), 132;
2.º) James Schwerdtner (PR), 111;
3.º) José Luís Cavassin (PR), 105;
4.º) Nilton da Silva Filho (PR), 86; e
5.º) Bruno Muhlstedt (PR), 69.

Com duas etapas realizadas e quatro provas disputadas, os cinco primeiros do Paranaense de Velocidade 2018, por categoria são:

Marcas “A”:
1.º) Gustavo Magnabosco (SC), 72;
2.º) Wanderlei Berlanda Jr (SC), 58;
3.º) Edson Bueno (SC), 34;
4.º) Marcel Rodrigues (SC), 33;
5.º) Fauto de Lucca (SC), 27.

Marcas “B”:
1.º) Allan Alencar / Anderson Portes (PR), 82;
2.º) João Paulo Naumes / Alisson Nurnberg (PR), 54;
3.º) Wilians Peres (PR), 35;
4.º) Marcelo Andrade (PR), 30;
5.º) Lorenzo Massaro (PR), 27.

Turismo “I”:
1.º) Rômulo Molinari (PR), 75;
2.º) Geison Tureck / Carlos Ehrat Júnior (PR), 76;
3.º) Antonio Carvalho (PR), 54;
4.º) Felipe Lobo (SC), 39;
5.º) José Pederneiras (PR), 38.

Terra Marcas “A”:
1.º) Amauri Lisboa Jr / Stive Tokarski (PR) e Leonardo Kowolski (PR), 77;
2.º) Thiago Brandt (PR), 30;
3.º) Bernard Chyla / Luiz Cláudio Chyla (PR), 28;
4.º) Naor Petry (PR), 25;
5.º) Christiano Bornemann (PR), 23.

Terra Marcas “B”:
1.º) Guilherme Ragnini (PR), 88;
2.º) Luiz Otávio Brambila (PR), 66;
3.º) Aleksander Pereira (PR), 40;
4.º) Lui André Fietz (PR), 33;
5.º) Leandro Perola / Rodrigo Zarur Silva (PR), 25.

Terra Turismo “C”:
1.º) Nilton da Silva Filho (PR), 67;
2.º) Peterson de Andrade (PR), 46;
3.º) Evandro Maldonado / Bruno Muhlstedt (PR), 44;
4.º) Cleber da Fonseca (PR), 33;
5.º) José Carlos Santos (PR), 30.

E na Turismo 5000:
1.º) Armin Kliewer (PR), 44;
2.º) Anderson de Andrade (PR), 30;
3.º) Maurício Gaudêncio (PR), 23;
4.º) José Adir (PR), 21;
5.º) Márcio Reuter (SC), 19.

Notícias

Página inicial