Motor On Line
Notícias-

Rally: Varela e Gugelmin podem faturar Mundial Cross Country nesta terça no Catar
Reportagem: Ricardo Ribeiro
Foto: MCH
Vipcomm
Prova está sendo disputada ao redor da cidade de Doha, que vai receber a Copa do Mundo de Futebol de 2020.

Termina nesta terça-feira no Catar a primeira etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country. Os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, campeões do Dakar 2018, estão na liderança dos UTVs e podem trazer o título para o país caso consigam manter o bom ritmo no último dia de prova. A etapa de Catar começou na sexta-feira e percorreu vários trechos na região da cidade de Doha.

Varela e Gugelmin estão correndo com um UTV Can-Am Maverick X3 e lideram com folga na classificação geral da categoria, com mais de 2h30 sobre os vices, os russos Fedor Vorobeyev e Kirill Shubin, também de Can-Am (resultados abaixo).

"Hoje tivemos um dia bem tranquilo. O UTV está inteiro e não furou pneu, diferentemente dos outros dias. Como estamos com uma vantagem muito grande, optamos por adotar a cautela e evitar erros ou quebras", afirmou Reinaldo Varela. Hoje a dupla brasileira terminou em terceiro lugar entre os UTVs.

Gustavo Gugelmin destacou a navegação difícil e a fome. "Aqui no Catar a navegação é tradicionalmente difícil, mas o que pegou hoje foi a fome. Chegamos morrendo de fome. Esquecemos de levar nossas barrinhas de cereais e os chocolates", falou o navegador brasileiro.

Nesta segunda-feira foram duas provas cronometradas, uma com 227,99 e outra com 121,41 quilômetros. A sexta e última etapa, amanhã, terá 263,88 quilômetros. No total serão 1.398.

Varela e Gugelmin vão correr as cinco etapas do Campeonato Mundial de Rally Cross Country. Depois do Catar, a próxima será em Abu Dhabi, seguida por Turquia, Cazaquistão e Marrocos. A temporada termina em outubro.

Além do Mundial, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin também vão correr as principais provas no Brasil, como o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, que engloba o Rally RN 1500 e o Rally dos Sertões.

Resultados acumulados nos UTVs após cinco etapas.

1. Reinaldo Varela (BRA)/Gustavo Gugelmin (BRA) - Can-Am Maverick - 15h13min39seg
2. Fedor Vorobeyev (RUS)/Kirill Shubin (RUS) - Can-Am Maverick X3 - 17h49min49seg
3. Camelia Liparoti (ITA)/Max Delfino (FRA) - Yamaha YZX 1000 R - 19h20min10seg
4. Abdullah Al-Zubair (OMN)/Nasser Al-Kuwari (QAT) - Can-Am Maverick - 110h11min39seg
5. Adel Abdulla (QAT)/Marc Serra (ESP) Can-Am Maverick - 111h37min56seg
6. Mohammed Al-Attiyah (QAT)/Sergio Lafuente (URY) Can-Am Maverick - 112h05min35seg
7. Khalid Al-Mohannadi (QAT)/Loic Minaudier (FRA) Polaris RZR 1000 - 112h39min22seg
8. Michele Cinotto (ITA)/Maurizio Dominella (ITA) Polaris RZR 1000 T - 113h46min48seg
9. Ahmed Al-Kuwari (QAT)/Manuel Lucchese (ITA) Can-Am Maverick X3 - 115h50min48seg
10. Rashed Al-Mohannadi (QAT)/Ahmed Al-Fares (KWT) - Polaris RZR 1000 - 116hrs 34min 48sec

Notícias

Página inicial