Motor On Line
Notícias-

Kart: Felipe Bartz é campeão do Epcot Challenge nos EUA
Reportagem: Mariana Viegas
Foto: Bruno Turano
Eversports
Paulista de 11 anos venceu de forma dominante o campeonato em Orlando, e agora fará sua estreia em uma competição na Europa com todas as despesas pagas pela organização.

O jovem piloto Felipe Bartz tem se consolidado como um dos bons destaques da nova geração do kartismo brasileiro, tanto em competições nacionais quanto internacionais. Campeão da Copa São Paulo em 2014, na categoria Micro-Max Rotax, e vice-campeão do Florida Winter Tour (EUA) em 2015 na categoria Micro-Rok, Pipe - como é mais conhecido - adicionou mais uma importante conquista ao seu currículo. No último fim de semana (15 a 17 de julho), o piloto de 11 anos dominou as disputas do Epcot Challenge na categoria Mini-Rok, em Orlando, e com vitórias na pré-final e final, garantiu uma vaga com tudo pago na Rok Cup International Final, que acontece entre 19 e 22 de outubro, em Lonato, na Itália.

Apesar de Felipe morar em São Paulo, o circuito de Orlando, na Flórida, pode ser considerado como uma "segunda casa" para o piloto, que é sobrinho de Rubens Barrichello, e participa de competições nos Estados Unidos desde os oito anos, e tem um grande histórico nesta pista, com diversas vitórias e outros bons resultados. Pipe costuma correr sempre no Orlando Kart Center, e também incentivar amigos e parentes a andarem de kart lá, já que a pista oferece a possibilidade de aluguel de karts e corridas para amadores.

Além da Rok Cup USA, campeonato disputado em três etapas que serve tradicionalmente como classificatória para a Final Mundial da Rok Cup, o Epcot Challenge é uma oportunidade em "tiro curto" para se garantir uma vaga na competição internacional. Desde os primeiros treinos livres, Bartz provou que seria um dos favoritos, liderando as sessões e marcando a pole position na tomada de tempos. Nas baterias classificatórias, porém, o kart de Pipe não teve o mesmo rendimento, e o piloto terminou duas provas em 2º lugar e outra em 10º. Na soma dos resultados, ele ficou com o 4º lugar no grid de largada para a pré-final. Após duas corridas muito disputadas, Felipe venceu a pré-final por apenas 0.046s de diferença pro segundo colocado, e na final, superou seu adversário por 0.187s para subir no degrau mais alto do pódio e conquistar o título.

Felipe Bartz garantiu não somente o troféu, mas também uma vaga com todas as despesas pagas (passagem aérea, hotel e toda a semana de corrida) na Rok Cup International Final, organizada pela fabricante de motores Vortex, em Lonato, na Itália, entre 19 e 22 de outubro, e assim fará sua estreia no kartismo europeu. Lá, Pipe terá um reforço importante na torcida, com a presença confirmada de seu avô Rubão, pai de Renata (mãe de Felipe) e Rubens Barrichello. A Rok Cup International Final reúne os campeões nacionais dos 20 países onde o certame é realizado - África do Sul, Canadá, China, Colômbia, Chipre, Eslovênia, Dinamarca, Estados Unidos, Filipinas, Irã, Itália, Japão, Lituânia, México, Nova Zelândia, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suíça e Venezuela -, além de vagas para pilotos locais. Na categoria Mini Rok, a mais numerosa do evento, são esperados cerca de 120 inscritos, e disputas emocionantes.

Até lá, Bartz, que é apoiado pela Nutty Bavarian, MG Pneus, Dolly e TECPRO Blindagens, segue disputando a Copa São Paulo de Kart, onde compete na categoria Mini-Max Rotax.

Felipe Bartz:

"Foi uma competição muito legal. Para mim, correr em Orlando é como correr em casa, então foi especial conquistar esse título e principalmente a vaga para a Final Mundial, que será minha estreia na Europa. O nosso kart Nut 124 estava bem rápido desde os treinos e na tomada de tempos, mas nas baterias classificatórias as coisas não andaram muito bem. O kart quebrou em uma delas, e não tinha o mesmo rendimento nas outras duas. A pré-final e a final também foram corridas muito difíceis, disputadas do começo ao fim, mas consegui vencer, e aprender bastante com isso também. Agora, vou continuar me dedicando as etapas da Copa São Paulo e me preparando para fazer um bom campeonato em Lonato, contra pilotos do mundo todo".

Renato Russo, experiente piloto e coach de Bartz:

"O Pipe vem numa crescente desde que entrou na equipe RR Racing, no ano passado. Temos feito um trabalho de desenvolvimento com ele, que aprende muito rápido, tanto as questões de pista, quanto de acerto do kart. Ele tem dado muitas alegrias a todos nós, os pais, a equipe e ele está bem empolgado com isso. Esse título do Epcot Challenge foi merecido por toda a dedicação dele, e agora vamos seguir trabalhando na preparação para a estreia dele na Europa. Espero que ele continue nessa crescente, pois é um garoto que tem um grande futuro."

Notícias

Página inicial