Motor On Line
Notícias-

F-1: Verstappen e Gasly garantem 1ª e 2ª colocação para Honda no Brasil
Reportagem: Rodrigo Leite / Viviane Costa
Honda Brasil
Trata-se da primeira vitória da Honda no Grande Prêmio do Brasil desde a épica conquista de 1991 por Ayrton Senna.

Um notável Grande Prêmio do Brasil viu o piloto Max Verstappen conquistar sua terceira vitória da temporada em uma dobradinha dos motores Honda, com Pierre Gasly brilhantemente conquistando o segundo lugar da corrida e seu primeiro pódio na carreira.

Max largou da pole position para a Aston Martin Red Bull Racing, enquanto Alex Albon iniciou em quinto lugar à frente de Pierre Gasly, em sexto na fase de abertura, enquanto Daniil Kvyat tentou lutar de volta para a competição partindo de 16º no grid, com pneus de composto médio.

Na volta 21, Max usou outro conjunto de pneus macios ao se comprometer com uma estratégia de duas paradas, mas uma saída insegura dos boxes feita pela Williams o fez perder tempo e sair atrás de Lewis Hamilton. Max imediatamente se recuperou, ao passar por Hamilton na curva 1, na próxima volta, garantindo a liderança novamente. Uma volta depois, Gasly optou por pneus médios e manteve seu lugar como o melhor atrás das três principais equipes, enquanto Albon entrou na volta 24 e também usou pneus médios para abrir opções estratégicas. Kvyat fez sua parada uma volta antes de Albon, para mudar para o suave, mas estava achando difícil progredir no meio-campo.

Depois de manter Hamilton à distância, Max fez sua segunda parada na volta 44 e mudou para médios, enquanto Gasly passou pelo pneu macio pela última vez, três voltas depois, e Albon fez o mesmo na volta 50. No entanto, um Safety Car após Valtteri Bottas sair da pista significou uma decisão difícil, e a Red Bull fez a escolha certa ao colocar pneus macios para Max, apesar de ter devolvido a liderança a Hamilton. Max novamente fez um trabalho impecável, com um movimento brilhante do lado de fora da curva 1 para recuperar a liderança, enquanto Albon executou uma ultrapassagem idêntica em Sebastian Vettel para passar para o terceiro lugar e partir atrás de Hamilton.

Albon manteve as atenções de Vettel até os dois Ferraris atrás dele colidirem, trazendo outro Safety Car que só deixou duas voltas restantes para a corrida. Hamilton ficou atrás de Albon e Gasly, tocando Albon na curva 10 em uma disputa. Infelizmente, Albon perdeu posições com a manobra e terminou a prova em 14º, mas Gasly avançou para o segundo lugar e, de forma emocionante, afastou Hamilton até a bandeirada.

Atrás de Max e Gasly, Kvyat também teve um final dramático na corrida e subiu para o décimo lugar para pontuar na prova. O resultado marca a primeira dobradinha de pódio da Honda, desde o GP do Japão de 1991, e o melhor resultado da Toro Rosso desde 2008, bem como o segundo pódio da temporada.

Toyoharu Tanabe

Esta é a nossa primeira vitória no Brasil desde a épica conquista de Ayrton Senna em 1991. A vitória de hoje foi uma corrida agressiva e inteligente de Max e uma estratégia bem executada da equipe. Conseguir uma terceira vitória nesta temporada é um ótimo resultado para todos da Honda e da Aston Martin Red Bull Racing. Parabéns também a Pierre Gasly por uma prova fantástica em que ele tirou o máximo proveito do carro para cravar seu primeiro pódio na F1 e também à Toro Rosso pela segunda vez no top 3 do ano. Pierre teve um bom desempenho durante toda a corrida, especialmente na última volta com Hamilton, o que, com certeza, será um verdadeiro impulso para ele. Estou feliz por ele em um ano difícil. O pacote carro-unidade motriz funcionou muito bem com as nossas equipes e isso é um bom sinal para a corrida final da temporada e do que esperamos para o próximo ano. Gostaríamos de dedicar essa vitória ao nosso fundador, Soichiro Honda, cujo aniversário foi ontem. Finalmente, parabéns à McLaren, com quem conquistamos a última vitória em 1991, por também terminar no pódio hoje.

