Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Shell V-Power abre 1º dia treinos em Goiânia satisfeita com simulação
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: José Mario Dias
Com a chuva na sessão da tarde, acerto para a classificação fica para a sessão livre de sábado pela manhã.

A Shell V-Power teve sensações bem distintas após os treinos livres de sexta-feira para a penúltima etapa da Stock Car, em Goiânia. No acerto visando ao ritmo de corrida, o desempenho foi satisfatório, enquanto no de classificação ainda é preciso evoluir, até porque choveu na segunda sessão do dia e não foi possível desenvolver o acerto.

Na primeira sessão do dia, Ricardo Zonta terminou na quinta colocação, enquanto Átila Abreu foi o 15º colocado, com ambos utilizando apenas pneus mais desgastados, justamente visando às condições de corrida.

À tarde, quando a dupla da Shell V-Power pretendia desenvolver o acerto em condições de classificação, apenas Átila pegou a pista seca o tempo todo, enquanto Zonta ficou no grupo que pegou chuva. No fim, o sorocabano foi o 14º, e o paranaense, o 16º.

Neste sábado, os dois voltam à pista para o terceiro treino livre, a partir das 10h10. Já a classificação que definirá o grid da corrida 1 está prevista para as 14h10, com transmissão ao vivo do canal por assinatura SporTV2.

Domingo, às 13h e 14h10, serão disputadas as duas provas, com a segunda tendo grid invertido em relação às dez primeiras posições da corrida inicial. O SporTV2 também mostra ao vivo.

O que eles disseram:

"Foi uma pena a chuva porque tínhamos de evoluir mais o carro visando à classificação, ainda falta um pouco de grip geral no carro. Amanhã o terceiro treino livre vai ser para isso. Deu para sentir nesses cinco minutos de treino e três voltinhas que eu dei qual direção tomar para evoluir o carro amanhã"

Ricardo Zonta, piloto do carro #10

"No treino 1 tínhamos um pneu bem velho, focamos no ritmo de corrida, o tempo foi competitivo pelo estado do pneu. No treino 2 usamos um pneu mais novo, e ainda precisamos melhorar a velocidade, e aproveitar o pneu. Tentamos alguns acertos e vamos trabalhar para amanhã. O primeiro treino foi bem produtivo e o segundo, nem tanto"

Átila Abreu, piloto do carro #51

"Separamos o nosso trabalho em duas partes. Estamos felizes com a reação do carro pensando na corrida, e nem tanto para classificação. Mas a nossa condição de pneu era ruim, sabemos que tem uma diferença significativa disso, mas sabemos que também precisamos melhorar os carros para amanhã para classificar melhor"

Thiago Meneghel, chefe da Shell V-Power

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial