Motor On Line
Notícias-

Stock Car e Copa Petrobras terão pilotos na 30ª Cascavel de Ouro
Reportagem: Grelak Comunicação
Foto: Sérgio Sanderson
André Bragantini, Galid Osman, Guilherme Salas e Daniel Kaefer vão integrar os trios dos irmãos Caíto e Felipe Carvalho na corrida de outubro

Duas das principais categorias do automobilismo brasileiro terão pilotos disputando a 30ª Cascavel de Ouro pela mesma equipe. Galid Osman, que atua na Stock Car pela Ipiranga-RCM, André Bragantini, piloto que atua como engenheiro de pista na Stock, Guilherme Salas e Daniel Kaefer, pilotos da Greco-Renault e da JLM-Honda na Copa Petrobras de Marcas, estão na relação dos representantes da Sensei Sushi Bar-Sorbara Motorsport.

Osman e Bragantini competirão ao lado de Caíto Carvalho na corrida de 23 de outubro no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR), reeditando o trio que liderou a edição de 2015 até abandonar por conta de um problema com o tanque de combustível. Kaefer e Salas terão como parceiro Felipe Carvalho, irmão de Caíto. Os trios da equipe chefiada por José Sorbara integrarão com o modelo GM Celta o grid da Cascavel de Ouro, que poderá reunir até 50 carros.

André Bragantini é piloto regular da Sensei-Sorbara no Metropolitano de Marcas & Pilotos de Cascavel e fará sua segunda participação na prova. “Estou especialmente animado para a Cascavel de Ouro, sobretudo por mantermos o trio de 2015. Fora isso o Caíto teve uma evolução muito boa do ano passado para cá, ele está bem mais forte e preparado. Sei que vai ser difícil, mas vamos dificultar ao máximo para os adversários, também. Vamos para ganhar”, disse.

Galid Osman teve na Cascavel de Ouro do ano passado a experiência inédita em sua carreira de pilotar um carro de Marcas 1.6 como os que formam o grid da prova. “Gostei demais da experiência e de participar da corrida. Agora a expectativa é ainda maior, já conheço melhor o carro, tenho certeza absoluta de que vamos disputar a vitória”, declarou o piloto paulista, que já contabiliza vitórias na Stock Car, na Copa Petrobras de Marcas e na Fórmula Renault.

Kaefer venceu a Cascavel de Ouro em 2014, em dupla com Leandro Zandoná. “Fico feliz com o convite da Sensei-Sorbara, uma equipe forte e que comprovou ter um carro super-rápido e competitivo. Com o suporte de alguém experiente como o André e a ótima estratégia de corrida do Guiga (Guilherme Gonçalves), há uma chance boa de eu buscar o bicampeonato e retribuir dentro da pista a oportunidade que me foi dada pelo Caio Carvalho”, declarou.

Tal qual Kaefer, que obteve um primeiro e um segundo lugar na etapa de Goiânia, Salas figura na relação de vencedores de 2016 na Copa Petrobras de Marcas. O paulista de Jundiaí ganhou a primeira corrida da terceira etapa, em Santa Cruz do Sul. A estreia na Cascavel de Ouro é vista por ele como um desafio. “Nunca pilotei um carro como esse. O convite da equipe para integrar um evento grandioso como esse me deixou muito feliz”, declarou.

Com quatro horas de duração, a 30ª Cascavel de Ouro terá transmissão ao vivo por televisão e internet e distribuirá R$ 33 mil em dinheiro nas faixas de premiação aos pilotos. Além disso, parceria firmada entre o Automóvel Clube de Cascavel e o Team Ginetta garantirá a um dos pilotos vencedores viagem de ida e volta à Flórida e participação sem custos na primeira corrida de 2017 do campeonato de endurance da liga FARA USA, em Homestead, na Flórida.

Notícias

Página inicial