Motor On Line
Notícias-

F-4 Italiana: Petecof termina rodada com mais um top5 em Mugello
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: Divulgação
Piloto brasileiro da Academia Shell Racing projeta terminar o ano em alta daqui a duas semanas na última etapa a temporada, em Monza.

O piloto brasileiro Gianluca Petecof somou neste domingo seu 12º top5 na temporada do Campeonato Italiano de Fórmula 4 ao terminar a terceira corrida do fim de semana em Mugello na quarta colocação.

Com o resultado, o representante da Academia Shell Racing ainda tem chances remotas de alcançar o título da competição na última etapa, daqui a duas semanas, em Monza. Para isso, o brasileiro tem de vencer as três corridas, e seu oponente Dennis Hauger não largar nas três provas.

O piloto da Academia da Ferrari começou o fim de semana terminando a primeira corrida em terceiro lugar na pista, mas uma punição de dez segundos por um contato com outro competidor fez Gianluca perder posições e cair para 23º.

Na segunda prova, o brasileiro brigou pelo top5 desde as primeiras voltas e chegou a estar em quinto lugar, mas, numa prova muito equilibrada, cruzou a linha de chegada em sexto.

Já neste domingo, Petecof passou em quinto lugar ao fim da primeira volta e subiu para quarto na sexta de 18 voltas. Dali em diante, o brasileiro manteve a posição e obteve seu melhor resultado no fim de semana.

O que disse Gianluca Petecof:

"Esse fim de semana foi abaixo das nossas expectativas. Desde a classificação, faltou um pouco de ritmo, e houve algumas dificuldades. Não conseguimos o troféu, que era o nosso grande objetivo. Para Monza, a meta é fazer corridas limpas e maximizar o potencial do carro e garantir o top2 no campeonato. Vamos dar tudo até o fim e ver como fica, não acabou ainda. Temos três corridas para mostrar nosso potencial."

Classificação do campeonato:

1º D.Hauger - 305 pontos
2º G.Petecof - 222
3º P.Aron - 197
4º M.Belov - 143
5º R.Stanek - 118

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Projeto Ano 3

Formando Um Verdadeiro Campeão atráves do programa Lei de Incentivo da Secretária Especial do Esporte no processo 58000.011283/2018-32.

Notícias

Página inicial