Masamitsu Motohashi

No final da corrida, conseguimos o segundo lugar com Pierre depois de uma luta muito próxima com Hamilton. Realmente, estou sem palavras. Este é o nosso segundo pódio do ano com a Toro Rosso, que é uma conquista maravilhosa e os coloca em uma posição muito forte para terminar pelo menos em sexto lugar no campeonato. No início do fim de semana, tivemos alguns problemas de unidades motrizes, mas graças ao trabalho árduo de todos na equipe e de nossa equipe Honda, nos recuperamos bem e essa é uma grande recompensa por todo o trabalho duro. Trabalhamos com Pierre nas últimas duas temporadas e, portanto, este é um ótimo resultado no que foi, de certa forma, um ano difícil para ele. Nossos parabéns para ele e nossos amigos da Toro Rosso e não podemos esquecer que Kvyat. Este é um grande impulso para a equipe, mas agora devemos ter um objetivo ainda melhor no próximo ano.

Max Verstappen

É uma sensação incrível, e vencer hoje foi um grande esforço da equipe. Foi uma corrida louca, com muita ação e luta, mas felizmente sempre tivemos o ritmo de recuar e ultrapassar a Mercedes em todos os cenários. Não foi fácil lá fora, mas a equipe fez todas as decisões certas, especialmente no final para colocar os pneus macios durante o Safety Car, que nos deu a vitória hoje. Como uma equipe, você sempre tenta fazer tudo perfeito, eu me concentro no meu trabalho e a equipe também tenta fazer um trabalho perfeito nos boxes e na estratégia e hoje funcionou perfeitamente. É uma grande vitória, depois do ano passado, mais pela maneira como a corrida se desenrolou e como todos nós tivemos que trabalhar juntos. Hoje e durante todo o fim de semana, o carro e a motorização da Honda funcionou muito bem e demos um passo. Obrigado a todos por isso. É claro que é uma pena que Alex não esteja no pódio comigo, pois teria sido um resultado ainda melhor para a equipe, mas é ótimo o Pierre estar aqui em cima, junto da Toro Rosso e da Honda.

Pierre Gasly

Isso é simplesmente incrível! Meu primeiro pódio na Fórmula 1 e com a Toro Rosso. Continuei trabalhando todas as corridas comigo mesmo, sempre pensei que, se eu pudesse estar no lugar certo, na hora certa, algo viria, e hoje aconteceu, é simplesmente incrível - tenho tantas emoções! Eu sempre disse que o time é minha família, eu amo o espírito e a paixão deles, eles sempre empurram demais e hoje foi o melhor presente que eu poderia retribuir para agradecê-los por seu esforço constante e maciço. Você sonha muito em estar na F1, sonha com seu primeiro pódio, mas quando acontece que todas as emoções que vêm são imprevisíveis, é o melhor dia da minha vida. Quero enviar um enorme agradecimento a todos que me apoiaram desde o início da minha carreira e me levaram aonde estou hoje.

Alex Albon

É claro que estou frustrado, mas não estou bravo, apenas chateado. Eu queria aquele pódio e nós o merecemos por mérito. No reinício do Safety Car, nos divertimos e eu gostei de lutar com os Ferraris, a ultrapassagem foi boa! Obviamente, Lewis teve uma boa aderência assim que chegou e acho que ele me levaria à curva 1, mas pensei que no pior cenário, tivemos o P3. Eu tinha um bom espaço para Lewis e não estava preocupado com ele. Fui até o canto só para cobri-lo, para que ele não tivesse nenhum problema. Depois, houve um ponto cego e, obviamente, fizemos contato. É claro que ele não fez isso de propósito, é apenas uma dessas coisas que acontecem e hoje não era para ser. Agora vamos nos concentrar nos aspectos positivos antes da próxima corrida. Parabéns também a Max, ele pilotou muito bem e mereceu a vitória.

Daniil Kvyat

A partir da P16, eu sabia que não seria fácil hoje. Não tem muito o que dizer, foi uma corrida difícil até o safety car reiniciar na última volta, pois consegui ultrapassar três carros, conseguindo pelo menos um ponto. É o segundo pódio da Toro Rosso este ano e acho que somos a única equipe do meio-campo que conseguiu isso, para que possamos ficar realmente satisfeitos com nosso esforço. Conseguimos muitos pontos hoje, recuperando a sexta posição no campeonato. O resultado de hoje é uma grande conquista para a equipe.

Sobre a Honda no Brasil:

Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 24 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, hoje a maior administradora de consórcios do mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados. Em 1997, a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP), de onde já saíram mais de 1,9 milhão de veículos. A segunda planta de automóveis da marca, construída na cidade de Itirapina (SP), concentrará, a partir de 2021, toda produção dos modelos locais, enquanto a unidade de Sumaré se consolidará como centro de produção de motores e componentes, desenvolvimento de automóveis, estratégia e gestão dos negócios do grupo Honda. Durante esses anos a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1.300 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de automóveis e dos escritórios das cidades de Sumaré e São Paulo, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. Saiba mais em www.honda.com.br e www.facebook.com/HondaBR

Notícias

Página inicial