Motor On Line
Notícias-

Academia Shell Racing está pronta para a 3ª etapa da Porsche Cup no Velo Città
Reportagem: Paulo Giamarusti / Luis Ferrari
Foto: Luca Bassani
Autódromo de Mogi Guaçu traz boas lembranças para os irmãos Baptista. Vitor venceu uma das corridas em 2018, enquanto Felipe conquistou o Porsche Junior Program na pista paulista.

A Academia Shell Racing volta às pistas para a disputa da terceira etapa da Porsche Cup no próximo sábado. O encontro será realizado em Mogi Guaçu, no Autódromo do Velo Città. Os irmãos Vitor e Felipe Baptista, líder e vice-líder em suas respectivas categorias, estão confiantes para a disputa.

Primeiro vencedor do Porsche Junior Program e atual campeão da Carrera Cup 3.8, Vitor Baptista é o líder na classe 4.0 com 78 pontos. Ele espera repetir o triunfo do ano passado e se distanciar ainda mais dos seus concorrentes ao título. Conhecedor do traçado do Velo Città, o piloto de 21 anos sabe que terá de garantir um bom lugar no grid de largada, já que a pista é de difícil ultrapassagem. Vencedor de duas corridas no campeonato, o competidor paulista terá novamente o carro mais pesado do grid. Vale lembrar que o regulamento da Porsche Cup prevê que o primeiro colocado da competição carregue um peso extra de 35 kg no carro.

O irmão mais novo de Vitor, Felipe Baptista, também guarda boas lembranças do Velo Città. Foi lá que o piloto da Academia Shell conquistou uma das bolsas da segunda edição do Porsche Junior Program, prêmio que lhe deu subsídios para disputar a temporada 2019 da categoria. E, por se tratar de uma pista conhecida, Felipe acredita que conseguirá obter mais um ótimo resultado. Vice-líder da classe 3.8 com 68 pontos, o competidor de 16 anos já conquistou uma vitória e uma pole em 2019 e quer manter a ótima fase para se aproximar da liderança na tabela de pontos. Felipe é o mais jovem vencedor de corridas de Gran Turismo na história.

O treino classificatório acontece nesta sexta-feira (31), com exibição ao vivo nos canais oficiais da categoria no Facebook e Youtube. As corridas com 25 minutos mais uma volta de duração, acontecem sábado (01) com transmissão ao vivo também pelos canais SporTV e Portal Grande Prêmio.

O que eles disseram:

“Estou superfeliz com meu desempenho nas duas primeiras etapas. Começamos esse ano com o pé direito, estamos fazendo um trabalho praticamente perfeito. Temos que manter o foco. O Velo Città é uma pista muito interessante, temos que classificar na frente para conseguir pontuar bem, pois é uma pista de difícil ultrapassagem. Eu venci uma das corridas aqui no ano passado e isso me da mais confiança, conheço bem a pista. É isso aí. Vamos para cima, torcer para dar tudo certo e fazer um bom trabalho com a equipe e com meu irmão. Vamos com tudo. Vamos tentar fazer a Academia Shell vencer tanto na 4.0 quanto na 3.8.”

Vitor Baptista

“Minha expectativa é bem alta. Acho que vamos conseguir andar bem lá, pois é uma pista que eu já conheço e consegui ir rápido sem conhecer o carro. Tenho tudo para ir melhor agora, já que conhece bem o carro e tenho a ajuda do Vitor e do Carbone. Quero melhorar os resultados da última corrida, quando cometi um erro e deixei escapar a vitória na primeira corrida. Quero manter o ritmo no Velo Città e tentar fazer mais uma pole e conseguir mais uma vitória. Estou treinando bastante na Pilotech, tanto no simulador quanto a parte física, já que é uma pista que tem um desgaste físico maior. É isso. Vamos com tudo.”

Felipe Baptista

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial