Motor On Line
Notícias-

F-4 Italiana: Petecof rodada tripla 100% de pódios em Mugello e é 4º no campeonato
Reportagem: Luis Ferrari
Piloto da Academia Shell Racing é o melhor estreante na classificação final da temporada, em seu primeiro ano com carros de corrida.

Em seu melhor fim de semana da temporada, Gianluca Petecof deixou Mugello com três troféus: venceu no sábado, foi terceiro colocado na segunda prova e segundo na última corrida do ano. De quebra, gabaritou a categoria dos rookies, com três vitórias entre os estreantes.

A performance fez o representante da Academia Shell Racing saltar de sexto para quarto lugar no campeonato, vencido por Enzo Fittipaldi. Com os 186 pontos acumulados ao longo do ano, o competidor de 15 anos de idade foi o melhor estreante na classificação geral da concorrida categoria -eram 30 carros, com pilotos de 15 nacionalidades diferentes em ação em Mugello.

Com chuva forte antes da largada, o início da segunda corrida da etapa teve os carros comboiados pelo safety-car nas primeiras três voltas. Quando veio a bandeira verde, Gianluca superou o companheiro Oliver Caldwell por fora na curva 2 e a seguir se defendeu de ataque de Leonardo Lorandi para sustentar a vice-liderança.

Mas um incidente envolvendo múltiplos carros ainda na primeira volta de corrida efetiva obrigou a direção de prova a acionar a bandeira vermelha para desobstruir o traçado de Mugello. Assim, quando os carros relargaram voltaram à ordem do grid, com Gianluca em terceiro atrás de Caldwell e Enzo Fittipaldi.

Quando, enfim, o safety-car recolheu para box, faltavam 5 minutos para a abertura da volta final. Lorandi se jogou por dentro na curva 3 e forçou ultrapassagem sobre o representante da Academia Shell Racing. A seguir superou Caldwell, que entrou na reta muito pressionado por Gianluca. O brasileiro então passou o britânico, recuperando o terceiro lugar. E levou o carro da equipe Prema até a bandeirada para conquistar seu segundo pódio consecutivo em Mugello e a segunda vitória do fim de semana entre os estreantes.

A última corrida da temporada também foi realizada em pista molhada e começou atrás do safety-car por duas voltas. Enzo Fittipaldi largou da pole, com Petecof completando a primeira fila 100% brasileira.

O piloto da Academia Shell largou bem e emparelhou com seu companheiro de equipe no contorno das duas primeiras curvas, mas foi obrigado a se contentar com o segundo lugar após o safety-car ser novamente acionado para a remoção de outro carro estacionado na área de escape.

Na abertura da quarta volta a corrida foi reiniciada, mas as condições de visibilidade e aderência eram complicadas, com a chuva apertando. À medida em que alguns carros aquaplanavam em plena reta, a direção de prova mandou de volta o safety-car para a pista. E assim a prova foi até a bandeirada, com Petecof em segundo no geral e vencendo novamente entre os estreantes. Fittipaldi conquistou a vitória na dobradinha brasileira e de integrantes da Ferrari Driver Academy.

O que ele disse:

"Sensacional! Esta última etapa foi incrível. No primeiro dia tivemos alguns problemas nos treinos, mas conseguimos superar tudo isso. Ganhamos a primeira corrida, depois fizemos mais dois pódios em terceiro e segundo. Estou muito feliz também pelo Enzo, que foi campeão agora, e pela Prema, que conquistou o campeonato de equipes. Muito feliz por todo mundo e, claro, por mim, por terminar o campeonato em quarto lugar e como o melhor estreante na classificação geral. Agradeço à Academia Shell Racing por acreditar no meu potencial e pelo trabalho de todos na Ferrari Driver Academy ao longo deste ano".

Gianluca Petecof

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial