Motor On Line
Notícias-

F-4 Sul-americana: uruguaios polarizam disputa pelo título da temporada
Reportagem: Ricardo Montesano
Mediaone
Juan Manuel Casella e Facundo Garese duelam com regularidade pela ponta da classificação e tentam conquistar 1º título para o país vizinho.

A F4 Sul-americana tem neste ano uma disputa acirrada entre dois pilotos uruguaios pela ponta da tabela de classificação. O líder do campeonato, Juan Manuel Casella, e o vice-líder, Facundo Garese, demonstraram nas quatro primeiras etapas que são os nomes fortes do país vizinho para quebrar a hegemonia brasileira na categoria, que faturou os dois primeiros títulos com Bruno Baptista e Pedro Cardoso. O domínio uruguaio em 2016 é evidente: sete vitórias em oito corridas realizadas. Dez etapas - 20 provas - estão programadas para a temporada.

Casella, o mais experiente do grid, conquistou nada menos do que seis triunfos no ano, ao passo que seu adversário Garese, estreante na categoria, ganhou apenas uma vez. Mesmo com números bastante distintos no que se refere à primeira posição, Casella lidera a competição com 158 pontos contra 127 do rival, apenas 31 pontos de vantagem - cada vitória vale 25, mais o ponto extra pela pole e por cada volta mais rápida. Desta forma, com uma pequena margem entre os dois primeiros colocados, a luta pelo título permanece aberta no segundo semestre.

"Não esperava ter um início de campeonato tão bom como este. Conquistar seis vitórias em oito corridas em uma categoria bastante competitiva era algo que estava acima das minhas expectativas no começo do ano. No entanto, mantenho os pés no chão porque sei que o campeonato é longo e a última etapa do ano terá pontuação dobrada. Então, tudo pode acontecer", diz Casella, vice-campeão da temporada passada. "O Facundo (Garese) está próximo de mim, já que muitos pontos são distribuídos em cada etapa. No momento, é meu adversário mais duro. Conheço ele dos tempos de kart e nos damos muito bem", complementa.

Garese afirma ter tido uma rápida adaptação ao carro da F4 Sul-americana. "É muito bom estar com frequência no pódio. Por ser meu primeiro ano na categoria, não imaginava que estaria nesta posição. Me sinto muito bem com o carro e vejo que estou evoluindo a cada etapa. Esse é o meu objetivo para buscar o Juan (Casella)", afirma Garese. "Ainda restam várias corridas e muitos pilotos podem nos alcançar. Nesta primeira fase da temporada, a disputa está entre nós, mas não podemos relaxar porque tem muito campeonato pela frente. Juan é meu amigo, corremos de kart em algumas etapas e vou fazer de tudo para superá-lo nas próximas rodadas", explica.

O próximo encontro da dupla e dos demais pilotos que competem na F4 Sul-americana está programado para acontecer nos dias 23 e 24 de julho no Autódromo Victor Borrat Fabini, em El Pinar, no Uruguai. A etapa marca a metade da temporada e a expectativa é de casa cheia para as atividades do fim de semana.

Notícias

Página inicial