Motor On Line
Notícias-

Kart: Shell Racing disputa 2ª fase do 54º Brasileiro em busca de títulos
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: Bruno Gorski
Staico espera repetir o feito da 1ª semana, com mais uma conquista; di Mauro, Dirani e Crepaldi também competem em Cascavel.

A Academia Shell volta às pistas para disputa da segunda fase do 54º Campeonato Brasileiro de kart, no Kartódromo Delci Damian, em Casacavel (PR), a partir desta terça-feira (23). Lucas Staico, Gaetano di Mauro, Dennis Dirani e Gabriel Crepaldi representam a maior patrocinadora de esporte a motor do Brasil nesta semana.

Após conquistar o primeiro título brasileiro da carreira, o piloto da Academia Shell Lucas Staico, vem empolgado para a disputa da segunda fase da competição. O mineiro de 14 anos compete agora pela classe Codasur Jr e espera repetir o feito da fase anterior, quando foi dominante durante toda a semana obtendo três vitórias de quatro possíveis -especialmente na final, vencida com mais de 10s de margem para o vice-campeão.

Outro piloto que obteve destaque foi Dennis Dirani. O experiente piloto conquistou um lugar no pódio na pista pela divisão Codasur, mas teve acrescidos cinco segundos no seu tempo e perdeu a posição. Agora na classe Senior, Dennis persegue seu quinto campeonato brasileiro.

Quem também busca o pentacampeonato brasileiro de kart é Gaetano di Mauro. Competindo na classe Shifter, o atual vice-campeão brasileiro vai usar o torneio como preparação para a disputa do Mundial da categoria em setembro, na Itália. Competidor regular da Shell na Stock Car, Di Mauro será o primeiro brasileiro da história a competir na seletiva classe KZ1 -da qual só participam competidores credenciados por top5 em edições passadas do Mundial ou do Europeu. Ele foi quarto lugar no Mundial da classe KZ2, em meio a mais de 120 competidores em 2018.

Já Gabriel Crepaldi espera obter um melhor resultado na fase final da competição. O piloto de Birigui esteve sempre entre os mais rápidos na primeira semana do campeonato, mas acabou tocado logo na primeira volta da final e abandonou a prova. Agora na classe Graduados, Crepaldi espera conquistar o seu primeiro título brasileiro na carreira.

A segunda fase do Campeonato Brasileiro de Kart acontece entre os dias 22 e 27 de julho. O canal SporTV transmitirá, ao vivo, as disputas das baterias finais da competição.

O que eles disseram:

“Minha expectativa continua alta. Vamos manter o trabalho da semana anterior e ir com tudo em busca de mais um título. Estou focado em fazer um grande trabalho novamente e conquistar mais um campeonato. É isso aí."

Lucas Staico

"Fomos bem na primeira semana. O pódio escapou por pouco. Na segunda fase vou disputar a Sênior, que também é muito difícil. Temos muitos pilotos de fabrica nessa classe e vai ser bem complicado, mas minha expectativa é a melhor possível, vou entrar para disputar o título. Quero agradecer a Shell, a Techspeed e Mg tires pelo apoio. Vamos com tudo. “

Dennis Dirani

“Essa é uma competição que eu adoro disputar e que nos preparamos durante todo o ano. A disputa será intensa, mas vou com tudo em busca do meu quinto titulo brasileiro. Tenho certeza que será uma ótima oportunidade para me preparar para a disputa do Mundial em setembro, na Itália".

Gateno di Mauro

“Estou confiante para a disputa da segunda fase do Brasileiro. Estive sempre entre os mais rápidos semana passada e quero manter isso. Eu e minha equipe estamos bem preparados e vamos em busca do título.”

Gabriel Crepaldi

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial