Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Julio Campos vence em Santa Cruz do Sul
Reportagem: Rafaella Malucelli
Foto: Cleocinei Zonta
Tabloid Comunicação
Foi a quarta vitória da carreira do piloto da Prati-Donaduzzi.

Motivos de sobra para celebração nos boxes da equipe Prati-Donaduzzi. A ensolarada etapa de Santa Cruz do Sul, RS, disputada neste domingo, 21, chamou a atenção não apenas pelo atípico calor em meio ao inverno, mas também pelos resultados históricos do piloto paranaense Julio Campos e da equipe Prati-Donaduzzi.

Largando da pole position, Julio foi o grande vencedor da primeira corrida do dia; e terminou em sexto lugar na segunda, um feito difícil na abrasiva pista gaúcha, onde a estratégia fez diferença em função das intervenções do safety car (que permitiram a muitos pilotos correr pensando apenas na segunda prova).

Com esses resultados, Julio somou 45 pontos no total, batendo o recorde histórico da Stock Car desde a implantação do sistema de rodadas duplas. O recorde absoluto de pontos em um mesmo fim de semana era de Daniel Serra: 43 pontos por dois segundos lugares no VeloCittà no ano passado.

Vale considerar que a pontuação ficou mais generosa em 2019.

Em termos de colocações finais, o melhor desempenho ainda é de Valdeno Brito, que venceu e fez um segundo lugar em Cascavel, em 2015, também pela equipe chefiada por Rodolpho Mattheis (o que pela pontuação da época rendeu 37 pontos).

Coincidência ou não, o Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul foi o palco da primeira vitória da Prati-Donaduzzi na Stock Car, em 2014, com Antonio Pizzonia. Agora, Julio Campos sobe ao lugar mais alto do pódio após três anos: a última vitória dele fora em 2016, na pista de Tarumã, também no Rio Grande do Sul.

"Foi um fim de semana incrível! Tomada perfeita, primeira corrida exatamente como a gente planejava. Era uma vitória que estava havia muito tempo engasgada e agora saiu! Só tenho a agradecer à equipe Prati-Donaduzzi, que foi incrível", comemorou o piloto que largou em primeiro após a conquista da pole position no sábado, 20.

Julio tem razão quando diz que a vitória estava engasgada: no ano passado, ele foi o terceiro colocado no campeonato com cinco pódios e uma regularidade invejável, mas sentiu falta de levar o troféu de primeiro lugar pra casa.

Brilhando também na segunda corrida

Devido aos incidentes que aconteceram nas duas corridas e à presença do safety car em várias voltas, o desgaste dos pneus foi menor do que o esperado. Então, a segunda corrida também trouxe um resultado positivo em termos de pontos para a equipe. Com o sexto lugar, Julio subiu para quarto na tabela e entrou definitivamente na briga pelo título.

"Por estar ainda com os pneus bons na segunda corrida, fomos para uma estratégia bem arriscada, de ganhar posições nos boxes. Deu certo e eu vim segurando todo mundo", conta.

Rodolpho Mattheis, chefe da equipe, celebrou as diversas conquistas desta etapa. "Estou muito feliz! Fomos realmente os vencedores aqui, trabalhamos pra isso. Vencemos a primeira corrida, fomos os maiores pontuadores, subimos para 4º lugar no campeonato com o Julio e entramos de vez na briga pelo campeonato".

Mattheis ressalta também o bom trabalho da equipe. "Estou satisfeito demais com o desempenho da equipe. Os pit stops foram os mais rápidos da corrida. Então, o mérito é da equipe e da brilhante guiada do Julio, que conseguiu levar bem o carro", finaliza.

Ao longo da primeira prova, as câmeras de TV flagraram uma imagem muito marcante: o mecânico Alexandre Roberto Hass, o Alemão, chorando enquanto acompanhava as voltas decisivas para Julio Campos e para a equipe Prati-Donaduzzi.

Óleo na pista tira Valdeno Brito

O piloto paraibano Valdeno Brito não teve tanta sorte nas corridas deste domingo. Tanto na primeira quando na segunda prova ele foi envolvido nas batidas que aconteceram no pelotão em que se encontrava.

"Na primeira corrida, o motor do Thiago Camilo estourou e acabou que vários carros saíram da pista, assim como eu, devido ao óleo derramado. Na segunda, teve um incidente entre Gaetano [Di Mauro] e outro piloto e ele bateu em mim. Por isso, quebrou algo. Infelizmente, são coisas que acontecem, mas não foi um bom final de semana para mim", lamentou.

Vale lembrar que Valdeno vinha de pódio em Londrina e largou em sexto lugar em Santa Cruz do Sul. "A equipe está de parabéns com os ótimos resultados e a vitória do Julio Campos", acrescentou o piloto paraibano. A próxima etapa da Stock Car será realizada em Campo Grande, MS, dia 11 de agosto.

Perfil e resultados de Julio Campos

Nascimento: 15 de janeiro de 1982 (37 anos)
Local: Curitiba-PR
Corridas: 178
Poles: 4 (2013, Interlagos; 2014, Cascavel e Velopark; 2019, Santa Cruz do Sul)
Vitórias: 4 (2014, Tarumã; 2015, Curitiba; 2016, Tarumã; 2019, Santa Cruz do Sul)
Pódios: 24

As cinco vitórias da Prati-Donaduzzi

2014
Santa Cruz do Sul, Antonio Pizzonia
Tarumã, Julio Campos
Tarumã, Antonio Pizzonia
2015
Curitiba, Julio Campos
2019
Santa Cruz do Sul, Julio Campos

Sobre a Prati-Donaduzzi

A Prati-Donaduzzi, indústria farmacêutica 100% nacional é especializada no desenvolvimento e produção de medicamentos genéricos. Com sede em Toledo, oeste do Paraná, produz, aproximadamente 11,5 bilhões de doses terapêuticas por ano e gera mais 4,2 mil empregos. A indústria possui um dos maiores portfólios de medicamentos genéricos do Brasil e pretende incrementar em 15% seu faturamento e capacidade produtiva em 2019.

Notícias

Página inicial