Motor On Line
Notícias-

Shell Racing conquista 3 pódios em 4 corridas em sábado cheio de disputas
Reportagem: Paulo Giamarusti
Foto: Luca Bassani
Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta faturam o segundo lugar na Porsche Cup; Diego Ramos, conquistou dois pódios no Velo Città pela Sprint Race.

Em mais um sábado repleto de disputas, a Academia Shell Racing obteve bons resultados em diferentes categorias conquistando três pódios em quatro corridas.

Porsche Cup

Na segunda etapa de Endurance da Porsche, a dupla paranaense formada por Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta chegou perto de conquistar a vitória.

Após uma boa largada Lico sustentou a segunda posição, mas na segunda volta, acabou sendo superado pelo também piloto da Academia Shell Dennis Dirani, que corria em dupla com Luca Seripieri no carro #31. Com ótimo rendimento, Lico manteve o carro #63 na terceira posição durante o primeiro stint da prova, a menos de um segundo do líder, sempre segurando a pressão do quarto colocado.

Depois da primeira parada obrigatória de seis minutos no início da vigésima volta, Zonta assumiu o volante do carro #63. Com a parada de todos os pilotos no box e as posições reestabelecidas, o carro Shell aparecia no segundo lugar a quatro segundos atrás do líder. Com um ótimo ritmo, Zonta foi tirando a diferença volta após volta, até chegar de vez no giro 34 começando o ataque para assumir a ponta da corrida. Após muita pressão, Zonta assumiu a liderança da prova, na volta 39, com a parada do líder da corrida no box.

Logo no início do terceiro stint, Sérgio Jimenez surpreendeu Lico Kaesemodel fazendo a ultrapassagem no carro da Shell Racing. Porém o piloto paranaense manteve o ritmo, deixando a vantagem sempre abaixo de dois segundos.

Na abertura da volta 57, tanto Lico como o líder da prova entraram no box para a última parada, deixando a disputa aberta para as últimas 18 voltas da prova. Na volta à pista, com Zonta no volante, o carro #63 tentava se aproximar do líder da corrida.

Nas últimas 10 voltas, Zonta partiu para o ataque e foi diminuindo a diferença quase um segundo por volta. Mas, com poucas voltas para o final, a dupla paranaense teve de se contentar com o segundo lugar, mantendo a briga pelo título para a última etapa, em Interlagos.

O que eles disseram:

“Foi difícil. No último Stint o Jimenez conseguiu abrir nas primeiras voltas. No finalzinho ele ficou sem pneu e conseguimos encostar, se tivesse mais algumas voltas conseguiríamos passar ele. “

Ricardo Zonta

“Foi bom, desde o começo estávamos competitivos. Eu e o Ricardo temos um ótimo entrosamento, é isso aí. A próxima é vitória, estamos quase!”

Lico Kaesemodel

Sprint Race

Estreando no Velo Città, Diego Ramos representou a Academia Shell na sexta etapa da Sprint Race. Mesmo correndo com um lastro de 25 kg no carro, o piloto de 16 anos conquistou dois pódios na rodada dupla deste fim de semana e reduziu a distância para o líder da competição.

Competindo na categoria PRO, Diego partiu da sexta posição e poucas voltas após a largada já aparecia no terceiro posto. Após boa disputa, Diego caiu para o quarto lugar na classificação geral, terceiro em sua categoria. Com inteligência, o piloto da Academia Shell manteve a concentração e conquistou o primeiro pódio do dia.

Na corrida 2, Ramos largou do sétimo lugar e na segunda volta já era o quinto. Dois giros mais tarde já aparecia em quarto, colado no terceiro colocado. Correndo mais uma vez pensando no campeonato, Diego manteve-se atento e na última volta assumiu a quarta posição geral da prova, a terceira na sua categoria e garantiu mais um pódio no dia.

O que ele disse:

“Foram duas corridas bem difíceis, estava correndo com um lastro de 25 kg por ser o terceiro do campeonato. E nessa pista isso prejudica um pouco. Mas Graças a Deus conseguimos dois pódios, com dois terceiros lugares. Conseguimos somar bons pontos no campeonato, ficamos na frente do líder e do vice-líder e isso foi muito bom. Essa foi a primeira vez que andei aqui e a primeira vez que andei com o lastro. É uma pista muito técnica, e o lastro dificulta muito aqui.”

Diego Ramos

Copa Brasil de Kart

Já Gabriel Crepaldi representou a Academia Shell na 20ª edição da Copa Brasil de kart, em Vespasiano (MG). Competindo pela categoria Júnior, e sempre andando entre os cinco primeiros em todas as corridas classificatórias durante a semana, o piloto de 14 anos largou da quarta posição para a disputa da grande final da competição neste sábado (13).

Com uma grande largada, Gabriel assumiu a liderança da prova após passar seus adversários por fora na curva 1, mas o kart #137 foi perdendo rendimento e já na volta 5, Gabriel era o quinto colocado. Na metade final da prova, Crepaldi sofreu ainda mais com a queda de rendimento do seu kart e terminou a prova na oitava colocação.

O que ele disse:

“Minha participação na Copa Brasil não foi como eu esperava. Sentimos dificuldade nos treinos em acertar o Kart, o motor, e o traçado. Na tomada de tempo fomos o quinto, um resultado positivo que mostrava que nós estávamos nos encontrando. Na primeira corrida terminei em quarto virando igual aos ponteiros, mesma coisa na 2 corrida, que terminei em quinto. Largamos em quarto na final, consegui fazer uma excelente largada pulando para a ponta, mas acabei perdendo rendimento e acabei chegando em oitavo. Quero agradecer a Academia Shell, minha equipe, ao meu mecânico Alex e ao fornecedor de motores e carburadores DTR, pelo esforço e dedicação ao longo da semana.”

Gabriel Crepaldi

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial