Motor On Line
Notícias-

Kart: imprevisto na tomada impede Collet brigar pelo título no Europeu 2016
Reportagem: Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula
FGCom
Jovem kartista brasileiro encerra campeonato com dois pódios e na sexta colocação geral.

O brasileiro Caio Collet (Matrix Energy Trading), piloto de fábrica da Birel ART Racing, completou o Europeu de Kart CIK FIA 2016 na sexta colocação geral da categoria OK Júnior. Com dois pódios em quatro etapas, o piloto chegou à decisão em Genk, na Bélgica, no último final de semana (30 e 31 de julho), na briga pelo título, mas um imprevisto ainda na tomada de tempos de sexta-feira (29), impediu um melhor resultado do brasileiro na disputa final.

Depois de começar bem nos treinos livres, Collet acabou sem tempo na disputa da tomada de tempos. O piloto saiu pra pista atrás de alguns karts e um deles freou repentinamente, com o objetivo de dar espaço para buscar uma volta limpa. Com os pneus frios, Collet teve de frear forte para não bater e acabou rodando e saindo da pista. Sem conseguir voltar, ele terminou em último, sem registrar tempo.

No sábado, nas baterias classificatórias, o brasileiro partiu sempre da última posição (31º) e foi pra cima, em busca da recuperação entre os 76 kartistas na disputa. Conseguiu terminar no meio do pelotão em três das quatro baterias e, no domingo, partiu de 26º na Final, cruzando a linha de chegada em 16º.

Com o resultado, Collet terminou o Europeu na sexta colocação, com 92 pontos, e dois pódios (dois segundos lugares nas etapas da Espanha e Portugal). O campeão foi o britânico Finlay Kenneally, que somou 112.

"O final de semana começou bem. Estávamos competitivos nos treinos e as expectativas eram muito boas", comentou o brasileiro de 14 anos. "Mas, na tomada de tempos, tivemos este imprevisto. Saí atrás de alguns pilotos e um deles desacelerou e, pra não bater, tive de frear bruscamente e, como os pneus ainda estavam frios, acabei rodando. Não consegui voltar pra pista e fiquei sem tempo", contou.

"Larguei de último em todas as baterias e é difícil recuperar, porque as baterias classificatórias são muito curtas. Mas consegui ganhar posições e me classificar para a Final. Larguei em 26º e fiz o que podia para vir o mais pra frente possível e terminei em 16º", lembrou.

"Claro que não é o resultado final que esperávamos, mas, no geral, o resumo do Europeu foi muito positivo. Foi bom brigar pelo título até a última etapa. E agora é aprender com os erros e continuar crescendo", finalizou.

Collet, que estreou este ano como piloto oficial da Birel ART Racing, time comandado por Nicolas Todt, volta a competir na Europa no início de outubro, na disputa da Final Cup, em Adria (Ita).

Notícias

Página inicial